NBA: como funciona o play-in, sistema de repescagem da liga

Igor Ribeiro | 10/04/2023 - 06:00

O play-in vai começar. Nesta terça-feira (11/04), oito equipes, distribuídas entre Conferência Leste e Oeste, duelam em repescagem que promete agitar o clima para os amantes da NBA. Com a proximidade dos jogos, o Quinto Quarto explica como funciona o sistema que rende classificação aos playoffs. Os jogos acontecem entre 11 e 14 de abril.  

Apesar de a temporada regular estar em constante mudança desde sua criação, em 1946, a NBA sofreu uma alteração significativa por conta da pandemia da COVID-19 (coronavírus). Antes com 82 jogos, a liga se adaptou durante a temporada 2019/2020 para não prejudicar os clubes que haviam se apresentado em menos jogos.  

Pensando em mudar o formato, a liga adotou um sistema de repescagem conhecido como playin, que fez com que a temporada regular tivesse menos partidas – de 82 a 72. Depois da temporada 2019/20, a temporada voltou a ter 82 jogos, mas o sistema repescagem permaneceu, dando a mais equipes novas chances de chegarem a pós-temporada.

Formato de jogo único na NBA 

Na temporada regular, seis times das duas conferências já se classificam aos playoffs sem a necessidade de provar que merecem uma nova chance. Já as equipes que ficam entre o sétimo e o décimo lugares, por outro lado, brigam pelo play-in em jogo único.  

Para cada conferência, o sétimo encara o oitavo – com o vencedor do jogo único já garantindo vaga direto nos playoffs. O perdedor, ainda que saia frustrado, tem a possibilidade de se recuperar e faz mais um jogo.  

Por outro lado, o derrotado do confronto entre o nono e o décimo já está eliminado, sem chance de ir aos playoffs. O time que sair com a vitória, por outro lado, entra em quadra por nova chance – desta vez contra a outra que saiu com a derrota (explicada acima). Quem vencer, está dentro.  

CHAVEAMENTO DA TEMPORADA 2022-2023 AQUI

Grandes jogos do play-in 

O play-in já teve grandes confrontos em sua história. Em 2021, o formato novo da NBA colocou frente à frente dois dos grandes nomes do basquete, LeBron James e Stephen Curry, em duelo entre Los Angeles Lakers e Golden State Warriors.  

O placar foi de 103 a 100, com destaque para atuação do número 6, que assegurou uma cesta de três pontos e virou o resultado por sua equipe já no último quarto, enquanto o GSW havia liderado nos outros três tempos.

O time de São Francisco, posteriormente, ainda teve uma nova chance, mas também acabou superado por Memphis Grizzlies de Ja Morant e ficou fora da pós-temporada. 

A emoção também tomou conta dos torcedores do Minnesota Timberwolves na temporada anterior. O time de Minneapolis bateu o Los Angeles Clippers por 109 a 104 diante do apoio de seu torcedor, com direito a reviravolta impressionante após ver seus rivais abrirem dez pontos de vantagem.

Eles, no entanto, pararam para Memphis Grizzlies nos playoffs com 4 a 2 na série.  

Confira os confrontos do play-in desta temporada

Conferência Leste 

7º Miami Heat x 8º Atlanta Hawks (terça, 11/4) 

9º Toronto Raptors x 10º Chicago Bulls (quarta, 12/4) 

Conferência Oeste 

7º Los Angeles Lakers x 8º Minnesota Timberwolves (terça, 11/4) 

9º New Orleans Pelicans x 10º Oklahoma City Thunder (quarta, 12/4)