NFL

Zach Miller se emociona em retorno às instalações do Chicago Bears

Zach Miller, tight end do Chicago Bears

(Crédito: Instagram/reprodução)

O tight Zach Miller retornou às instalações do Chicago Bears na última semana, seis semanas após ter passado por uma cirurgia de emergência para salvar a sua perna esquerda.

“Foi muito real”, declarou o jogador de 33 anos ao ser questionado sobre a ameaça de perder a perna. “Ficou a alguns erros de acontecer. Recebi muita atenção, muitas pessoas me ajudaram nesse processo. Mas estávamos a poucos minutos de isso ser realidade. Felizmente conseguimos evitar isso. Conseguimos salvar praticamente tudo. Estou muito agradecido por isso”.

“Lembro que, antes de entrar na cirurgia de emergência, a última coisa que eu estava falando aos médicos era: ‘por favor, salve minha perna’. Porque eu sabia que algo estava errado com a forma como eu estava me sentindo. Eu sabia que tínhamos problemas”.

Miller foi levado para o University Medical Center New Orleans no dia 29 de outubro após ter deslocado o seu joelho enquanto fazia uma recepção para touchdown, que depois foi anulada após revisão. Os médicos realizaram uma cirurgia para reparar uma artéria danificada na perna esquerda do tight end e ele ficou oito dias hospitalizados em New Orleans antes de ser levado de volta para Chicago.

O atleta de 33 anos, que estava com a perna esquerda imobilizada, não tinha certeza sobre quando ele voltará a caminhar, mas acredita que sua qualidade de vida a longo prazo não será afetada.

“Realmente não falei sobre um planejamento. Quando vou poder sair de muletas? Quando vou começar a andar? Quando vou tirar a proteção? Eu acho que vou fazer tudo isso com o tempo. Não fiz perguntas desse tipo. Estou meio que aceitando o dia a dia, as etapas do processo de cirurgia e reabilitação”, declarou. “Vascularmente, minha artéria está mais forte do que nunca”.

Zach Miller também evitou falar sobre a continuação da sua carreira no futebol americano.

“Realmente não pensei muito sobre futebol americano neste momento. Você sabe o que eu quero dizer? Não cheguei a esse ponto. Para mim, isso é apenas o certo a se fazer, se recuperar e quando chegar o momento, tomar uma decisão. Eu quero jogar futebol americano? O que você acha? Eu tenho sido um jogador a minha vida toda. Adoraria jogar futebol americano. Cruzaremos a estrada quando chegar a hora”.

O veterano de oito temporadas se emocionou bastante quando falou do apoio que recebeu de familiares, amigos, companheiros de equipe e treinadores durante sua recuperação, destacando sua esposa, Kristen, e George McCaskey, presidente dos Bears que viajou até New Orleans para visitá-lo no hospital.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top