NFL

Watt volta a lesionar as costas e deve ficar um bom tempo fora; veja boletim de lesões

J.J. Watt, defensive end do Houston Texans

(Crédito: Twitter/reprodução)

O defensive end J.J. Watt, do Houston Texans, voltou a lesionar suas costas e deve ficar fora do time por um longo período de tempo, até mesmo podendo perder todo o restante da temporada 2016 da National Football League. As informações foram dadas por Ian Rapoport, do ‘NFL.com’, na noite desta terça-feira (27).

Os Texans devem colocar Watt na injured reserve nesta quarta (28), como apurou Rapoport, que consultou uma fonte com conhecimento dos planos da equipe do Texas. A expectativa do time é que ele possa retornar durante os playoffs, caso o time se classifique para a fase decisiva do campeonato.

Se Watt for colocado na injured reserve, ele poderia retornar aos treinos após seis semanas e a um jogo após oito semanas, o que, na melhor das hipóteses, significaria que ele estaria à disposição para a partida do dia 27 de novembro, contra o San Diego Chargers.

O defensor voltou a se contundir durante a derrota da franquia texana para o New England Patriots, na última quinta-feira (22), em confronto válido pela semana 3 da NFL.

Vale lembrar que o camisa 99 perdeu toda a pré-temporada dos Texans depois de passar por cirurgia para reparar uma hérnia de disco, procedimento realizado no final do mês de julho.

J.J. Watt ainda não desfalcou os Texans em um jogo sequer em sua carreira profissional de seis anos, mas o defensive end de 27 anos de idade já sofreu com muitos problemas físicos, chegando inclusive a atuar com vários músculos centrais rompidos na temporada passada.

Recentemente, o astro revelou que se perguntou se voltaria a jogar futebol americano.

Watt teve uma atuação extremamente apagada contra os Patriots e, na derrota por 27 a 0, ele fez apenas dois tackles no total.

Detentor de três títulos de Melhor Defensor do Ano da NFL e quatro vezes All-Pro em sua carreira, J.J. Watt somou 1,5 sacks e oito tackles até agora em três jogos como titular na temporada 2016.

J.J. Watt ficou afastado do treino da última segunda (26), mas o técnico Bill O’Brien afirmou que o veterano estava apenas tirando um dia de folga.

Segundo Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana, os Texans planejam assinar com o defensive end Antonio Smith para substituir Watt.

Selecionado com a 11ª escolha geral do draft de 2011 pelos Texans, Watt liderou a National Football League com 17,5 sacks na temporada passada e, em sua carreira, ele soma 76 sacks no total, além de 15 fumbles forçados, 45 passes desviados e 379 tackles.

Confira outras notícias de lesões desta terça (27):

– Tyler Eifert: o tight end do Cincinnati Bengals, que ainda não atuou nesta temporada enquanto se recupera de uma lesão no tornozelo, não deve atuar no jogo desta quinta-feira (29), contra o Miami Dolphins, segundo informações de Bob Holtzman, da ‘ESPN’ norte-americana. Assim, o camisa 85 deve ganhar mais uma semana para se reabilitar ainda mais.

Eifert retornou ao treino na semana passada e foi listado como ‘limitado’ no treinamento da última segunda. O jogador deu indícios de que poderia voltar ao time já nesta semana, mas ao que parece uma volta na semana 5 da temporada regular é um cenário mais concreto.

O tight ainda não treinou por completo nesta temporada e não participou de nenhuma atividade de 11 contra 11. Vale lembrar que Eifert passou por cirurgia na offseason para reparar um ligamento rompido em seu tornozelo esquerdo e, devido ao procedimento, ele perdeu todo o training camp e a pré-temporada dos Bengals.

– Kyle Fuller: o cornerback do Chicago Bears, que ainda não atuou na temporada 2016, foi colocado na injured reserve de forma oficial nesta terça. Desta forma, o defensor ficará afastado do time por, pelo menos, oito semanas e há chances de ele retornar mais adiante no campeonato.

O camisa 23 lidou com uma lesão no joelho durante o training camp da franquia e passou por uma artroscopia no meio de agosto.

– La’el Collins: o left guard do Dallas Cowboys está com um ligamento rompido em seu pé, segundo informações de Ian Rapoport, do ‘NFL.com’, que consultou uma fonte com conhecimento da contusão. Uma segunda opinião médica servirá para determinar se Collins precisará passar por cirurgia, mas espera-se que o atleta fique afastado por um período entre seis e 10 semanas.

