NFL

J.J. Watt é ativado e deve atuar contra o Buffalo Bills; veja boletim

J.J. Watt, defensive end do Houston Texans

O defensive end J.J. Watt, do Houston Texans, voltou aos campos de treinamento na semana passada e deve voltar a jogar já neste próximo final de semana. O pass rusher foi ativado da injured reserve nesta terça-feira (31), como apurou o jornalista James Palmer, da ‘NFL Network’.

O camisa 99 está deixando a IR e a expectativa é a de que ele atue em alguma capacidade no jogo deste sábado (4) contra o Buffalo Bills, válido pela rodada de wild card dos playoffs da Conferência Americana (AFC).

Ainda não se sabe quantos snaps defensivos Watt poderá suportar. Vale lembrar que o defensor está afastado desde o dia 27 de outubro, quando sofreu uma ruptura no músculo peitoral. A expectativa inicial era de que a lesão fosse tirá-lo de todo o restante da temporada 2019, mas a recuperação foi fantástica. Assim, o pass rusher poderá retornar, já que os texanos avançaram à pós-temporada.

Segundo Palmer, Watt disse que suas pernas estão boas e que a força na parte superior do corpo, no lado onde ele sofreu a lesão, voltou. Mesmo assim, o pass rusher ainda não acredita que esteja pronto para uma partida inteira.

O astro da defesa de Houston progrediu de atividades individuais para atividades coletivas na semana passada e continuou treinando normalmente nesta terça.

O técnico Sean McDermott disse que antecipa que Watt poderá atuar, assim como os próprios companheiros de equipe do defensive end disseram.

E a injeção de ânimo que Watt pode dar os Texans deve vir em boa hora. Isso porque a equipe de Houston terminou a temporada regular de 2019 ranqueada em último entre os times classificados aos playoffs em defesa total e a última entre os times classificados da AFC em pontos cedidos.

Em oito jogos que disputou na temporada 2019, Watt somou quatro sacks, 24 tackles combinados, um fumble forçado e três passes desviados.

Em outra notícia do DM dos Texans, o safety Tashaun Gipson foi colocado na injured reserve, de acordo com Palmer.

Além disso, o wide receiver Will Fuller V estará disponível para a partida contra os Bills, segundo Stefano Fusaro, da ‘ESPN’ norte-americana. Fuller, que treinou de maneira limitada nesta terça, vem lidando com uma lesão na virilha sofrida no dia 21 de dezembro contra o Tampa Bay Buccaneers.

Oficialmente, o técnico Bill O’Brien disse que Fuller está progredindo e está “caminhando em uma direção positiva para estar disponível”, mas o head coach não garantiu que o wideout vai atuar neste sábado.

Ainda nos Texans, o safety Jahleel Addae (tendão de Aquiles), os cornerbacks Johnathan Joseph (músculo posterior da coxa) e Bradley Roby (músculo posterior da coxa), o linebacker Jacob Martin (joelho), o wide receiver Kenny Stills (joelho) e o tackle Laremy Tunsil (tornozelo) também treinaram de forma limitada.

Confira mais notícias de lesões e outras movimentações na NFL nesta terça (31) de Réveillon:

– No Pittsburgh Steelers, notícias importantes envolvendo o seu quarterback titular. O técnico Mike Tomlin disse aos repórteres nesta terça que Ben Roethlisberger está se aproximando de uma data “significativa” na reabilitação de sua lesão no cotovelo.

“Eu sei que ele deve receber uma atualização perto de 1º de fevereiro que será significativa em tempos do mapeamento do que virá a seguir”, falou o head coach dos Steelers.

A campanha 2019 dos Steelers foi muito prejudicada pela cirurgia no cotovelo pela qual Big Ben teve que passar. Então, na semana 2, o time colocou Mason Rudolph como quarterback titular e, posteriormente, Devlin ‘Duck’ Hodges assumiu o posto. O final de campanha de 8-8 foi heroico diante das circunstâncias, mas pelo segundo ano consecutivo a equipe não foi aos playoffs.

Roethlisberger completa 38 anos em março e vai entrar em sua 17ª temporada na NFL, com um contrato que vai até a temporada 2021.

