Kyrie Irving é trocado para o Dallas Mavericks

Renata Akutsu | 05/02/2023 - 23:56

Segundo o repórter Shams Charania, do site The Athletic, o Brooklyn Nets está trocando Kyrie Irving para o Dallas Mavericks. Na última sexta-feira (3), o armador de 30 anos havia pedido para ser trocado pelo time de Nova York, equipe que defendia desde 2019.

O time texano recebe Kyrie Irving e Markieff Morris e está enviando o ala-pivô Dorian Finney-Smith, o armador Spencer Dinwiddie, uma escolha de primeira e outra de segunda rodada do Draft de 2029 e uma escolha de segunda rodada do Draft de 2027, para a equipe de Nova York.

A expectativa é que Kyrie deve chegar na próxima segunda-feira (6), em Dallas, para fazer exames físicos e depois deve embarcar para encontrar a equipe em Los Angeles. Segundo fontes de Adrian Wojnarowisi, jornalista da ESPN norte-americana, é esperado que a estreia pelos Mavericks seja no confronto de quarta-feira contra o Los Angeles Clippers. A partida vai acontecer na Crypto.com Arena, casa do time da Califórnia.

Times que estavam da disputa por Irving

Segundo Shams Charania, Los Angeles Lakers, Phoenix Suns e Dallas Mavericks eram as equipes que lideravam as negociações por Kyrie. Alguns rumores apontavam uma preferência para o time de LA, por conta da amizade do armador com Lebron James. Os dois jogaram juntos no Cleveland Cavaliers entre 2014 e 2016, e conquistaram um título juntos. Los Angeles planejava enviar Russel Westbrook e algumas escolhas de Draft pelo Armador, mas os Nets acabaram escolhendo a oferta do time de Luka Doncic.

Carreira de Kyrie Irving

O jogador de 30 anos foi a primeira escolha geral do Draft de 2011 pelo Cleveland Cavaliers, time que defendeu até 2017. Depois, Kyrie foi para o Boston Celtics onde ficou até 2019, quando assinou como agente livre com o Brooklyn Nets. Ele foi selecionado sete vezes para o All-star Game e conquistou um título da NBA, em 2016, com o Cleveland Cavaliers. Nesta temporada, as médias do armador foram 27,1 pontos, 5,3 assistências e 5,1 rebotes.

Foto Destaque: Mark J. Rebilas/REUTERS

Escrito por Renata Akutsu
Jornalista e amante das ligas americanas, gasto 90% do meu tempo assistindo qualquer esporte que estiver passando.