NBA All-Star: McClung vence Jaylen Brown e se torna bicampeão das enterradas

Paola Zanon | 18/02/2024 - 01:06

Jogador do Lakeland Magic, afiliado do Orlando Magic na G-League, Mac McClung derrotou Jaylen Brown no torneio de enterradas do All-Star NBA 2024, na noite deste sábado, e se tornou bicampeão da competição.

Jaime Jaquez Jr. foi o primeiro a competir. Em sua primeira tentativa, o novato do Miami Heat posterizou em cima de Shaquille O'Neal e recebeu a nota média de 47,4 dos jurados.

Na segunda rodada, Jaquez quis trazer a bandeira do México para homenagear suas origens e deu uma enterrada após pingar a bola no chão, com um giro no ar antes de acertar o aro. A média foi 46,8, totalizando 94,2.

Jacob Toppin, segundo a competir, usou o próprio irmão, que ficou segurando a bola para a enterrada do jogador da G-League do New York Knicks. A primeira nota média foi de 47,8. A segunda enterrada foi passando a bola por baixo da perna e girando no ar em seguida. A média foi de 47,2, e o total foi de 95.

Jaylen Brown foi o terceiro, dispensando na primeira rodada um elemento para posterizar e apostando na troca de mãos no ar. A média do armador do Boston Celtics foi a maior da rodada: 48,8.

Na segunda, o armador convocou Jayson Tatum como “assistente” e enterrou com um passe do companheiro de equipe, pulando por cima do influenciador digital Kai Cenat, que estava sentado em uma cadeira transmitindo a competição ao vivo. A média foi de 47,6. Somadas, as médias chegaram a 96,4.

Para fechar o torneio, o atual campeão Mac McClung convocou um amigo para posterizar e deu uma enterrada de costas, soltando e pegando a bola no ar. A média do também jogador da G-League foi 48. O jogador da afiliada do Orlando Magic enterrou de costas em sua segunda rodada, alcançando uma média de 49,4, somando 97,4.

Jaylen Brown x Mac McClung

Com as duas maiores médias da primeira fase, Brown e McClung se classificaram para a final do torneio de enterradas, com o jogador dos Celtics abrindo os trabalhos.

Jaylen homenageou Terrence Clarke com uma enterrada de costas após um giro no ar, alcançando a nota 48,6. Na segunda rodada, o armador enterrou para cima de Spida Mitchell, com a mão esquerda, rebatendo as críticas sobre só saber usar a direita. A nota foi de 49,2, somando 97,8.

Mac inovou e colocou duas pessoas, uma de cavalinho na outra, para enterrar por cima delas, impressionando até mesmo Bam Adebayo e Giannis Antetokounmpo, que estavam assistindo na arquibancada. A nota foi de 48,8.

Para encerrar, Saquille foi novamente convocado para ser posterizado, e McClung o fez até vestir sua própria camisa da G-League antes de pular por cima dele, tirando as bolas das mãos de O'Neal e enterrando de costas. A nota dada pelos jurados foi 50, consagrando-o bicampeão do torneio.

Escrito por Paola Zanon
Paola Zanon é jornalista formada pela Cásper Líbero, repórter e redatora com passagens pelo Notícias da TV, R7 e UOL Esporte. A carreira no jornalismo esportivo começou com a cobertura dos Jogos Pan-Americanos de 2019 pelo R7 até chegar ao Quinto Quarto em fevereiro de 2023. São-paulina de coração e apaixonada por basquete, futebol e viagens.