NHL

New York Rangers elimina Montreal Canadiens e vai disputar a Stanley Cup

Crédito: Divulgação

Crédito: Divulgação

Henrik esteve perfeito na noite de quinta-feira. Depois de um dos jogo mais difíceis da carreira, quando tomou quatro gols em apenas dois períodos, o goleiro se recuperou mentalmente e garantiu a presença do New York Rangers na Stanley Cup. A franquia de New York venceu o Montreal Canadiens por 1 a o e retorna à Stanley Cup pós 20 anos.

Lundqvist não teve tanto trabalho assim, já que defendeu apenas 18 chutes durante todo o jogo 6 da série entre Rangers e Habs, mas teve de beirar a perfeição, tendo em vista que os Rangers conseguiram marcar apenas um gol com Dominic Moore.

O placar magro reflete a dificuldade que foi a partida, com as duas defesas e os dois goleiros atuando em alto nível. Mas os Rangers conseguiram quebrar a retranca canadense no final do segundo período. Derek Dorsett brigou muito pelo puck nas bordas, e o disco acabou sobrando para o defensor Ryan McDonagh, que prontamente passou para Brian Boyle que estava atrás do gol de Dustin Tokarski. Boyle observou que Moore estava livre e deu uma assistência com afeto. Moore não desperdiçou a chance, pegou firme no disco e disparou um chute indefensável. 1 a 0 no placar e histeria no Madison Square Garden, em New York.

Os Canadiens chegaram a pressionar antes do término do segundo período, mas sem sucesso. Já nos 20 minutos finais, os canadenses pouco atacaram, não levando perigo ao gol de Lundqvist. Nem com seis jogadores no gelo, os Habs chegaram perto de marcar.

Com o resultado, os Rangers chegam a Stanley Cup após 20 anos e depois de muita incerteza e pessimismo em relação ao elenco. Durante toda a temporada de 2013-2014, a franquia nova-iorquina jamais foi cotada como favorita, e até a presença nos playoffs era tida como improvável. Mas o jogadores provaram seu valor e a comissão técnica junto com a direção dos Rangers apostaram em uma estratégia e agora colhem os frutos da boa administração. O principal trunfo dos Rangers foi a contratação de Martin St Louis durante o período de trocas. St Louis caiu como uma luva na equipe e rapidamente se tornou uma referência para os jogadores.

Após a vitória e a vaga na Stanley Cup, os jogadores dos Rangers receberam o Prince of Wales Trophy, mas, como de costume, se recusaram a tocar na taça, procedimento repleto de mística e assombrações.

Agora os Rangers aguardam o adversário que virá do confronto entre Los Angeles Kings e Chicago Blackhawks. Os Kings lideram a série por 3 a 2, e o jogo 6 será realizado na noite de sexta-feira, em Los Angeles, às 22h (horário de Brasília).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

To Top