NFL

Washington Redskins contrata quarterback Mark Sanchez para ser reserva

Mark Sanchez, quarterback da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Washington Redskins agiu rapidamente após a lesão grave sofrida por Alex Smith e contratou o quarterback Mark Sanchez. A informação foi confirmada nesta segunda-feira (19) pelos jornalistas Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, e John Keim, da ‘ESPN’ norte-americana.

Sanchez, que ainda estava disponível na free agency, chega para ser reserva de Colt McCoy.

O quarterback titular Alex Smith fraturou a tíbia e a fíbula da perna direita durante a derrota por 23 a 21 para o Houston Texans. A lesão grave vai deixá-lo fora do restante da temporada 2018 da National Football League.

McCoy, que está em sua quinta temporada nos Redskins, será titular no lugar de Smith, mas o time de Washington não tinha nenhum outro quarterback em seu elenco, nem mesmo no elenco de treinamento (practice squad). Assim, o time trouxe Sanchez.

A franquia da capital dos Estados Unidos acabou escolhendo Sanchez depois de fazer testes com um grupo de QBs que também incluiu E.J. Manuel, Kellen Clemens, Josh Johnson e T.J. Yates.

Sanchez tem várias ligações com os Redskins devido às suas quatro temporadas atuando no New York Jets. Isso porque Kevin O’Connell, coordenador de jogo de passe dos Redskins, foi quarterback reserva por parte de três temporadas durante o tempo de Sanchez nos Jets.

Além disso, Matt Cavanaugh, coordenador ofensivo dos Redskins, ocupou o mesmo cargo na franquia nova-iorquina de 2009 a 2012. E Bill Callahan, treinador de linha ofensiva/head coach assistente dos Redskins, ocupou o mesmo cargo nos Jets por três temporadas enquanto Sanchez estava por lá.

Selecionado com a quinta escolha geral do draft de 2009 pelo NY Jets, Mark Sanchez chega aos Redskins para oferecer a experiência de um veterano. Ele foi titular em 72 jogos de temporadas regulares na carreira e mais seis nos playoffs.

Em 77 partidas de temporadas regulares no total, Sanchez acertou 56,7% de seus passes para 15.219 jardas, 86 touchdowns e 86 interceptações. Ele tem um passer rating de 73.9 na carreira.

Sanchez sofreu com turnovers ao longo de sua trajetória na liga. Em 2011 e 2012, suas últimas duas temporadas nos Jets, ele lançou 36 interceptações e cometeu 16 fumbles. Um desses fumbles ficou famoso sob a alcunha de ‘Butt Fumble’, em um lance bizarro ocorrido em um jogo do Dia de Ação de Graças contra o New England Patriots, no dia 22 de novembro de 2012.

Curiosamente, seu primeiro jogo com a camisa dos Redskins será no Dia de Ação de Graças deste ano, nesta quinta (22), quando será completado seis anos do infame ‘Butt Fumble’.

Em contrapartida, nesta temporada os Redskins têm sido um dos melhores times em termos de proteger a bola, com apenas nove turnovers cometidos.

Sanchez também vestiu as camisas do Philadelphia Eagles e do Dallas Cowboys e passou tempo nos elencos do Chicago Bears e do Denver Broncos.

Ele soma quatro vitórias e duas derrotas na pós-temporada com um passer rating de 95.5, tendo lançado para nove touchdowns e três interceptações nesses jogos de mata-mata. Ele ajudou os Jets a chegar duas vezes à final da Conferência Americana (AFC).

Comments
To Top