NBA: Em vitória dos Celtics, Jaylen Brown usa tênis ‘sem marca’

Marcelo Cartaxo | 26/12/2023 - 00:57

O Boston Celtics garantiu a felicidade na ceia de natal com a vitória sobre o Los Angeles Lakers na segunda-feira (25).

Entre os principais jogadores dos Celtics, Jaylen Brown foi um dos titulares que mais contribuiu em pontos (19), mas o que realmente chamou atenção no jogador na partida foi seu tênis.

Atualmente sem contrato com qualquer fornecedora de material esportivo, Brown tem uma liberdade não-contratual, o que significa que pode usar o tênis que quiser dentro de quadra, mas dessa vez o jogador impressionou.

O astro utilizou o modelo de tênis de Kobe Bryant, o “Kobe 6”, mas com uma paleta de cores diferente. Além de estar usando o modelo “Grinch Reverse” que faz referência ao personagem natalino predominante verde, Brown cobriu a logo da famosa marca esportiva “Nike”, deixando o tênis sem o famoso Swoosh da marca estadunidense.

Assim como Jordan, Kobe Bryant tinha sua marca registrada. O símbolo na língua do tênis é oficialmente chamado de “The Sheath”. O icônico logotipo tem seis segmentos. Quatro formas curtas representando a parte superior do corpo. E as duas formas longas representam a parte inferior do corpo. A forma combinada lembra uma espada ou uma pessoa.

O tênis leva o nome de um dos poucos jogadores que possuem uma marca dentro da empresa de fornecedora de material esportivo. Desde de Michael Jordan, uma linha de produtos na Nike não tinha tanto sucesso quanto os tênis da linha “Kobe”.

Mais tarde, Brown publicou em suas redes sociais algumas imagens do tênis que usou, junto com lembranças do pré-jogo quando conheceu Vini Jr, atacante do Real Madrid e estrela da Seleção Brasileira.

O dia em que Kobe ficou bravo com Michael Jordan por falar de seu tênis

Muitos antes de Kobe enfrentar DeMar DeRozan e ficar bravo com o fato de que o jogador não estava usando um “Kobe”, e sim um “Jordan”, Bryant se enfureceu com outro jogador.

Em um confronto entre Los Angeles Lakers e Washington Wizards no início dos anos 2000, Jordan estava jogando no time da capital estadunidense e tinha compromisso marcado com os Lakers. Kobe e Jordan se enfrentaram e o veterano que estava prestes a encerrar a carreira não perdeu a oportunidade de cutucar Bryant.

Durante o jogo, Michael viu Kobe usando seu modelo de tênis e logo disse que Bryant poderia usar o calçado mas ‘nunca o preencherá'. De acordo com Gilbert Arenas, ex-jogador dos Lakers e companheiro de Kobe naquele tempo, o jogador ficou tão enfurecido que não falou nada por uma semana em sessões de treinamento.

 

Escrito por Marcelo Cartaxo
Marcelo Cartaxo é um estudante de jornalismo na Universidade Veiga de Almeida, cujo interesse e paixão pelo jornalismo esportivo o levaram a acumular experiências em várias plataformas renomadas. Sua trajetória inclui colaborações notáveis em veículos como Premier League Brasil, Minha Torcida, Esportelandia, Futebol na Veia e ShaftScore.