NHL

Confira os principais jogadores que estarão disponíveis no draft da NHL

Crédito: Divulgação

Crédito: Divulgação

O Wells Fargo Center, em Philadelphia, será tomado por um público um tanto quanto diferente nesta sexta-feira. Acostumado com torcedores barulhentos que apoiam os Flyers sempre que estes jogam em casa, a arena receberá, desta vez, famílias e jovens de 18 anos, que esperam ter seus nomes anunciados por um dos 30 times que farão escolhas no draft da NHL de 2014.

Composto por 7 rodadas, 210 jogadores serão selecionados em dois dias de decisões difíceis para os times. Além de escolherem os próximos componentes de seus times, os general managers poderão, pela primeira vez desde a tardia deadline em março, fazer trocas com outros times, incluindo as próprias escolhas do draft em questão.

Neste mock draft, as possíveis trocas que poderão vir a acontecer na sexta não serão levadas em consideração. É um fato que o Florida Panthers pode – e há uma boa chance que isso aconteça – mover a primeira escolha geral. Deixemos a parte de negócios e especulações para os GMs. O que podemos fazer é nos divertimos com as 30 seleções que serão feitas na primeira rodada.

É também um fato que esta geração de rookies não é tão boa quanto a do ano passado e, talvez, do ano que vem. Mas não deixa de trazer prospects muito interessantes.

Fiz a seguinte separação antes de distribuir os jogadores entre os times: há quatro níveis neste draft. O primeiro é composto pela elite, os dois melhores jogadores. São eles: Aaron Ekblad, melhor defensor, e Sam Reinhart, melhor forward. A segunda é composta por 8 jogadores, que completam o top 10. A terceira, menos talentosa que a segunda, vai da 10ª seleção até a 20ª. E a quarta ultrapassa os limites da primeira rodada, indo até a 45ª seleção geral.

O que eu quero dizer é o seguinte. Para mim, os dois melhores jogadores são bastante claros. Depois, vem uma ótima leva de talentos, que vai até a 10ª posição. Muitos jogadores podem variar de posição na hora do draft, alguns selecionados antes, outros depois, mas dificilmente os jogadores do top 10 serão diferentes destes aqui listados. O terceiro nível é composto por 10 jogadores, de potencial menor que os do top 10, mas ainda com bastante valor. A partir da 20ª escolha, o nível entre o 21º e o 45º escolhido não será tão grande quanto se imagina. Alguns especialistas afirmam que a segunda rodada começa na 15ª escolha. Eu discordo. A partir da 20ª, talvez 25ª, a sentença é aceitável.

Usei cerca de 30 páginas de pesquisas feitas, além de boas horas assistindo os prospects, para fazer esta lista. Se 20 dos 30 jogadores listados abaixo forem, de fato, escolhidos na 1ª rodada, será um sucesso. E, lembrando, estas são as escolhas que eu acho que os times irão fazer, não necessariamente as que eu acho que eles deveriam fazer. Eu, por exemplo, nunca selecionaria Nick Ritchie na 4ª posição geral. Sem mais delongas, eis o mock draft da NHL de 2014:

 

1. Florida Panthers – Aaron Ekblad – D

Se Florida manter sua escolha, eles a usarão em Ekblad. O defensor está pronto para a NHL, tem ótimo tamanho e o potencial de ser uma estrela. Os Panthers precisam de ajuda na defesa, e Ekblad resolverá o problema.

2. Buffalo Sabres – Sam Reinhart – C

Reinhart é o jogador mais inteligente disponível. Capaz de jogar em todas as zonas e situações, será uma estrela na liga e não demorará muito para fazer impacto. Com o seu QI de hockey acima do normal, será um center número 1.

3. Edmonton Oilers – Leon Draisaitl – C

Edmonton usou suas três primeiras escolhas entre 2010 – 2012 com jogadores habilidosos. Draisaitl traz o balanço perfeito entre habilidade e tamanho – qualidade que os Oilers carecem. Eles prefeririam selecionar Ekblad, mas ele dificilmente estará disponível na 3ª posição

4. Calgary Flames – Nick Ritchie – LW

Bryan Burke, o presidente de operações dos Flames, gosta de tamanho, força física. Ritchie é enorme, forte, ao mesmo tempo que é rápido e tem ótimas habilidades ofensivas. O fato de Bennett não ter conseguido fazer nenhuma barra no combine deve ter desagradado Burke.

