Miami Heat x New York Knicks – palpite, odds e prognóstico – NBA – 30/4/2023

Letícia Oziecki | 29/04/2023 - 18:30

Miami Heat e New York Knicks se enfrentam neste domingo (30/4), às 14h, no Madison Square Garden, em New York, pelo Jogo 1 da segunda rodada dos playoffs da Conferência Oeste da NBA. Confira as principais dicas de aposta para a partida.

Este será o encontro do 8º contra o 5º colocado do Leste pelos playoffs da NBA 2022/23. Durante a temporada regular, as equipes se enfrentaram quatro vezes. Em três partidas, os Knicks levaram a melhor.

O jogo terá transmissão ao vivo para o Brasil pelo pay-per-view da competição, o NBA League Pass, e pela plataforma de streaming Star+.

As odds estão sujeitas a mudanças! 

Quais apostas são as mais recomendadas?

Apostar nas seguintes previsões para este confronto podem ser boas alternativas. Confira:

Jimmy Butler anota mais de 30.5 pontos

Com atuações brilhantes, Jimmy Butler ajudou o Heat a garantir a vaga na semifinal. No duelo decisivo, anotou 42 pontos e deve novamente ficar responsável por carregar o ataque diante dos Knicks.

Faça sua aposta com a Bet365 >>

Mitchell Robinson pega mais de 9.5 rebotes

O garrafão dos Knicks fez uma grande diferença no confronto contra o Cavaliers, e quem se sobressaiu foi Mitchell Robinson. O pivô, que tem média de 9,4 rebotes, pegou incríveis 18 no Jogo 5 que garantiu os Knicks nesta semifinal.

Faça sua aposta com a Betano>>

Vitória do Miami Heat

O confronto é entre duas equipes que surpreenderam seus adversários atuando fora de casa, especialmente o Heat, que despachou o Bucks, líder da conferência durante a temporada regular.

Faça sua aposta com a Betfair >>

Os melhores palpites e dicas de apostas para Miami Heat x New York Knicks

Liderado por Jimmy Butler, o time da Flórida foi o 8° colocado da Conferência Leste, com campanha de 44 vitórias e 38 derrotas na temporada regular. Já os Knicks, de Julius Randle, foram os quinto colocados da mesma conferência, com 47 vitórias e 35 derrotas ao longo da fase classificatória.

Miami Heat

Sob o comando de Jimmy Butler, que faz uma campanha incrível nos playoffs, o Miami Heat está surpreendendo e eliminou o time que terminou na liderança da Conferência Leste. Pela quarta vez na história da NBA, o oitavo colocado elimina o primeiro em uma melhor de sete jogos. Além disso, é o primeiro time a disputar o play-in e, posteriormente, vencer uma série de playoffs.

Butler tem entregado atuações épicas. No Jogo 4, ele anotou 56 pontos, a maior pontuação de sua carreira e a quarta mais alta da história dosplayoffs. Só Michael Jordan (63), Elgin Baylor (61) e Donovan Mitchell (57) já tiveram performances de maior pontuação na pós-temporada. Além disso, Butler quebrou o recorde de pontos de um atleta do Heat em um jogo deplayoffs

Não satisfeito, o ala de 33 anos também roubou a cena no quinto e último duelo da série. Fez 42 pontos, com direito à cesta que levou o jogo para a prorrogação, no último segundo. Assim, Butler terminou o confronto com médias incríveis: 37,6 pontos, seis rebotes, 4,8 assistências, 1,8 roubo de bola e um aproveitamento de 60% nos arremessos de quadra.

Desse modo, o time da Flórida tenta conseguir a última campanha de sucesso para os veteranos de seu elenco. Contudo, a equipe é a segunda que mais sofre pontos no garrafão, tendo uma média de 46.2 por partida. Além disso, é a terceira que mais deixa os adversários pontuarem com segundas tentativas. O offensive rating de Miami preocupa. A equipe tem o quinto pior da liga, com 112.8. No entanto, o defensive rating é mais animador. Com 112.8, é o nono maior da liga.

New York Knicks

Julius Randle ainda está com status de questionável para o início da série contra o Heat, devido a uma entorse no tornozelo esquerdo, mas o técnico dos Knicks, Tom Thibodeau, está esperançoso de que possa contar com sua estrela para o Jogo 1.

Randle lesionou o tornozelo no dia 29 de março, curiosamente em uma vitória dos Knicks sobre Miami, e depois perdeu o restante da temporada regular. Seu retorno aconteceu no Jogo 1 da primeira rodada contra o Cleveland Cavaliers, mas o ala-pivô teve dificuldades para encontrar um bom ritmo de jogo e terminou a série com médias de 14,4 pontos e 6,4 rebotes – números bem abaixo da sua performance durante a temporada regular: 25,1 pontos e 10 rebotes. 

Caso Randle não consiga se recuperar a tempo, Obi Toppin poderá ser o substituto imediato. Em cinco aparições como titular na ausência de Randle, Toppin teve médias de 21,8 pontos e aproveitamento de 58,3% nos chutes de quadra.

Os Knicks têm a terceira melhor eficiência ofensiva da temporada com 117 pontos anotados por 100 posses de bola e é o quarto time que menos comete turnovers, sendo 13 por jogo. Além disso, a equipe é a segunda que mais pega rebotes (46,6 por partida) e que menos sofre pontos no garrafão (45,9 por jogos), sobretudo pela proteção de aro de Mitchell Robinson. No entanto, o time é o quarto que mais leva bolas de três (13 por partida).

Em quem devemos ficar de olho?

Pelo lado do Heat, Jimmy Butler. Já pelos Knicks, Julius Randle.

Escrito por Letícia Oziecki
Graduada em Jornalismo pela UNINTER e faz parte do QQ desde 2021. Demonstra sua paixão pela NBA e pelo futebol brasileiro, sendo torcedora do Boston Celtics desde a era de Paul Pierce e do Palmeiras desde o berço.