NBA Playoffs 2024: Lakers lideram todo o jogo, mas Nuggets vencem no último segundo em Jogo 2

Victor Romualdo Francisco | 23/04/2024 - 01:54

O Los Angeles Lakers foi dominado no Jogo 1 dos Playoffs da NBA contra o Denver Nuggets e tentou uma receita que pareceu ser de sucesso para vencer a segunda partida dos playoffs contra os atuais campeões. Muita marcação, personalidade e com Anthony Davis brilhando mais que Nikola Jokic. Mas nem isso foi o suficiente para derrotar os favoritos, que souberam reagir no segundo tempo e lentamente tirar a diferença dos Lakers, que sucumbiram no segundo final.

As três grandes estrelas históricas da partida conseguiram duplos-duplo: Anthony Davis foi o cestinha com 32 pontos e ainda conseguiu 11 rebotes; LeBron James brilhou nas assistências com 12 e ainda marcou 26 pontos; e do lado dos atuais campeões, Nikola Jokic fez 27 pontos e foi o rei dos rebotes, com 20. Mas quem será lembrado pela cesta decisiva é Jamal Murray, com os seis pontos finais dos Nuggets e 20 no total.

O triunfo que virou tragédia no segundo final para os Lakers

O jogo começou com Denver com a bola e Michael Porter Jr. marcando de três. Austin Reeves tentou empatar, mas mandou no aro. No rebote da defesa, o Lakers fez a transição rápida e D’Angelo Russell. A sequência trouxe dois pontos de Porter e outros três de Russell. LeBron James garantiu a manutenção dos visitantes à frente por 6 a 5 com um toco lindo sobre Jamal Murray. Com Russell com a mão acertada, marcação forte no garrafão e transição rápida, os Lakers chegaram a 15 a 9.

Michael Malone, técnico dos Nuggets, pediu tempo para mudar a tendência da partida. No entanto, nada foi revertido: tentando recuperar a desvantagem, os Nuggets tentavam do perímetro, sem sucesso, e continuaram a cair na armadilha dos Lakers. Após a diferença chegar a 10 pontos (24 a 14), Jokic apareceu no jogo marcando cinco pontos e forçando Darwin Ham, comandante dos Lakers, a parar o jogo. O favorito a ser o MVP da temporada dominou o garrafão no final do quarto e terminou o período com dez rebotes e dez pontos.

O segundo quarto começou com os Lakers ainda na frente, mas com a vantagem reduzida a quatro pontos (28 a 24). A diferença permaneceu a mesma até a metade do período, com os times usando muito mais o garrafão, lutando pela posse de forma agressiva. Mais próximo do intervalo, Anthony Davis marcou Jokic, conseguiu anular parcialmente a estrela da casa e ainda brilhou no perímetro para devolver a vantagem de dez pontos aos visitantes: 49 a 39.

Em lance antológico, Davis conseguiu um rebote defensivo e ligou com LeBron rapidamente. Mesmo sofrendo um tackle como se estivesse na NFL, LeBron conseguiu a cesta e ainda converteu o lance livre, colocando no placar a maior vantagem da partida até ali: 56 a 44 para os Lakers.

A volta do intervalo pressionava os donos da casa para uma reação imediata, já que a desvantagem era de 15 pontos – 59 a 44. Mas Davis começou no mesmo ritmo do primeiro tempo – marcando dois pontos, tomando a falta e convertendo o lance livre para ampliar a maior vantagem da partida – 62 a 44. Após a parada de Malone, o time da casa reagiu para diminuir a diferença da liderança dos Lakers de 20 para dez: 79 a 69, com os visitantes ainda na dianteira.

Nos 12 minutos decisivos, LeBron James conseguiu manter a distância em seis pontos até os três minutos finais, com cestas decisivas e rebotes importantes. Mas o clutch time viu a distância cair para somente um ponto após cesta seguida de falta – três pontos de Jokic – 93 a 92 Lakers. LeBron roubou a bola e enterrou em seguida, mas Porter mandou de três e empatou o jogo faltando 1 minuto e 15 segundos para o final.

Com todos os titulares em quadra, Russell fez uma bandeja incrível para os Lakers retomasse a liderança (97 a 95). LeBron ainda fez mais uma cesta, mas errou um lance de três nos 10 segundos finais. Jamal Murray conduziu o ataque dos Nuggets e acertou de meia distância no segundo final – 101 a 99 para os Nuggets, que liderou o jogo apenas no segundo final.

 

Uma derrota brutal dos Lakers, que deixam de quebrar tabu em cima dos Nuggets

A derrota dos Lakers não só deixa a equipe com o moral baixo após um esforço hercúleo, mas também faz com que o time da Califórnia deixe de quebrar um tabu considerável em cima dos Nuggets. Em seus domínios, Denver tinha simplesmente nove vitórias seguidas sobre os californianos, sendo a última derrota no último jogo da fase regular da temporada 2022-23. Agora, o tabu chega a 10 triunfos consecutivos e a série dos Playoffs da NBA está 2 a 0 para os Nuggets.

Agora, os Lakers levam a disputa para Los Angeles e terão que vencer os Jogos 3 e 4, ambos na Califórnia, para voltarem a ter chances anímicas para avançar na NBA.

Escrito por Victor Romualdo Francisco
Antes de ser coordenador de conteúdo do Quinto Quarto, Victor Francisco atuou por 18 anos em comunicação corporativa. Paralelamente, foi criou o projeto Salão Oval, maior plataforma de comunicação dedicada ao futebol americano nacional (FABR). Foi campeão brasileiro pelo Corinthians Steamrollers (2011). Narrou e comentou o esporte no BandSports, Fox Sports, Globo Esporte e ESPN. Também atuou como Social Media para a Premier League e FIVB (Federação Internacional de Voleibol).