NFL

Vic Fangio: não podemos colocar band-aids nos nossos problemas

Vic Fangio, head coach dos Broncos

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Denver Broncos sofreu com duas temporadas negativas consecutivas sob o comando de Vance Joseph. Sem um quarterback para o futuro, precisando melhorar a linha ofensiva e recuperar a identidade da defesa campeão do Super Bowl 50, a franquia do Colorado sabe que terá um trabalho árduo pela frente.

“Se eu falar que não serei paciente, vocês e todo mundo vão dizer que vou tomar decisões de curto prazo que não serão benéficas a longo prazo. Acredito que o que temos que fazer é sair e avaliar esse time, descobrir onde precisamos de ajuda. Fazer algumas decisões para o futuro, não só para hoje. Não espero ter campanha de 4-12 ou 5-11, pensando que estamos em reformulação. Mas temos que perceber que daqui a dois ou três anos, o que fizemos na temporada de 2019 foi o que nos levou a esse ponto”, declarou o head coach Vic Fangio.

Para tirar os Broncos da mediocridade para levá-lo para um lugar de respeito, Fangio pretende aproveitar sua experiência no Chicago Bears, equipe em que foi coordenador defensivo por quatro anos sob comando de John Fox e Matt Nagy.

“Isso aconteceu nos Bears antes de eu chegar lá.  O que eles faziam era colocar band-aids em todos os problemas, esperando que eles seriam uma boa equipe no ano seguinte. Quando chegamos lá, eles eram péssimos. Eram velhos, sem talento, nada. Fui treinador em duas equipes de expansão no Carolina Panthers e no Houston Texans e nosso elenco defensivo quando fui contratado (pelos Bears) era pior que essas defesas de times de expansão”, explicou o head coach do time de Denver.

“Não podemos deixar isso acontecer aqui. Não podemos fazer tudo para ficar 8-8 agora e 3-13 em 2021. Isso significa que não pegaremos um veterano na free agency que nos ajudará por um ano ou dois? Podemos fazer isso. Mas não podemos jogar um monte de coisas na parede e espera que isso cole”, completou Fangio.

Comments
To Top