NFL

Tyrann Mathieu se diz emocionado após morte de Will Smith e revela ameaças

(Crédito: Twitter/reprodução)

(Crédito: Twitter/reprodução)

Um dos jogadores que mais se manifestou depois da trágica morte de Will Smith foi Tyrann Mathieu. O defensive back do Arizona Cardinals, que é nascido em Nova Orleans, utilizou seu Twitter para criticar o acusado pelo assassinato do ex-defensive end e falou mais sobre o caso nesta segunda-feira (11), em participação no programa NFL Total Access, da ‘NFL Network’.

O defensor não escondeu que ficou muito emocionado com o falecimento de Smith e ainda ‘jogou luz’ sobre os crescentes problemas de violência em sua cidade.

“Nova Orleans é um grande lugar, um lugar de celebração. Mas, por outro lado, há uma realidade, há violência, há jovens desorientados. Não há estrutura, não há programas, não há nada para essas crianças fazerem depois da escola, além de ficarem nas esquinas com membros de gangues, traficantes e essas são as pessoas em quem elas começam a se espelhar. Então, para mim, eu vou continuar a falar e vou continuar a aumentar a conscientização sobre isso”, declarou Mathieu a Dan Hellie, da ‘NFL Network’.

Pelo Twitter, Tyrann Mathieu também criticou o descaso das autoridades com esses problemas da cidade e ele mantém sua postura.

“Eu não me arrependo de nada do que disse, qualquer tweet que eu publiquei. Eu sou um cara de 23 anos de idade muito consciente. Eu tento falar de um lugar de compreensão e, na maioria das vezes, estou falando de um lugar de experiência. Eu não volto atrás com nada do que disse. Tudo o que eu falei foi 100% verdade. A violência em Nova Orleans está em erupção e continua a crescer em um ritmo alarmante”, prosseguiu. “Acho que a morte de Will Smith desencadeou minhas emoções. Não se trata de um incidente. Isso acontece várias vezes e, na maioria do tempo, é ignorado”, pontuou.

Segundo Mathieu, a cultura na cidade regrediu ao ponto em que “muitas pessoas acham que matar é uma coisa legal”. O defensive back dos Cardinals quer utilizar sua fama para fazer a diferença na comunidade, que ele admite ter medo de visitar atualmente devido à crescente violência.

“Apenas alguns de nós que têm a chance de fazer isso. Mesmo eu, se você olhar para trás na minha história, eu bati minha cabeça tantas vezes e a maioria dessas coisas foram decisões pessoais que eu tomei, era uma cultura que criou essas decisões. Eu pensava que tudo o que eu estava fazendo era OK. Eu achava que fumar maconha era OK”, apontou. “E eu pensei que poderia sair por puro talento, então temos que redirecionar, reestruturar essas crianças para pensarem que essas coisas não são mais legais. Ir para a escola é legal, ser responsável é legal. Essas são as coisas legais para se fazer”, observou.

Tyrann Mathieu falou mais sobre suas ideias para dar mais opções à juventude de Nova Orleans.

“Realmente tem a ver com quem mantemos próximos a nós. Como eu disse, a maioria destas crianças, elas ficam perto das pessoas erradas. Elas crescem e criam esses maus hábitos. Para mim, trata-se de chegar até elas, levando-as a entender isso, formulando um plano legítimo, um plano honesto para essas crianças, e uma estratégia para que nós não percamos elas no processo. Porque essas crianças são nosso futuro”, falou o defensor. “Há muito talento em Nova Orleans. Eu não sou o cara mais talentoso a sair de Nova Orleans. Há caras que são mais talentosos do que eu que desistiram deles mesmos. Então, se eu posso dar uma mão e fazer com que esses caras acreditem neles mesmos, mostrar a esses caras o panorama geral, que ir à escola é a coisa certa, que tirar boas notas é a coisa certa, desistindo das drogas e realmente focando em você mesmo, em sua família e essas pessoas que realmente se preocupam com você. Acho que se eu posso chegar até uma criança, então eu posso chegar a mil delas”, finalizou.

O safety dos Cardinals também participou do programa Rich Eisen Show nesta segunda (11) e lá ele revelou ter recebido ameaças depois de ter criticado Cardell Hayes, a quem ele chamou de “covarde”.

“Eu conheço o cara pessoalmente e, Rich, não é realmente para mim colocar o assunto pessoal dele no ar. Porque, quando eu fui ontem e chamei ele de covarde, eu recebi ameaças de morte de caras em Nova Orleans, de seus parentes. E eu estou pensando comigo mesmo: ‘o que vocês querem de mim? Eu só estou aqui para falar a verdade'”, confessou Mathieu.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


Copyright © 2015 The Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top