NBA

Draft da NBA: veja quem são as prováveis escolhas de cada time

Draft-NBA-2022

Antes de mais nada, o draft de 2022 da NBA acontece nesta quinta-feira (23), a partir das 21h (horário de Brasília), no Barclays Center, no Brooklyn, EUA. Assim, vamos conhecer mais sobre as especulações de cada franquia nesta primeira rodada.

Serão diversas histórias que guiarão os times para escolher os melhores jogadores universitários. Neste ano, três jogadores aparecem com destaque, devendo ser muito disputados pelas equipes da liga americana. São eles: Chet Holmgren,  Jabari Smith e  Paolo Banchero.

Orlando Magic

A franquia de Orlando tem sido cautelosa e está avaliando as opções além de Jabari Smith para o topo do draft. Por mais que a expectativa da escolha seja grande, qualquer outro cenário seria uma surpresa para os executivos da liga.

Smith, só treinou com o Magic e o Thunder, faz bastante sentido no time, ele é o melhor arremessador da classe, mesmo tendo 2,08m.  O nível de intensidade e a versatilidade que Smith traz defensivamente são outros atrativos também, com isso ele é o candidato perfeito para preencher todos os requisitos de caráter e competitividade que os times da NBA desejam.

Oklahoma City Thunder

Chet Hotmgren, de 20 anos, parece ser uma escolha confortável. Adicionar esse jogador no núcleo faz sentido. Podendo dar ataque ao Thunder, que ficou em último em porcentagem de 3 pontos na temporada 2021/22.

A reconstrução de OKC é vista com bons olhos por jogadores e agentes graças ao forte desenvolvimento de jogadores, os técnicos e a organização cultural, além da quantidade de jogadores e futuras escolhas que o Thunder pode mover para fortalecer o elenco em breve.

Houston Rockets

Os Rockets tiveram como olhar melhor para Paolo Banchero em um treino privado em Memphis. O time decidiu trocar seu ala-pivô titular, Christian Wood, por uma escolha de final de primeiro round, sinalizando que estão cada vez mais confortáveis em selecionar o jogador.

Banchero consegue carregar uma parte significativa do ataque com sua versatilidade para driblar, passar e arremessar. Sua habilidade de criar arremessos tanto para si quanto para os outros deve casar bem com a transição explosiva e a capacidade de converter arremessos de Jalen Green.

Sacramento Kings

A escolha dos Kings irá representar um momento chave do draft. A decisão da franquia de ou trocar a escolha com algum time é muito importante, podendo selecionar Jaden Ivey, ou mantê-la e selecionar alguém entre Bennedict Mathurin e Keegan Murray. 

Praticamente todos os times que escolhem após o Kings e ainda estão na loteria conversaram com Sacramento por uma possível troca: Indiana (6ª), Washington (10ª), New York (11ª), Oklahoma City (12ª), Atlanta (16ª), entre outros.

Detroit Pistons

Para o time, o encaixe de Keegan Murray parece forte, especialmente agora com a troca de Jerami Grant. O estilo do jogador pode casar bem com o de Cade Cunningham, a pedra fundamental da franquia, graças a sua dinâmica nos arremessos.

Indiana Pacers

Para os Pacers, Bennedict Mathurin se destacou em ações competitivas durante os treinos privados, e nos treinos individuais. O jogador pode ser um grande ala para o time e ainda tem muito espaço para crescimento com apenas 19 anos, dando uma grande força na rotação dos jogadores de perímetro com Malcolm Brogdon, Tyrese Haliburton e Chris Duarte.

Portland Trail Blazers

Os Blazers estão no começo de seu processo de renovação e podem arriscar por um prospecto como Dyson Daniels. Daniels seria um excelente substituto para Damian Lillard , mas vai precisar de tempo para se desenvolver e virar um pontuador dinâmico.

New Orleans Pelicans (via Lakers)

Os Pelicans têm menos necessidade em qualquer posição específica do que outras equipes de loteria. A franquia tem quatro titulares certos e uma infinidade de jovens talentos em todas as posições que lhe conferem uma tremenda profundidade e jogadores para cobrir praticamente qualquer buraco.

