NHL

Jogadores do Los Angeles Kings comemoram o título da Stanley Cup nas ruas com a torcida

(Crédito: Instagram/reprodução)

(Crédito: Instagram/reprodução)

Após passar as mais de quatro primeiras décadas de sua história sem ganhar um título da NHL, o Los Angeles Kings faturou, na última sexta-feira (13), o segundo caneco da Stanley Cup nas últimas três temporadas, fechando a série contra o New York Rangers com 4 a 1.

E, nesta segunda-feira (16), os jogadores dos Kings celebraram a mais recente conquista com os torcedores nas ruas de Los Angeles. Os atletas levaram a mais cobiçada taça do hóquei no gelo mundial para mostrar aos milhares de torcedores espalhados pelas ruas da cidade.

(Crédito: Instagram/reprodução)

(Crédito: Instagram/reprodução)

Além da taça da Stanley Cup, os atletas do Los Angeles Kings mostraram aos torcedores o Clarence Campbell Bowl, troféu dado ao campeão da Conferência Oeste da National Hockey League, e também o Troféu Conn Smythe, este último destinado a Justin Williams, que foi eleito o MVP das finais da Stanley Cup.

“Estou honrado e empolgado por adicionar mais um anel ao meu dedo”, declarou Williams, que faturou o título da NHL pela terceira vez (duas com os Kings e uma com os Hurricanes) “E estou orgulhoso de fazer parte dos primeiros anéis de alguns caras. Agora vamos buscar mais um no próximo ano”, completou.

O Los Angeles Kings venceu a decisão da NHL de forma incontestável. No primeiro jogo da final, quando o time californiano jogou em casa, no Staples Center, os Kings chegaram a estar perdendo por 2 a 0, mas reagiram, empatando o jogo, e, na prorrogação, Justin Williams fez o gol da vitória.

O segundo duelo da decisão foi ainda mais complicado para os Kings. Novamente atuando no Staples Center, a equipe mandante deixou o adversário abrir 2 a 0 no primeiro período. Logo no início do segundo período, o Los Angeles Kings fez o primeiro gol, mas tomou o terceiro gol minutos depois. Ainda no segundo período, o Los Angeles Kings fez 3 a 2, mas o New York Rangers voltou a abrir dois gols de diferença. Foi então que, no terceiro período, os Kings empataram o jogo em 4 a 4 e, no segundo tempo da prorrogação, Dustin Brown apareceu para garantir a vitória por 5 a 4.

O primeiro duelo atuando fora de casa na série foi o mais fácil para os Kings no confronto, por incrível que pareça. O goleiro Jonathan Quick foi o herói da noite no Madison Square Garden e o time de Los Angeles venceu pelo placar de 3 a 0, abrindo 3 jogos a 0 na série.

O jogo 4 era a chance de os Kings aplicarem uma ‘varrida’ no New York Rangers, mas querendo sobreviver na decisão a qualquer custo e, ainda mais, não serem derrotados por 4 a 0, os nova-iorquinos reagiram e triunfaram por 2 a 1 no segundo compromisso em casa na série.

O fatídico jogo 5 teve muitas emoções e foi extremamente equilibrado. No primeiro período, o Los Angeles Kings fez 1 a 0, mas o New York Rangers virou no segundo período, fazendo 2 a 1. Na terceira etapa da partida, os Kings marcaram mais um gol e levaram a decisão para a prorrogação. No primeiro tempo extra, nada de gols. O jogo ia ficando dramático até na segunda prorrogação, mas então, aos 14min43s, Alec Martinez apareceu bem, fez o 3 a 2 e garantiu a festa californiana.

Assista a festa do título do Los Angeles Kings:

Comments
To Top