NFL

Zac Taylor defende contratação de treinador envolvido em escândalo de bullyng

Zac Taylor, head coach do Cincinnati Bengals

(Crédito: Twitter/reprodução)

Em decisão polêmica, o Cincinnati Begals contratou Jim Turner como seu treinador de linha ofensivo nesta quinta-feira. O novo head coach Zac Taylor defendeu o novo integrante de sua comissão técnica e afirmou não ter problema em dar a Turner sua primeira oportunidade na NFL desde 2014.

Turner não trabalha na liga desde que foi demitido pelo Miami Marlins em fevereiro de 2014 após o relatório Wells, que detalhou uma série de incidentes de bullying na equipe da Flórida. O treinador foi um nome proeminente no relatório.

“Conheço o cara e sei que ele é uma grande pessoa e um grande humano. Então é alguém que confio. Conversamos sobre a cultura e trazer as pessoas certas para esta equipe. Nunca iria fazer nada para manchar a reputação da família Brown e da organização dos Bengals se eu não acreditasse e conhecesse a pessoa”, declarou Taylor sobre a contratação do treinador da linha ofensiva.

Taylor trabalhou com Turner em diversos lugares e deixou claro que já antecipava a repercussão negativa. Ele ainda acrescentou que o novo treinador era o número um na para ser contratado para a posição.

O treinador da linha ofensiva trabalhou na Texas A&M e com os Dolphins e na Universidade de Cincinnati.

Comments
To Top