5. New York Islanders – Sam Bennett – C

O jogador mais complete deste draft, joga em todas as situações e zonas. Tem um ótimo QI de hockey, mas precisa amadurecer no quesito físico. Talento não falta. Islanders precisam de outro ótimo jogador para jogar ao lado de Tavares.

6. Vancouver Canucks – Michael Dal Colle – LW

Dal Colle é o jogador mais subestimado dos listados “top 5”. Com mãos fantásticas, tem excelente habilidade ofensiva. Já tem o tamanho, faltam músculos. Em 5 anos, será um jogador completo. Canucks querem renovar o seu time, e Dal Colle se encaixará como uma luva.

7. Carolina Hurricanes – William Nylander – LW/C

Nylander é uma máquina ofensiva. O mais habilidoso do draft, é capaz de decidir partidas sozinho, tamanho seu talento. Mas sua individualidade pode atrapalhar, assim como seu jogo defensivo, que tem de ser trabalhado. Trará criatividade para um ataque monótono.

8. Toronto Maple Leafs – Jake Virtanen – LW

Após passar por uma cirurgia no ombro, Virtanen não deve voltar a jogar até outubro, o que diminui seu valor consideravelmente. Tem um jogo ofensivo, físico e ridiculamente rápido, com um tiro invejável. Jogador que não tem medo do adversário, independente do seu tamanho.

9. Winnipeg Jets – Nikolaj Ehlers – RW

Assim como Nylander, Ehlers é pura habilidade ofensiva. Melhor rookie da CHL na temporada passada, tem um talento absurdo, que se treinado corretamente, gerará uma estrela na NHL. Demorará alguns anos para estrear na liga, mas os Jets não têm pressa.

10. Anaheim Ducks – Brendan Perlini – LW

Jogando em uma divisão bastante física, nada mais justo do que os Ducks draftarem um power forward. Perlini tem o tamanho e é bastante veloz, encaixando perfeitamente nas necessidades ofensivas de Anaheim.

11. Nashville Predators – Kasperi Kapanen – RW

Nashville precisa reinventar o seu ataque e Kapanen é um talento que pode ajudar imediatamente. Jogou sua última temporada na Finlândia e já pode encarar a NHL. Tem as armas ofensivas e velocidade para isso.

12. Arizona Coyotes – Dylan Larkin – C

Os Coyotes precisam de um jogador que se torne o favorito da torcida. Larkin é muito competitivo e intenso, o que combinam com sua liderança, seu tamanho e força física.

13. Washington Capitals – Haydn Fleury – D

O claro problema que os Capitals enfrentam é uma carência na defesa. Fleury é o segundo melhor defensor disponível, atrás apenas de Ekblad. Tem tamanho, ótimas noções defensivas e também ofensivas. Pode ser um novo John Carlsson para Washington.

14. Dallas Stars – Jared McCann – C

Os Stars já têm suas estrelas em Seguin e Benn, e McCann entra no elenco como uma excelente opção para a segunda e terceira linha. Joga em todas as situações, principalmente no penalty kill, e está muito perto da NHL em termos físicos.

15. Detroit Red Wings – Julius Honka – D

Carregados por rookies como Nyquist e Jurco, os Red Wings estão bem no ataque. Honka tem um potencial muito grande, podendo se tornar um defensor com habilidades ofensivas formidável. Mas ainda precisa amadurecer seu jogo físico.

16. Columbus Blue Jackets – Robby Fabbri – C

Fabbri é um jogador clutch. Na temporada passada, quando jogava nas juniors, foi o líder em pontos nos playoffs de sua liga. Apesar de ter pouco tamanho, compensa com habilidade ofensiva e força de vontade.

