NHL

Jonathan Toews comanda Blackhawks, que elimina Ducks e avança para a final da Stanley Cup

ANAHEIM DUCKS 3 X 5 CHICAGO BLACKHAWKS

Em um decisivo jogo 7, nada é melhor do que um capitão que chame a responsabilidade e lidere seus companheiros. Jonathan Toews fez tudo isso e muito mais. O capitão dos Blackhawks atuou como um verdadeiro campeão, marcou dois gols, viu seu time eliminar o Ananheim Ducks, que jogava em casa, e ainda se qualificou para disputar a final da Stanley Cup pela terceira vez na carreira.

Campeão da Stanley Cup em 2010 e em 2013, Jonathan Toews começou o jogo 7 diante dos Ducks com tudo. Nos 12 primeiros minutos de partida, Toews já tinha marcado dois gols e calado o Honda Center. Daí pra frente, os Blackhawks controlaram o ritmo da partida e venceram por 5 a 3.

O próximo desafio de Toews e companhia já tem data e adversário definidos. Na próxima quarta-feira (3), às 21h (horário de Brasília), Tampa Bay Lightning e Chicago Blackhawks iniciam, na Amalie Arena, em Tampa, a final da Stanley Cup.

Jonathan Toews liderou, mas contou com ajudas pontuais. Corey Crawford não deu rebotes bobos, fez 35 defesas e frustou o ataque de Anaheim. Patrick Kane (3 assistências)e Brad Richards (2 assistências) foram os garçons da noite, enquanto Brandon Saad, Marian Hossa e Brent Seabrook completaram o placar.

Se Toews fez seu papel, do outro lado, Ryan Getzlaf deixou a desejar. O capitão dos Ducks já tinha ido muito mal no jogo 6 e não se recuperou no jogo 7. Nem a assistência para o gol de Corey Perry e o bom aproveitamento no faceoff (58%) fez com que Getzlaf se redimisse. Os Ducks só foram reagir quanto o placar estava em 4 a 0 para Chicago.

Ryan Kesler e Matt Beleskey também marcaram para os Ducks, mas o jogo já estava definido. No gol, o pobre Frederik Andersen pouco pôde fazer. Tirando um rebote equivocado por parte do goleiro dinamarquês, os outros gols dos Blackhawks vieram de jogadas bem construídas e Andersen (21 defesas) ficou vendido nos lances.

O fato é que as duas equipes são bem parecidas, mas os Blackhawks souberam lidar melhor com a situação e, como campeões que são, reagiram melhor na hora que mais interessava.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

To Top