– No Minnesota Vikings, o running back Dalvin Cook está pronto para enfrentar o New Orleans Saints no próximo domingo, em jogo válido pela rodada de wild card dos playoffs da Conferência Nacional (NFC).

“Duas semanas de descanso e recebi tratamento. (…) Venho investindo tempo e me sinto bem”, disse Cook nesta última segunda, de acordo com o site oficial dos Vikings.

Os Vikings pouparam Cook dos últimos dois jogos da temporada regular enquanto o astro ofensivo se recuperava de uma lesão no ombro. E, dado seu estilo agressivo de jogo, Cook observou que o descanso pode ter sido bom antes do duelo decisivo.

“É uma temporada longa. Você passa por muita coisa, seu corpo sofre muito. Descansei um pouco e estou pronto para jogar”, frisou.

– O Philadelphia Eagles recebeu boas notícias do departamento médico. O jornalista Tom Pelissero, da ‘NFL Network’, noticiou nesta terça que o running back Miles Sanders sofreu uma entorse leve no tornozelo durante o último jogo da temporada regular contra o New York Giants.

O problema antes do jogo contra o Seattle Seahawks, no domingo, válido pela rodada de wild card dos playoffs da Conferência Nacional (NFC), será a inflamação.

O técnico Doug Pederson observou que o running back calouro “vai ficar bem”, o que é um bom sinal em relação à disponibilidade de Sanders para a rodada inicial da pós-temporada.

Os Eagles também contrataram o running back Elijah Holyfield e colocaram o defensive end Daeshon Hall na injured reserve.

– No Buffalo Bills, o cornerback Levi Wallace não treinou nesta terça. O jogador sofreu uma entorse no tornozelo na semana 17. O jornalista Tom Pelissero, da ‘NFL Network’, noticiou anteriormente que Wallace seria avaliado dia a dia.

Ainda não se sabe se ele poderá jogar no sábado contra o Houston Texans, na rodada de wild card dos playoffs da Conferência Americana (AFC), e sua perda seria enorme para uma das defesas mais fortes da NFL nesta temporada.

Também nos Bills, o wide receiver Andre Roberts (pé), o defensive end Shaq Lawson (músculo posterior da coxa) e o offensive tackle Ty Nsekhe (tornozelo) treinaram de forma limitada. O linebacker Lorenzo Alexander não treinou, pois teve um dia de descanso para veteranos.

– No Baltimore Ravens, o quarterback Lamar Jackson perdeu o treino desta quarta com uma gripe. O técnico John Harbaugh disse na última segunda que acreditava que Jackson estaria bem o suficiente para treinar nesta terça.

– O New York Jets fechou um contrato de reserva/futuro com o kicker Brett Maher. Maher vestiu a camisa do Dallas Cowboys por 13 jogos nesta temporada 2019 e converteu apenas 66,7% de seus field goals.

– No Arizona Cardinals, o linebacker Chandler Jones publicou em seu Twitter que ele passou por cirurgia em seu polegar nesta terça.

– No New England Patriots, o wide receiver Julian Edelman (joelho/ombro), o linebacker Jamie Collins (ombro) e o cornerback Jason McCourty (virilha) treinaram de maneira limitada nesta terça.

– No Tennessee Titans, o cornerback Adoree’ Jackson (pé) treinou normalmente, enquanto que o wide receiver Adam Humphries (tornozelo) não treinou.

– No Chicago Bears, o general manager Ryan Pace disse que o linebacker Roquan Smith (músculo peitoral) e o tight end Trey Burton (quadril) passaram por cirurgias recentes. Ele também espera que o wide receiver Anthony Miller passe por cirurgia no ombro esquerdo. O prazo para os três retornarem é o training camp.

Pace também acrescentou que há uma possibilidade de que o quarterback Mitchell Trubisky passe por cirurgia no ombro esquerdo nesta offseason.

– O Seattle Seahawks colocou o offensive lineman Ethan Pocic na injured reserve pela segunda e última vez nesta temporada. E ativou o guard Kyle Fuller do elenco de treinamento (practice squad).

– O Cincinnati Bengals fechou um contrato de reserva/futuro com o cornerback Winston Rose.

Comments
To Top