NFL

Vance Joseph: alegações de agressão sexual de 2004 “são falsas”

Vance Joseph, técnico do Denver Broncos

(Crédito: Instagram/reprodução)

Vance Joseph, head coach do Denver Broncos, disse a um jornal de Denver que as alegações de uma agressão sexual em 2004, que ressurgiram após ele ser contratado na semana passada, “são falsas”.

Na última semana, o ‘Boulder Daily Camera’ publicou detalhes de um relatório policial de 2004 que mostrou que Joseph foi acusado de agredir sexualmente duas treinadoras quando ele treinava os defensive backs da University of Colorado.

Na época, uma das mulheres disse que não queria fazer uma denúncia e a outra se recusou a ser entrevistada pela polícia, o que causou o encerramento do caso.

Em entrevista com o ‘Denver Post’, Joseph afirmou que as alegações “são falsas”.

“Isso foi resolvida há muito tempo. Para mim, para minha família, para o Denver Broncos, eu estou desapontado e envergonhado. Eu era um jovem, isso mostrou minha imaturidade e irresponsabilidade na vida quando eu era mais jovem. Mas eu cresci muito e é por isso que estou decepcionado, porque eu cresci tanto como uma pessoa, como treinador, pai e marido. Todos que me conhecem sabem que eu tento viver da maneira correta e lamento que meu nome esteja ligado a isso”.

Joseph havia informado John Elway, general manager e vice-presidente de operações, e Joe Ellis, presidente e CEO, das alegações na última semana.

Patrick Smyth, vice-presidente de relações públicas dos Broncos, disse em declaração: “embora estivéssemos cientes dessas acusações, ele não foi acusado de nada e o caso foi arquivado em 2004”.

Comments
To Top