NBA San Antonio Spurs

Jogador do San Antonio Spurs é acusado de má conduta sexual e dispensado do time

Jogador do San Antonio Spurs é acusado de má conduta sexual e dispensado do time

Na última quinta-feira (28), o San Antonio Spurs pegou a todos de surpresa quando anunciou que estava dispensando o jovem jogador Joshua Primo. O ala-armador de 19 anos foi draftado na 12ª posição do draft de 2021 e era uma das maiores promessas do Spurs que, inclusive, havia acabado de exercer o terceiro ano de contrato do rapaz.

Comunicado oficial

Em uma declaração oficial do time de San Antonio, a organização disse que espera que, ao longo do caminho, essa tenha sido a melhor decisão para o Spurs e para Primo. Eles ainda disseram que ninguém na franquia tinha mais nada a falar sobre o assunto naquele momento.

Com as dúvidas crescendo na cabeça dos fãs e entusiastas do basquete, foi a vez de Joshua lançar seu comunicado oficial sobre o assunto, que acabou gerando mais indagações ainda. “Sei que todos estão surpresos pelo anúncio de hoje. Eu tenho procurado ajuda para lidar com um trauma prévio que sofri e agora vou tirar esse tempo para focar na minha saúde mental e no meu tratamento”, disse a declaração do jogador. “Espero ser capaz de discutir isso no futuro para que eu possa ajudar outros que sofreram de maneira similar. Aprecio a privacidade neste momento”, finalizou.

O motivo por trás da dispensa

Logo após a declaração do jogador, quando todos estavam pensando que o San Antonio Spurs havia abandonado um jogador que passava por problemas emocionais, veio à tona o porquê de tudo isso. Segundo a ESPN, uma mulher, empregada dos Spurs, alegou que Joshua Primo se expôs sexualmente para ela sem consentimento e contratou o advogado Tony Buzbee para o caso. Buzbee representou mulheres nos escândalos envolvendo má conduta sexual do quarterback da NFL, Deshaun Watson.

Agora, o Spurs terá de arcar com US$8,4 milhões de salários do jogador, apesar de ter sido dispensado. Porém, uma franquia ainda pode assumir o contrato do jogador. Muitos times, inclusive, estão interessados no ala-armador, e estão buscando mais informações sobre o caso.

Balanço final

Colocando sua carreira em xeque na NBA, Joshua deixa uma passagem curta, porém promissora na liga até então. Jogou quatro jogos nesta temporada, com médias de sete pontos, três rebotes e quatro assistências. Ainda, era muito elogiado pelo técnico Gregg Popovich.

Infelizmente, esse é mais um caso polêmico na NBA de um jogador promissor que comete crimes contra mulheres. Em meados de junho, por exemplo, Miles Bridges, jogador do Charlotte Hornets, foi preso por violência doméstica contra sua própria companheira, com quem tem dois filhos.  Ele foi liberado após pagar fiança, mas está afastado do time até então. Espera-se que a NBA, conhecida por “pegar leve” com os jogadores nesse tipo de situação, tome providências mais severas para ambos os casos.

Foto destaque: Reprodução/KENS 5

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top