17. Philadelphia Flyers – Alex Tuch – RW

Assim como Burke, Ron Rextal também gosta de power forwards, jogadores físicos. Tuch é imenso para sua idade e sabe dificultar a vida do seu adversário usando sua força física e boas habilidades ofensivas, que ainda precisam ser trabalhadas.

18. Minnesota Wild – Thatcher Demko – G

Minnesota, mais do que qualquer time este ano, precisa de um goleiro. Seus dois principais, Josh Harding e Niklas Backstrom, não são nem um pouco jovens. O setor precisa de renovação e Demko, o melhor goalie do draft, ajudará Kuemper no processo.

19. Tampa Bay Lightning – Kevin Fiala – C

Fiala é excelente ofensivamente. Combinação perfeita de determinação e talento, o que o torna um jogador confiável e desejável. Cairá muitíssimo bem no jovem time dos Bolts.

20. San Jose Sharks – Sonny Milano – LW

Milano é conhecido por seu jogo ofensivo, mas também sabe se cuidar muito bem na zona defensiva. Com ótimas mãos, se junta a ótima geração composta por Couture e Hertl em San Jose.

21. St Louis Blues – Ivan Barbashev – C

Barbashev é um tremendo competidor. Líder nato, faz de tudo para que seu time tenha sucesso, inclusive ir às zonas sujar do gelo. Os Blues não temem o “fator Rússia”, com jogadores como Vladimir Tarasenko no elenco.

22. Pittsburgh Penguins – Jakub Vrana – RW

Um ótimo sniper, ajudará os Penguins onde eles mais carecem. Faltam jogadores capazes de jogar ao lado de Crosby e Malkin, e dentro de poucos anos, Vrana estará pronto para atuar ao lado das estrelas.

23. Colorado Avalanche – Nikita Scherbak – LW

Ótimo QI de hockey, sabe como se comportar na zona ofensiva para criar chances ao seu favor. Pode carecer de um bom jogo defensivo, mas isso pode ser trabalhado. O que não pode ser ensinado, Scherbak já possui. Ajudará os Avs em alguns anos.

24. Anaheim Ducks – Adrian Kempe – LW/C

Grande e rápido, Kempe faz com que os jogadores ao seu redor joguem melhor. Também passa no tamanho mínimo requerido pelos Ducks, trazendo consigo potencial para ser um bom segunda linha do futuro.

25. Boston Bruins – David Pastrnak – RW

Com ótimas mãos, Pastrnak se foca no ataque e em criar oportunidades para o seu time. Não tem o tamanho ordinários dos Bruins, mas será um bom playmaker no futuro.

26. Montreal Canadiens – Ryan MacInnis – C

MacInnis tem o tamanho, mas precisa trabalhar em sua força física. Montreal é conhecido por ter jogadores pequenos, e o center pode começar a mudar essa impressão. É esperto, patina bem e tem boas mãos.

27. Chicago Blackhawks – Travis Sanheim – D

Sanheim tem o tamanho certo para ser um shutdown defenseman na NHL, e o talento também. Patina com destreza, joga contra bons oponentes e se vira muito bem na zona ofensiva. Poderá aprender muito com Hjalmarsson.

28. Tampa Bay Lightning – Roland McKeown – D

Um defensor subestimado no draft, McKeown tem excelente velocidade para o seu tamanho e compete muito contra o ataque adversário. Tem um ótimo jogo de transição da zona defensiva para a zona neutra, sabe mover o puck coma agilidade e eficiência, exatamente o que falta em Tampa.

29. Los Angeles Kings – Conner Bleackley – C

Não é dos maiores jogadores, o que vai um pouco contra a lógica dos Kings, mas não tem medo de jogar em todas as zonas do gelo. Precisa melhorar ofensivamente, sua produção de pontos pode deixar a desejar.

30. New Jersey Devils – Nick Schmaltz – C

Ótimo playmaker, faz com que seus wingers joguem melhor. Bom QI de hockey, entende bem o jogo ao seu redor e se adapta a jogadores que são maiores que ele. Ajudará a recuperar a boa forma dos Devils no futuro.

 

(C = Center, LW = Left Wing, RW = Right Wing, D = Defenseman, G = Goalie)

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

To Top