XFL

XFL: tudo o que você precisa saber sobre a semana 5 da nova liga

xfl defenders tyree jackson

Se você é daqueles que respira futebol americano (como é o nosso caso) deve estar acompanhando a XFL. Contudo, caso ainda não esteja acompanhando a nova liga de perto, o Quinto Quarto resolveu dar uma forcinha. Que tal um resumão da semana 5 da temporada regular 2020?

Para ver nossos resumos semana a semana até agora, basta clicar no link. As quatro semanas iniciais estão cobertas pelo nosso site e com resumos mais do que sensacionais (modéstia à parte).

Agora, vamos contar o que rolou nos quatro jogos realizados neste sábado (7) e domingo (8), válidos pela week 5 da XFL.

Houston Roughnecks (5-0) 32 x 23 Seattle Dragons (1-4)

Imparável. Este vem sendo o Houston Roughnecks na temporada 2020 da XFL. Entra semana, sai semana e os texanos vem se mantendo invictos no campeonato. Mas, no primeiro jogo deste sábado (7), a vitória sobre o Seattle Dragons veio com uma boa dose de emoção.

No começo do segundo quarto, os Dragons chegaram a abrir 14 a 0. E, depois do empate dos Roughnecks, a equipe de Seattle voltou a anotar nove pontos consecutivos no terceiro quarto para abrir 23 a 14.

Mas não teve jeito. Com uma reta final de jogo basicamente impecável, os donos da casa chegaram à sua quinta vitória e se mantiveram isolados na liderança da divisão XFL West.

Os Dragons ficam com 1-4 e têm uma das piores campanhas da liga.

Perdendo por 23 a 14, Houston começou a reagir a 7min03s do término do terceiro quarto, quando o running back James Butler anotou seu segundo TD terrestre do jogo para reduzir a diferença para 23 a 20.

Então, no último quarto, o quarterback P.J. Walker apareceu. Ele conectou um passe de cinco jardas com o wide receiver Cam Phillips para o TD da virada. E, com 3min36s remanescentes, Walker e Phillips completaram novamente a conexão, desta vez para um TD de 11 jardas que trouxe o placar para 32 a 23 e deu números finais ao placar.

Walker, melhor jogador da temporada até agora, teve um sábado de altos e baixos, mas conseguiu acertar 23 passes de 38 para 351 jardas, três touchdowns e duas interceptações. Ele também cometeu um fumble.

Phillips foi o principal recebedor da partida, fazendo 10 recepções para 122 jardas e dois TDs. E Butler correu para 52 jardas e os dois TDs.

Do lado dos Dragons, o quarterback B.J. Daniels completou 14 passes de 22 para 114 jardas, sem TDs e INT, mas com dois touchdowns terrestres e 30 jardas corridas na conta. Ele também cometeu um fumble, único turnover dos visitantes no jogo. O wide receiver Austin Proehl foi o outro destaque de Seattle com três recepções para 56 jardas.

Dallas Renegades (2-3) 12 x 30 New York Guardians (3-2)

O New York Guardians venceu a primeira fora de casa na temporada e foi contra um decepcionante Dallas Renegades.

Chegando para o jogo contra os Renegades, os Guardians tinham o menor número de TDs anotados na temporada até agora e também não haviam anotado um ponto sequer em um terceiro quarto neste ano.

Mas não só eles quebraram essas escritas como anotaram 21 pontos no terceiro quarto deste domingo, maior quantidade de pontos em um quarto por um time da XFL nesta temporada.

Após a primeira metade terminar empatada em 6 a 6, os nova-iorquinos encaixaram uma campanha de oito jogadas, 76 jardas, que terminou com o quarterback reserva Marquise Williams correndo para TD de uma jarda.

A 3min31s do final, o quarterback Luis Perez conectou passe de 80 jardas com o wideout Colby Person para o touchdown que deixou o jogo em 18 a 6. E a conversão de dois pontos trouxe a diferença para 20 a 6.

E, ainda no terceiro período, Ryan Mueller interceptou um passe do quarterback Phillip Nelson e retornou 33 jardas para mais um TD, deixando a vantagem agora em 27 a 6 depois da conversão de um ponto.

A melhor jogada dos Renegades na partida veio logo no kickoff após o TD acima, com Austin Walter retornando 97 jardas para o TD. Mas um FG no último quarto do kicker Matt McCrane fechou o placar em 30 a 12.

Os Renegades estavam sem o quarterback titular Landry Jones, que lesionou o joelho na derrota para o Houston Roughnecks, na semana passada, e Nelson completou 28 passes de 49 para 210 jardas e duas INTs.

Já Perez, do lado dos Guardians, fechou com 16 passes certos de 30 para 229 jardas, um TD e uma INT.

Os Guardians correram para 144 jardas, sendo 58 de Darius Victor, e o defensive tackle Cavon Walker também se destacou, com dois sacks e quatro ‘apressadas’ no QB.

DC Defenders (2-3) 15 x 06 St. Louis BattleHawks (3-2)

Foi o jogo com maior número de jardas terrestres da história da XFL, com 402. Cardale Jones foi para o banco ainda no primeiro quarto, depois de ser interceptado. Mas não foi Tyree Jackson, o QB reserva que entrou que foi a estrela e sim Jhurell Pressley, que teve 107 jardas em 15 carregadas, uma média absurda.

Os Defenders usaram uma estratégia bem old school – corridas a todo momento, com 229 jardas terrestres, um passe de Jackson para o TE Khari Lee para TD e defesa sufocante. Foram 4 sacks e ainda um punt bloqueado. Marquette King não fez dancinha dessa vez.

 

LA Wildcats (2-3) 41 x 34 Tampa Bay Vipers (1-4)

Se a promessa da XFL era de muitos pontos e ainda não tinha rolado tanto assim, o jogo em Carson mudou isso. Os Wildcats chegaram a ficar 17 a 0 atrás, mas Josh Johnson comandou a virada com 288 jardas e 4 TDs para a segunda vitória do time californiano na temporada.

A defesa também conseguiu jogadas importantes, como o fumble forçado e retorno de Boogie Roberts para a end zone.

O time de Marc Trestman (ex-treinador do Chicago Bears) até teve mais uma chance, mas Taylor Cornelius foi interceptado. Tudo o feito no começo do jogo, abrindo até uma vantagem grande, não serviu para garantir uma vitória.

JOGOS DA SEMANA 6

Sábado, 14 de março, às 16h (de Brasília) – New York Guardians x Houston Roughnecks

Sábado, 14 de março, às 19h (de Brasília) – Tampa Bay Vipers x St. Louis BattleHawks

Domingo, 15 de março, às 18h (de Brasília) – DC Defenders x Dallas Renegades

Domingo, 15 de março, às 21h (de Brasília) – Seattle Dragons x Los Angeles Wildcats

Para conferir a classificação da XFL até agora, clique aqui.

Comments
To Top