Copa do Mundo

Copa do Mundo 2022: tudo sobre a Seleção Americana

A seleção americana volta a disputar a Copa do Mundo após ficar de fora na edição de 2018. Assim, essa será a 12ª participação na competição. A equipe faz parte da Federação de Futebol dos Estados Unidos. Além disso, é membro da FIFA e da CONCACAF. Dessa forma, conheça a Seleção dos Estados Unidos.

Conheça a história da Seleção Americana

A Seleção Americana iniciou a história no futebol em 1885. Naquela ocasião, ainda nos primórdios do futebol, a equipe enfrentou o Canadá, em Newark, Nova Jersey. Dessa forma, os canadenses venceram pelo placar de 1 x 0. Esse foi o 1º jogo internacional realizado fora do Reino Unido.

Em 1886, Estados Unidos e Canadá se encontraram novamente. Todavia, os norte-americanos venceram por 1 x 0. Essas duas partidas não são reconhecidas oficialmente. Contudo, fazem parte da história da Seleção Americana e Canadense.

Após alguns anos jogando amistosos e competições não oficiais, em 1913, a Federação de Futebol dos Estados Unidos foi criada. Assim, em 1916, a seleção norte-americana jogou a 1ª partida oficial fazendo parte da federação. Em resumo, o confronto foi diante da Suécia e a Seleção Americana venceu por 3 x 2. Os gols foram marcados por Dick Spalding, Harry Cooper e Charles Ellis.

Na Copa do Mundo de 1930, os Estados Unidos fizeram uma boa campanha e chegaram até as semifinais, ou seja, a equipe terminou na 3ª colocação. Essa é a melhor posição dos norte-americanos na competição.

Na estreia, a equipe venceu a Bélgica em 3 x 0, depois ganhou do Paraguai pelo mesmo placar e perdeu de 6 x 1 para a Argentina. Bart McGhee, Tom Florie, Bert Patenaude e Jim Brown foram os jogadores que fizeram os gols pela Seleção Americana na Copa do Mundo de 1930.

A trajetória dos Estados Unidos até a Copa do Mundo 2022

Os Estados Unidos iniciaram a campanha empatando em 0 x 0 contra El Salvador e 1 x 1 diante do Canadá. Dessa forma, com um início abaixo do esperado, torcedores da Seleção Americana se preocuparam com a fase em que a equipe estava vivendo.

Na 3ª rodada, o grupo venceu por 4 x 1 Honduras. Assim, conquistou a 1ª vitória nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. Logo em seguida, ganhou da Jamaica em 2 x 0, mas perdeu para o Panamá por 1 x 0.

Para voltar a vencer, a Seleção Americana enfrentou na 6ª rodada a Costa Rica, partida que ocorreu no New Columbus Crew Stadium. Então, conseguiu derrotar o adversário pelo placar de 2 x 1. Depois, ganhou do México em 2 x 0, 1 x 1 diante da Jamaica e 1 x 0 contra El Salvador.

Na reta final, uma derrota contra Canadá preocupou a seleção dos Estados Unidos. Afinal, existia há possibilidade de não terminar na zona de classificação para a Copa do Mundo de 2022.

Todavia, venceu Honduras em 3 x 0, 0 x 0 diante do México, 5 x 1 no Panamá e perdeu para a Costa Rica por 2 x 0. Em resumo, a equipe terminou na 3ª posição, com 25 pontos. Assim, conquistou a vaga para a competição entre seleções.

Os grandes destaques da seleção dos Estados Unidos na CONCACAF foram Christian Pulisic (cinco gols), Kellyn Acosta (volante que participou de 13 dos 14 jogos da competição), Weston McKennie (dois gols e importante movimentação no meio de campo) e Brenden Aaronson (dois gols e titular absoluto com o treinador Gregg Berhalter).

No setor defensivo, Sergiño Dest, Antonee Robinson, Miles Robinson, Walker Zimmerman e DeAndre Yedlin se destacaram e mostraram o bom desempenho.

Seleção Americana tem boa geração, mas cai em grupo complicado na Copa do Mundo 2022

A seleção dos Estados Unidos possui uma boa geração. Com jovens e mais experientes, o elenco contém nomes que se destacam no futebol europeu. Entretanto, não está no grupo de seleções favoritas para a Copa do Mundo de 2022.

Com Inglaterra, País de Gales e Irã, a Seleção Americana briga por uma das vagas no grupo B. Os ingleses e galeses são os favoritos, mas, os norte-americanos podem surpreender e passar da fase de grupos.

Estados Unidos em Copas do Mundo 

A seleção dos Estados Unidos fizeram parte da 1ª Copa do Mundo, realizada em 1930. Em 1934, nas oitavas de final, a equipe perdeu para a Itália pelo placar de 7 x 1.