Escolher Ousmane Dieng e permitir que ele se desenvolvesse devagar faria muito sentido, sendo um ala com tamanho suficiente para virar ala-pivô à medida que se desenvolver.

San Antonio Spurs

Os Spurs têm alguns jogadores jovens na quadra de defesa, mas estão em busca da aquisição de talentos e devem escolher o melhor prospecto de longo prazo.

Shaedon Sharpe, possui qualidades físicas de elite com sua estrutura, comprimento e explosividade excepcionais, para acompanhar a capacidade dinâmica de arremesso do perímetro.

Washington Wizards

Os Wizards precisam melhorar o perímetro depois de trocarem de armador atrás de armador na última temporada e parecem estar pesquisando na liga atrás de armadores em trocas.

Caso mantenham a escolha, Johnny Davis faz sentido, já que ele deve ser capaz de ter um impacto imediato com sua versatilidade na defesa, sua vontade de envolver os outros e capacidade de pontuar.

New York Knicks

O time de New York fez uma péssima temporada, portanto precisa melhorar a posição de armador, mas faltam ótimas opções para escolher. Se eles decidirem manter a escolha, Jalen Duren oferece um plano de sucessão natural para Mitchell Robinson. Duren também tem um espaço significativo para crescer em termos de nível de habilidade.

Oklahoma City Thunder (via Clippers)

O time pode escolher um dos alas mais talentosos do draft, AJ Griffin. Ele é indiscutivelmente o melhor arremessador da classe depois de fazer 45% de seus arremessos de 3 pontos, além disso é um dos jogadores mais jovens do draft e desempenha uma das posições mais cobiçadas da NBA moderna.

Charlotte Hornets

Equipes rivais não esperam que os Hornets mantenham suas duas escolhas no meio da primeira rodada. Portanto, é provável que Jeremy Sochan seja a escolha. Sochan traz várias dimensões diferentes com sua capacidade de defender em toda a quadra, passar a bola de forma eficaz. Seu senso de jogo, versatilidade e competitividade lhe dão um grande destaque também.

Cleveland Cavaliers

Os Cavs tentam aumentar o tamanho e o perímetro de arremesso na ala nesta offseason, tanto na free agency quanto no draft. Ochai Agbaji, é uma das escolhas, sendo um dos melhores arremessadores do draft. Ousmane Dieng é outra perspectiva.

Charlotte Hornets (via Pelicans)

Os Hornets podem ser estratégicos com seus dois jogadores de primeira rodada que pressionam a escolha de Cleveland. Os Hornets têm procurado um centro legítimo que proteja o aro, e é possível que escolham Mark Williams para isso. Williams liderou o basquete universitário em enterradas na última temporada, ganhou o prêmio de Jogador Defensivo do Ano da ACC.

Atlanta Hawks

Os Hawks, estão em busca de  fortalecer sua defesa e se posicionar melhor para disputar os playoffs na próxima temporada. Se os Hawks ainda estiverem escolhendo por esse ponto, um jogador como Jalen Williams faz sentido. Ele tem a altura necessária (1,97m) para defender atacantes poderosos e mostrou a visão de quadra, armação e arremesso.

Houston Rockets

Os Rockets estão no início de sua reconstrução e provavelmente tentarão mudar alguns de seus talentos. Tari Eason é um dos jogadores mais explosivos e produtivos do draft, com sua defesa e a intensidade insaciável – características que lhe permitem viver na linha de lance livre. Essas mesmas características ajudaram a torná-lo um dos defensores mais versáteis do jogo universitário.

Chicago Bulls

Equipes rivais dizem que os Bulls não estão apaixonados por suas opções, e estão abertos a trocar a escolha, potencialmente em um pacote com o armador Coby White. Se eles permanecerem firmes, Malaki Branham pode ser atraente.

Minnesota Timberwolves

Para uma equipe de Minnesota que deseja dar o próximo passo defensivamente, selecionar o Jogador Defensivo do Ano da NCAA pode fazer algum sentido, mesmo que isso signifique jogar Walker Kessler ao lado de um jogador super habilidoso, o que deve torná-lo um bom ajuste no ataque de Minnesota.