Segundo Rapoport, La’el Collins é um candidato a ir para a injured reserve com designação para retornar. Jerry Jones, proprietário dos Cowboys, afirmou em entrevista na manhã desta terça que, provavelmente, o guard não precisará passar por procedimento cirúrgico e que a lesão envolve mais uma questão de tolerância à dor.

Collins disse aos jornalistas nesta terça que ele está buscando mais opiniões sobre seu dedo do pé direito e que ele espera não precisar de cirurgia. A notícia positiva é que os médicos disseram inicialmente ao jogador que é possível que o ligamento possa melhorar sem operação.

De acordo com a ‘ESPN’ norte-americana, a decisão se o atleta passará ou não por cirurgia será tomada em duas semanas. Se Collins passar por cirurgia, ele provavelmente ficará fora do restante do campeonato.

– Shane Vereen: o running back do New York Giants, que sofreu uma contusão no tríceps, foi colocado na injured reserve, como anunciou a franquia nova-iorquina. O jogador sofreu a lesão durante a derrota para o Washington Redskins, neste último final de semana.

– Sammy Watkins: o wide receiver do Buffalo Bills continua a lidar com dores no pé, mas a franquia foi muito vaga ao dar atualização sobre a condição do camisa 14.

“Nós nos apoiamos em nossa equipe médica e se eles o liberarem e disserem que ele está pronto (…) a única coisa que sabemos com certeza é que Sammy é um competidor e quer jogar. Então, se a equipe médica diz que ele está pronto e que não há nenhum dano adicional ou que algo pode acontecer em seu pé que o tire por um longo período de tempo, nós vamos deixá-lo jogar porque é isso que ele deseja e nos ajuda a continuar conseguindo essas vitórias”, falou o general manager Doug Whaley, em entrevista à ‘WGR’.

– Kelvin Beachum: o left tackle do Jacksonville Jaguars foi liberado depois de passar pelo protocolo de concussão da NFL e vai retornar ao treino nesta quarta-feira (28) como anunciou a franquia da Flórida. Beachum não treina desta que ele se lesionou no final do terceiro quarto da derrota para o San Diego Chargers, no dia 18 de setembro.

Beachum sofreu o trauma quando tomou uma joelhada na cabeça enquanto estava caindo no chão. Ele foi retirado de campo de maca móvel e passou a noite em um hospital de San Diego antes de retornar a Jacksonville no dia seguinte.

– Mohamed Sanu: o wide receiver do Atlanta Falcons, que sofreu uma lesão no ombro na primeira metade da vitória do time sobre o New Orleans Saints, na última segunda (26), deve estar disponível para o jogo do próximo domingo, contra o Carolina Panthers. As informações são de Ed Werder, da ‘ESPN’ dos Estados Unidos.

Depois de sofrer a contusão contra os Saints, Sanu não voltou ao jogo. Segundo o técnico Dan Quinn, o recebedor vai treinar de forma limitada nesta semana e o treinador, nesta terça, descreveu a contusão como algo que será avaliado ‘dia a dia’.

– Matt Ryan: o quarterback dos Falcons, que machucou o polegar contra os Saints, não deve ficar afastado dos treinos. “Estou bem”, falou o signal caller nesta terça, em seu programa de rádio semanal.

– Pittsburgh Steelers: o offensive lineman Ramon Foster (peito), o wide receiver Eli Rogers (dedo do pé) e o linebacker Ryan Shazier (joelho) foram descritos pelo técnico Mike Tomlin como “muito questionáveis” após as contusões. O linebacker Lawrence Timmons, que sofreu uma lesão na canela, parece estar bem.

– Jimmie Ward: o cornerback do San Francisco 49ers, que está com lesão no quadríceps, será avaliado semana a semana, como anunciou a franquia.

– Kory Lichtensteiger: o center do Washington Redskins, que está com uma contusão na panturrilha, foi colocado na injured reserve.

– DeAngelo Hall: o safety dos Redskins, que rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho, também foi colocado na IR.

– Carolina Panthers: o defensive end Ryan Delaire (joelho) foi colocado na injured reserve.

– Trent Cole: o linebacker do Indianapolis Colts foi colocado na injured reserve devido a uma lesão não especificada. O jogador ficou fora do jogo do time na semana 2, contra o Denver Broncos, por causa de um problema nas costas.

Comments
To Top