NFL

Washington Redskins contrata o center John Sullivan; veja as manchetes da terça-feira

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O Washington Redskins fez algumas movimentações no seu elenco após sofrer múltiplas baixas na linha ofensiva por causa de lesões na partida do último domingo. O time da capital contratou o center veterano John Sullivan e colocou o center Kory Lichtensteiger na injured reserve.

Sullivan foi dispensado em agosto pelo Minnesota Vikings após perder a temporada de 2015 por causa de uma hérnia de disco na lombar. John Sullivan conseguiu ter condições para jogar no verão (nosso inverno) e, agora, os Redskins esperam que ele dê profundidade ao seu elenco.

– Adam Gase, treinador do Miami Dolphins, deu um recado claro para os seus jogadores: joguem bem ou se preparem para serem colocados no banco.

“Eu estou cansado de discutir essas coisas com os jogadores”, disse ele. “Nós queremos receber o trabalho feito ou vamos fazer mudanças”.

– Hue Jackson, head coach do Cleveland Browns, defendeu o kicker Cody Parkey, que perdeu três field goals contra o Miami Dolphins, inclusive um que poderia dar a vitória no fim do quarto quarto. O treinador acredita que Parkey não deve levar toda a culpa pela derrota e falou que não planeja mudar o seu kicker até o próximo jogo dos Browns.

“Eu acho que é injusto despejar tudo (toda a culpa) sobre ele”, disse Jackson. “Foi uma pena. Se ele tivesse acertado, estaríamos comemorando agora. Mas ele perdeu”.

– Apesar de toda a repercussão, Colin Kaepernick, quarterback do San Francisco 49ers, nunca foi menos relevante como jogador de futebol do que neste momento, contudo, com a fase dos Niners, se espera que ele receba uma chance. Apesar disso, o treinador Chip Kelly disse que Kaepernick não está em forma e que sua massa corporal está baixa após uma offseason de recuperação de uma cirurgia. Kap já tem um plano para se recuperar: “Comer. E muito”.

– Colin Kaepernick criticou os dois candidatos – Hilary Clinton e Donald Trump – falando que ambos são mentirosos em um debate para mostrar quem é menos racista e que a população precisa escolher o menos pior. Além disso, ele rebateu Trump, que, algum tempo atrás, falou para Kaepernick se mudar caso ele não esteja satisfeito.

“Essa é uma afirmação muito ignorante, que, se você não concorda com o que está acontecendo aqui, que, se você quer justiça e liberdade para todos, você deve deixar o país”, disse Kap. “Ele sempre diz: ‘faça a América grande outra vez’. Bem, a América nunca foi tão grande para as pessoas de cor e isso é algo que precisa ser tratado. Vamos fazer a América grande pela primeira vez”.

– Josh McDaniels, coordenador ofensivo dos Patritos, é um dos candidatos para virar head coach na próxima temporada, mas ele disse que está feliz onde está.

“Eu amo onde estou”, disse ele. “Eu já disse antes que todos nós temos aspirações de crescer e melhorar e potencialmente subir. Talvez esse dia chegue, talvez não, mas eu sei disso: eu sou muito grato por ter a oportunidade de treinar esses jogadores e de trabalhar com Bill e Robert Kraft. É um privilégio”.

– Peyton Manning e Yao Ming, ex-astro da NBA, participaram em um evento em Xangai. Durante o evento, Ming falou sobre a NFL. “Acho que a NFL tem muito potencial aqui”, falou o gigante chinês.  “O esporte se desenvolveu realmente muito mais rápido nos últimos dois anos.

– Alvin Bailey, jogador de linha ofensiva do Cleveland Browns, foi preso em uma blitz. Segundo o boletim de ocorrência, Bailey falhou no exame de sobriedade e foi citado por condução de um veículo em estado de embriaguez, excesso de velocidade, operar um veículo inseguro e duas contravenções por drogas.

– Carson Wentz, quarterback do Philadelphia Eagles, teve um início de carreira e temporada muito boa e recebeu uma baita comparação por parte de Brian Baldinger, analista da NFL e ex-jogador de linha ofensiva. “(Ele) é como Peyton Manning antes do snap e como Aaron Rodgers depois do snap”.

Comments
To Top