San Antonio Spurs (via Raptors)

Com três escolhas na primeira rodada, os Spurs podem se dar ao luxo de dar um golpe no jogador com a maior vantagem possível, sendo Blake Wesley um dos jogadores mais dotados fisicamente neste draft. Ele fez progressos à medida que a temporada avançava tanto defensivamente quanto com sua capacidade de criar para os companheiros de equipe, podendo ser uma forte peça.

Denver Nuggets

Adicionar profundidade de qualidade na quadra de defesa pode ser atraente para os Nuggets, especialmente escolhendo um jogador versátil, podendo Dalen Terry ser uma ótima opção.

Memphis Grizzlies (via Jazz)

Adicionar profundidade na quadra de defesa da franquia pode ser interessante, especialmente um armador firme como Tyty Washington Jr., que pode jogar com ou sem a bola, se destaca no pick-and-roll e é um forte arremessador de perímetro. Washington tem o tamanho e o comprimento para jogar em muitas configurações de escalação diferentes para um time como o Memphis.

Philadelphia 76ers (escolha adiada do Nets para 2023)

Os Sixers estão programados para selecionar mais talento na ala. Wendell Moore Jr. teve um forte processo de pré-draft com excelentes exibições em vários treinos privados, ajudando a se solidificar como uma escolha de primeira rodada.

Milwaukee Bucks

Diz-se que os Bucks estão explorando uma série de opções com esta escolha, ao que tudo indica é que o time está explorando jogadores “mais velhos” que podem ajudar o time a vencer agora enquanto sua janela do campeonato está aberta.

Além disso, com vários jogadores da linha de frente com contratos expirando ou entrando em suas temporadas finais, adicionar um jogador como EJ Liddell pode ser atraente. Liddell é um protetor de aro sólido que pode alterar o perímetro.

San Antonio Spurs (via Celtics)

Com três escolhas de primeira rodada à sua disposição e uma lista que está longe de ser definida, os Spurs podem escolher Kennedy Chandler. Chandler emergiu como um dos principais armadores no jogo universitário na segunda metade da temporada, mostrando velocidade incrível, manuseio dinâmico de bola e capacidade de passe e um jumper cada vez mais consistente.

Houston Rockets

Os Rockets adquiriram essa escolha dos Mavericks em troca de Christian Wood e flexibilidade financeira. MarJon Beauchamp pode emergir como um jogador de qualidade inicial se seu saltador e manuseio de bola continuarem a melhorar, e sua versatilidade defensiva.

Miami Heat

Poucas equipes tiveram tanto sucesso no draft na primeira rodada quanto o Heat nos últimos anos. Jaden Hardy entrou no ano como uma possível escolha entre os cinco primeiros. Adicionar mais chutes ao lado de suas estrelas deve ser uma proposta atraente para o Heat,  e Hardy tem o tipo de talento de pontuação que poderia ajudar o time.

Golden State Warriors

Os Warriors têm algumas peças jovens interessantes esperando nos bastidores, junto com Jordan Poole. Peyton Watson começou o ano projetado como uma das 10 melhores escolhas, mas ao longo da temporada caiu sem rendimento para apenas 3,3 pontos por jogo. No entanto, Watson joga com grande energia e versatilidade defensivamente. Uma equipe confortável com sua infraestrutura de desenvolvimento de jogadores pode ficar intrigada com as qualidades físicas e juventude do jogador.

Memphis Grizzlies

Os Grizzlies provaram ser uma das equipes mais astutas da NBA nos últimos anos em termos de uso de seu capital de draft. Com uma lista carregada, resta saber se adicionar Jake LaRavia será uma opção. LaRavia, acertou 38% das cestas de 3 na última temporada e 78% na linha de lance livre, podendo trazer uma habilidade forte e intrigante na defesa.

Denver Nuggets

Os Nuggets receberam essa escolha em uma troca com Oklahoma City, Christian Braun parece um ala plug-and-play que traz defesa de bloqueio, capacidade de passe e excelente rebote. Depois de vencer um campeonato nacional e demonstrar que pode fazer todas as pequenas coisas necessárias para ajudar um time a vencer jogos, Braun é exatamente o tipo de ala bidirecional que muitas equipes da NBA estão procurando ativamente nos dias de hoje.

Foto destaque: Gabriel Meza/ESPN

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top