NBA: Brunson sai ‘pistola’ e Knicks têm virada abortada em Houston

Victor Francisco | 13/02/2024 - 00:47

O New York Knicks bem que tentou, mas não conseguiu uma virada que pareceu possível, mas acabou não se concretizando no último quarto – ou melhor, com menos de um segundo! Depois de estar perdendo por 16 pontos, os visitantes da costa Leste conseguiram empatar contra o Houston Rockets, deixar os donos casa dispararem de novo e recuperarem a vantagem faltando apenas oito segundos para o final.

Sem duas peças importantes (Julius Randle e OG Anunoby, lesionados), Jalen Brunson foi quem brilhou para Nova York – foram 27 pontos (cestinha), incluindo os dois que deixaram o jogo empatado em 103 a 103. No entanto, no lance final, com o relógio zerado (ou quase zerado – 0.3s), Brunson cometeu uma falta em cima de Aaron Holliday, que estava no perímetro. Nos lances livres, o jogador dos Rockets acertou duas das três chances, matando o jogo – 105 a 103.

O jogador dos Knicks saiu revoltado da quadra, tanto pela falta marcada, quanto pela decisão final dos juízes. O time de Nova York pediu um tempo (teoricamente haveria 0.1s no relógio), mas a arbitragem decretou fim da partida.

Knicks lutam para chegar em seu melhor nos playoffs

Justamente depois de perder para os Pacers, os Knicks buscavam uma digna recuperação diante de sua boa campanha na Conferência Leste (33-21). Em quarto lugar, o time ainda pode manter o bom momento ao tentar vencer seu próximo compromisso: fora de casa, contra o Orlando Magic, nesta terça (13).

A vitória de hoje, para os Rockets, foi um respiro diante de uma campanha ruim na Conferência Oeste, onde a equipe ocupa a 12ª posição (23-29). A próxima parada é fora de casa, contra o Memphis Grizzlies, também nesta terça (13).

Escrito por Victor Francisco
Campeão Brasileiro de Futebol Americano pelo Corinthians Steamrollers (2011), Victor é jornalista, com experiência na área esportiva como Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League. É fundador da plataforma de mídia Salão Oval, destinada ao futebol americano no Brasil. Foi narrador e comentarista do futebol americano praticado no Brasil no BandSports, Fox Sports, Globo Esporte.com e ESPN.