NFL

Vince McMahon trará a XFL de volta; estreia da liga será em janeiro de 2020

Vince McMahon, presidente da WWE (principal empresa de wrestling do mundo), anunciou que está dando uma nova chance para sua liga de futebol americano profissional. O evento chamado XFL, mesmo nome da liga que McMahon e a ‘NCB’ tentaram emplacar em 2001 e que buscava entradas mais duras.

O executivo disse que ele é a única fonte para a liga, que está programada para começar em janeiro de 2020. A primeira temporada terá oito equipes que irão jogar ao longo de 10 semanas. O investimento inicial será de US$ 100 milhões.

“Queria fazer isso desde o dia que paramos o outro. Uma chance de fazer isso sem parceiros, financiado por mim, o que me permitiria olhar o outro e dizer: ‘você foi o único que arruinou isso’ ou ‘você fez isso um sucesso’”, disse ele em entrevista à ‘ESPN’. Ainda não houve conversas com empresas de mídia para transmitir os jogos.

McMahon declarou que os jogos serão mais rápidos e o tempo ideal seria de duas horas. Os jogadores não irão pode protestar enquanto estiverem em campo. Linda, esposa de McMahon, tem um cargo administrativo no gabinete de Donald Trump, que criticou o ativismo social na NFL.

“As pessoas não querem que as questões sociais e políticas entrem em campo quando eles estão tentando se divertir. Queremos que alguém que quer se ajoelhar faça isso durante seu tempo pessoal”, afirmou o executivo, que acrescentou que não sabia se teria o apoio do presidente dos Estados Unidos.

McMahon será proprietário de todas as equipes, o que permitirá ele fazer o que quiser. Além disso, a liga não aceitará jogadores com antecedentes criminais, o que provavelmente desqualificaria Johnny Manziel.

Um dos principais problemas da versão original foi o tempo de preparação: estreou um ano após a divulgação. Com um ano adicional, McMahon terá um ano adicional para preparar a XFL. O executivo ainda deu a entender que pode ter sucesso porque a audiência de TV não é mais fundamental nos dias de hoje.

Comments
To Top