NFL

Vontaze Burfict acerta extensão de contrato de três anos com Cincinnati Bengals

Vontaze Burfict, linebacker do Cincinnati Bengals

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Cincinnati Bengals resolveu recompensar uma peça importante da sua defesa e fechou uma extensão de contrato de três anos, com valor de US$ 38,68 milhões, com o linebacker Vontaze Burfict. Com o novo contrato, ele tem vínculo com a franquia de Ohio até a temporada 2020 da National Football League.

A informação foi confirmada pelos jornalistas Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, e por Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

Como acrescenta Rapoport, o acordo inclui um bônus de assinatura de US$ 3,3 milhões e o pass rusher vai receber um adicional de US$ 7 milhões nesta temporada.

Os números são bem mais generosos do que o contrato anterior do linebacker, um acordo de quatro anos assinado em 2014 e com valor de US$ 19 milhões, sendo US$ 6,94 milhões garantidos.

Atualmente com 26 anos de idade, Burfict chegou aos Bengals em 2012 como agente livre não draftado originário da Universidade de Arizona State.

Em cinco temporadas na NFL até agora, ele soma 502 tackles combinados, sete sacks, cinco interceptações, três fumbles forçados e 23 passes desviados.

A renovação de contrato se dá em meio a uma suspensão de três jogos que manterá o linebacker longe dos campos até o dia 1º de outubro, quando os Bengals enfrentam o Cleveland Browns, em confronto válido pela semana 4 da temporada.

A suspensão, resultado de uma pancada que ele deu em cima do fullback Anthony Sherman, do Kansas City Chiefs, foi reduzida de cinco para três jogos após apelação.

“Vontaze ainda é um dos jovens e emergentes talentos dentro da liga. Nós trabalhamos duro para treinar, desenvolver e manter jogadores talentosos. É satisfatório que Vontaze tenha se comprometido a fazer parte da organização daqui em diante. Foi importante chegar a uma extensão antes do começo da temporada e estamos ansiosos para ter Vontaze de volta ao time daqui a algumas semanas”, declarou o técnico Marvin Lewis, em nota divulgada pelos Bengals.

Comments
To Top