Olimpíadas

Estados Unidos vencem Espanha no último confronto pré-Tóquio

Olimpíadas de Tóquio - Estados Unidos x Espanha

No último jogo antes das Olimpíadas de Tóquio, os Estados Unidos venceram a Espanha por 83 x 76 na noite deste domingo (18), em Las Vegas. Com isso, o time norte-americano fecha a série de quatro jogos preparatórios com duas derrotas e duas vitórias. Já os espanhóis realizaram cinco amistosos, com quatro vitórias e apenas uma derrota.

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DE ESTADOS UNIDOS X ESPANHA

SITUAÇÕES OPOSTAS EM AMISTOSOS

Com surpresas negativas nas preparações para Tóquio, os EUA haviam tropeçado contra Nigéria e Austrália e vencido apenas a Argentina. Por isso, precisavam da vitória para não chegar às Olimpíadas com mais derrotas do que vitórias.

Por outro lado, La Família tinha 100% de aproveitamento até então, com dois triunfos contra o Irã e dois contra a França.  Portanto, com este bom retrospecto, o time de Sergio Scariolo chegou com moral ao Mandalay Bay.

O JOGO

Com mudanças, Gregg Popovich iniciou a partida com Zach LaVine, Damian Lillard, Kevin Durant, Jayson Tatum e Draymond Green. No banco de reservas também tinham novidades. Keldon Johnson e JaVale McGee substituíram Bradley Beal – que entrou nos protocolos da covid-19 – e Kevin Love – que pediu dispensa por questões físicas.

O quinteto espanhol inicial foi composto por Ricky Rubio, Rudy Fernández, Alberto Albade, Victor Claver e Marc Gasol.

Com isso, a Espanha fez ótimo 1º tempo e venceu por 38 x 36. Entretanto, no 2º tempo, os Estados Unidos impuseram seu ritmo. Municiados por Lillard (19 pontos), Durant (14 pontos) e Johnson (15 pontos), tomaram a frente do placar até a vitória. O último converteu sete dos nove arremessos tentados em quadra.

Os destaques de La Família foram Rubio (23 pontos), Willy Hernangómez (11 pontos) e Marc Gasol (10 pontos).

Olimpíadas

As equipes não se enfrentaram na fase de grupos da competição. Os EUA estão no grupo A ao lado de Irã, França e República Tcheca. Portanto, são amplos favoritos à 1ª colocação.

Contudo, a Espanha tem um caminho mais difícil a ser trilhado na 1ª fase do torneio. No grupo C, a 2ª colocada no ranking da FIBA, terá que passar por Argentina, Japão e Eslovênia – de Luka Doncic.

Foto destaque: Divulgação/Federação Espanhola de Basquete

 

 

Comments

Popular

To Top