MLB

Podcast do Quinto Quarto: entre idas e vindas, uma nova ideia

Logo Podcast do Quinto Quarto

Por dois anos e meio, o Quinto Quarto fez podcasts. Nosso início foi com microfone e mesa de som usando a estrutura da Rádio Gazeta AM, parte da Fundação Cásper Líbero. Lá fizemos mais de 100 edições com o mestre dos magos da sonoplastia Joni de Oliveira e também o sábio monstro Alexandre Pimentel. Recebemos diversos convidados, o melhor deles sendo Paulo Mancha: na primeira vez que o convidamos, ele veio mais do que preparado, com várias planilhas e informações. Ao ouvir o primeiro trocadilho infame do Bruno Bataglin e a primeira ofensa dele direcionada a minha pessoa, o Mancha deve ter pensado qual era a saída mais rápida sem ter que apelar para a do incêndio. No fim, deu tudo certo.

Só que como tudo que é bom uma hora acaba, saímos da faculdade e o nosso podcast fez menos aparições que o Derrick Rose em seus últimos anos de Chicago.

Além da estrutura, também perdemos a fé no formato desse podcast. Uma hora de programa, uma vez por semana? Os assuntos ficam frios porque não são discutidos na hora. E o programa fica longo porque haja opinião e garganta para falar. Claro que é legal ficar falando por uma hora sobre a linha ofensiva do Houston Texans. Mas é legal de ouvir?

Dos vários podcasts que escuto, destaco dois “gurus”. O primeiro é Bill Simmons, ex-ESPN (Grantland, para ser mais exato) que faz três podcasts semanais de uma hora e 15 minutos. Só que ele traz convidados absurdamente famosos, que fazem essa audição demorada fazer sentido. Só com Kevin Durant foram quatro podcasts nos últimos meses, inclusive um dois dias depois das finais da NBA. Atores, músicos, políticos e muitos esportistas estão no cardápio para quem quiser ouvir.

E o segundo é Joan Boluda, especialista em Marketing Digital. Ele não tem convidados de peso em seu podcast, então resolveu fazer algo diferente: um podcast diário, curto, que dê para escutar no transporte indo para a faculdade ou para o trabalho. Ele já tem quase 900 edições, 18 mil ouvintes e assuntos dos mais variados. Quando vi a palestra dele, eu, Miguel Amado, pensei que aquele era o modelo perfeito para nós.

Essa é a ideia que queremos usar com o Quinto Quarto Expresso, de segunda a sexta-feira. Falar do jogo de ontem, de uma notícia importante, dar opiniões, falar de fantasy – e como apanhamos nele – e do mundo das apostas, que tanto gostamos. Videogames, palpites, enfim, assuntos não faltam. Eu vou apresentar, com Bruno Bataglin sendo convidado para falar de NFL e NBA e André Garda quando o assunto for a MLB.

E queremos fazer isso com sua participação: vamos separar perguntas e comentários que são mandados na seção que temos aqui no site. Você também pode falar conosco no @quintoquartobr no Twitter, na nossa página no Facebook ou no email [email protected]

Calma, tem mais um canal de comunicação: mande um áudio no WhatsApp para (11) 94920-8437 e assim sua bela voz poderá entrar no podcast. Xingamentos não só são aceitos como incentivados.

Este podcast é feito para vocês e não existe sem sua contribuição, então mande ver.

As edições também vão ter música, que pode ter a ver com o assunto ou só ser uma canção com a qual acordamos na cabeça no dia. Mais uma vez: sugestões são bem-vindas. As músicas que tocarmos vão entrar nas nossas playlists do Spotify, que estão presentes no site.

Espero que vocês gostem de nossa ideia e nós vamos fazer o máximo para não furar o calendário. Ainda vamos fazer podcasts longos, mas para ocasiões mais especiais, como o que fizemos após o Super Bowl LI. Tudo para que mais pessoas saibam que o melhor dos esportes americanos está no Quinto Quarto.

Comments
To Top