Em contrapartida, voltou em 1950 após a pausa por conta da 2ª Guerra Mundial. Então, não passou da fase de grupos. Em 1990, a Seleção Americana decepcionou e também ficou na 1ª fase.

Em 1994, a Copa foi realizada nos Estados Unidos. Assim, a Seleção Americana perdeu para o Brasil por 1 x 0, jogo que aconteceu nas oitavas de finais. Em 1998, ficou na fase de grupos. Porém na Copa de 2002, fez uma campanha surpreendente e parou nas quartas de final, partida que foi diante da Alemanha.

Por fim, no ano de 2006, parou na fase de grupos. Em 2010, perdeu para Gana por 2 x 1 e em 2014 eliminada pela Bélgica, válido pelas oitavas de final.

Veja como ficou o grupo dos Estados Unidos na Copa do Mundo 2022

Grupo da Seleção Estadunidense na Copa do Mundo 2022

Grupo da Seleção Estadunidense na Copa do Mundo 2022

Quais os maiores ídolos da Seleção Americana?

A seleção dos Estados Unidos conta com grandes jogadores na história. Atletas que jogaram na Europa e que defenderam as cores do país por muitos anos.

Donovan, Dempsey e Tim Howard são os nomes mais conhecidos desta lista. Os três jogadores atuaram também na Premier League. O goleiro norte-americano vestiu a camisa do Manchester United em 77 oportunidades. Por fim, os atletas estiveram na partida diante do Brasil na final da Copa das Confederações de 2009.

Landon Donovan

Landon Donovan foi um atacante norte-americano que passou por grandes clubes da Europa. Pela seleção dos Estados Unidos, o jogador participou de 157 jogos, marcou 57 gols e deu 31 assistências. O atleta esteve no elenco que foi vice-campeão na Copa da Confederações em 2009. Após a Copa de 2014, Donovan se aposentou da equipe e fechou o ciclo de 14 anos.

Clint Dempsey

Clint Dempsey é outro atleta conhecido no futebol. Com passagens por FC Fulham e Tottenham, o atacante estreou pela seleção dos Estados Unidos em 2004, em jogo diante da Jamaica. O 1º gol aconteceu em 2005, na partida contra a Inglaterra. Também esteve no elenco que perdeu para o Brasil em 2009. Em resumo, foram 141 jogos, 57 gols e 17 assistências.

Tim Howard

Tim Howard é um dos nomes mais conhecidos da lista. O goleiro foi um dos destaques do Everton, da Inglaterra. Além disso, teve uma passagem pelo Manchester United. Na temporada 2011/12, o arqueiro marcou um gol no jogo contra Bolton. Naquela ocasião, o jogador chutou da própria área, a bola atravessou o campo, pingou na frente do goleiro adversário e entrou. Pela Seleção Americana, foram 121 partidas.

Eric Boswell Wynalda

Eric Boswell Wynalda estreou na seleção dos Estados Unidos em 1990. O atacante fez quase toda a carreira na terra do Tio Sam. Assim, foram 99 partidas e 31 gols marcados. Com apenas 21 anos, o jogador esteve no elenco da Copa do Mundo de 1990 e sempre mostrou raça dentro de campo.

Josmer Volmy Altidore

Josmer Volmy Altidore é o nome mais recente nesta lista. O centroavante atuou em alguns clubes da Europa: FC Villarreal, Xerez CD, Hull City, Bursaspor, AZ Alkmaar e AFC Sunderland. Todavia, é na seleção norte-americana que o jogador se destaca. Em resumo, são 115 partidas e 42 gols marcados. Atualmente, joga no Puebla FC, do México.

Cobi Jones

Menção honrosa para Cobi Jones, que foi um ponta-direita e fez quase toda a carreira nos Estados Unidos. Além disso, o jogador teve uma passagem pelo Vasco em 1995.

Jogadores com mais gols na história da Seleção Americana

  • 57 gols – Clint Dempsey
  • 57 gols – Landon Donovan
  • 42 gols – Jozy Altidore
  • 31 gols – Eric Wynalda
  • 30 gols – Brian McBride

Jogadores com mais participações em jogos da Seleção Americana 

  • Cobi Jones – 159 jogos
  • Landon Donovan – 157 jogos
  • Michael Bradley – 151 jogos
  • Clint Dempsey – 141 jogos
  • DaMarcus Beasley – 126 jogos

Todos os títulos da Seleção Americana

  • Gold Cup – 7x (1990/91, 2001/2002, 2004/05, 2006/07, 2012/13, 2017 e 2020/21)
  • Jogos Pan-Americanos – 1x (1990/91)
  • Liga das Nações da CONCACAF – 1x (2019/20)

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top