NBA ou UFC? Jogadores trocam socos em jogo quente em Miami

Otávio Silva | 24/02/2024 - 01:46

O duelo entre New Orleans Pelicans e Miami Heat prometia ser um confronto épico entre Zion Williamson, Bam Adebayo e Jimmy Butler, que vinham tendo um desempenho impressionante na partida pela NBA. No entanto, o que era para ser uma apresentação emocionante do talento dos astros das equipes, acabou sendo ofuscado por mais uma cena lamentável envolvendo dois atletas dos dois times. Com as equipes brigando por cada ponto, os ânimos acabaram se exaltando e Thomas Bryant, do Miami Heat, e José Alvarado, do New Orleans Pelicans, acabaram trocando socos.

A cena teve inicio em uma falta cometida por Kevin Love sobre Willamson, que gerou uma discussão entre Jimmy Butler e Naji Marshall. O jogador dos Pelicans acabou pegando o astro do Miami Heat pelo pescoço e eles acabaram em seguida trocando xingamentos e empurrões, quase protagonizando uma briga generalizada entre os atletas das duas equipes. Após o ocorrido, foi a vez Thomas Bryant e José Alvarado, ainda tensos por conta do ocorrido, acabarem trocando socos e protagonizando uma cena digna de evento do UFC. No fim, Bryant, Alvarado, Marshal e Butler foram expulsos do jogo.

Alvarado, que comemorou a sua expulsão, algo que chamou bastante a atenção dos presentes no local, ainda mais pelo fato de que nesta temporada o atleta criticou a postura de Chris Paul, que o teria acertado uma cotovelada durante uma partida.

Com as expulsões dos jogadores, coube a Bam Adebayo e a Zion Williamson protagonizarem um duelo a parte no jogo entre Miami Heat e New Orleans Pelicans, pela NBA.

Vitória do Miami Heat na NBA contou com atuação elogiada de Bam Adebayo

Com a expulsão de Jimmy Butler, as ações ofensivas do Miami Heat ficaram a cargo de Bam Adebayo, que mesmo aos 26 anos, vem mostrando uma maturidade impressionante na atual temporada da NBA. O jogador marcou 24 pontos e contribuiu diretamente para a vitória por 106 x 95. Butler, mesmo expulso, conseguiu marcar 23 pontos e teve um bom desempenho na parte, assim como Williansom, que marcou o mesmo número de pontos que o astro do Heat, mas que ficou um período maior em quadra.

O Miami Heat agora vai voltar a jogar só na próxima terça-feira (27), quando irá encarar fora de casa o Sacramento Kings. Já os Pelicans já encaram neste sábado (24), o Chicago Bulls. A NBA não se pronunciou até o fechamento da reportagem sobre a punição dada aos envolvidos no confrontos, mas é provável que Jimmy Butler, Naji Marshall, Thomas Bryant e José Alvarado possam desfalcar os seus times por um longo período.

Escrito por Otávio Silva
Estudante de jornalismo que já passou por grandes portais como Torcedores e Minha Torcida e atualmente no Quinto Quarto. Já contribui para matérias e entrevistas em mais de oito países pelo mundo. Apaixonado por NFL, NBA e, é claro, futebol.