NBA: Thunder vira contra os Knicks, reassume liderança e carimba playoffs no Oeste

Márcio Júnior | 31/03/2024 - 23:06

Quando o terceiro colocado da Conferência Leste enfrenta o segundo colocado da Conferência Oeste, é sempre sinônimo de jogaço na NBA. E foi isso que New York Knicks e Oklahoma City Thunder entregaram neste domingo (31), no Madison Square Garden, em Nova Iorque. Com um herói improvável e um jogo decidido nos últimos segundos, o Thunder venceu os Knicks por 113 a 112, reassumindo a liderança da conferência e garantindo sua vaga nos playoffs da NBA.

A vitória, segunda seguida de OKC, que valeu classificação, veio de onde menos se esperava. Em um time liderado pela estrela canadense Shai Gilgeous-Alexander, e o novato Chet Holmgren, quem liderou o time foi ala Jalen Williams, que anotou 33 pontos e 8 assistências em 34 minutos. Outro destaque da franquia de Oklahoma foi o ala-armador Josh Giddey, que deixou a quadra com um triplo duplo de 16 pontos, 13 rebotes e 12 assistências.

Pelo lado dos Knicks, Jalen Brunson até tentou, mas não conseguiu impedir a segunda derrota seguida do time na NBA. Com 30 pontos e 7 rebotes, o armador foi o destaque da equipe. Miles McBridge e Isaiah Hartenstein, com 19 e 17 pontos, também foram destaques.

OKC vence com autoridade e e garante playoffs na Conferência Oeste da NBA

Quando duas equipes de muita qualidade se encontram em quadra, é comum os primeiros minutos serem mais estudados do que o normal. Nenhuma das equipes quer ceder a mínima vantagem para o adversário, pois sabem que pode ser fatal. Mas o que se viu nos 12 minutos iniciais de Knicks e Thunder foram duas equipes nervosas e com um baixo aproveitamento, e as duas equipes não passaram dos 30% de aproveitamento nos arremessos de quadra. O que refletiu no placar do primeiro quarto, que terminou com um tímido 22 a 17 para os Knicks.

A partir do segundo período, o jogaço que aguardávamos deu as caras no Madison Square Garden. Com um aproveitamento bem mais alto, os dois times voltaram mais alerta e concentrados para a quadra. E com vantagem para o Thunder. Apostando no jogo coletivo, o time saiu do primeiro tempo com uma vantagem de 6 pontos no placar e um domínio nos números coletivos. Só de assistências, a franquia de Oklahoma teve o dobro do número dos donos da casa.

Mas, a vantagem de Oklahoma construída no segundo quarto foi por água abaixo ainda nos primeiros lances após o intervalo. Com três arremessos, os Knicks viraram o jogo e, a partir de então, não estiveram mais atrás do placar. Na verdade, os donos da casa ampliavam cada vez mais a sua vantagem, que chegou a ser de 12 pontos.

No último quarto do jogo, e com dois dígitos de desvantagem, o Thunder teve que correr atrás do prejuízo. E como todo duelo na parte de cima da tabela da NBA, o fim nos reservava um bom jogo de basquete. Os 10 pontos de desvantagem que o Thunder começou o último quarto, foram dizimados em 2 minutos.

E restando pouco mais de 7 minutos até o fim do duelo, OKC tomou a ponta do placar para não mais soltar, mesmo que os Knicks tenham tentado muito tomar de volta o que foi seu por quase 30 minutos no duelo. Com pouco mais de 3 minutos para o fim do jogo, os donos da casa empataram o jogo, que tomou contornos dramáticos nos instantes finais. E com três segundos faltando no relógio, Shai converteu os dois pontos responsáveis pela vitória da OKC.

Escrito por Márcio Júnior
Márcio Júnior é baiano formado pela Faculdade Regional da Bahia. Cobriu de carnaval a Copa do Mundo na TVE Bahia, onde venceu o prêmio de reportagem do mês. Apaixonado por futebol, NBA, NFL e games de história. Torcedor do Bahia e Los Angeles Lakers. Passei pela ALBA, Rádio Educadora, Superesportes e Trivela. No Quinto Quarto desde julho de 2023.