NFL

Tyler Lockett deve ficar bem após permanência no hospital; veja boletim de lesões

Tyler Lockett, wide receiver do Seattle Seahawks

O técnico Pete Carroll, do Seattle Seahawks, disse que Tyler Lockett “deve ficar bem daqui em diante” depois que o wide receiver passou a noite de segunda (11) em um hospital de Stanford, na Califórnia, por causa de uma lesão na perna.

Carroll disse nesta terça na ‘710 ESPN Seattle’ que Lockett sofreu uma contusão grave na canela que exigiu tratamento imediato. O head coach não entrou em detalhes no sentido de uma cirurgia ter sido necessária ou não.

Apesar disso, o jornalista Tom Pelissero, da ‘NFL Network’, noticiou que Lockett não precisou passar por uma operação e que a lesão foi uma “pancada muito forte” que inchou bastante.

Uma fonte disse ao jornalista Dan Graziano, da ‘ESPN, que, como os Seahawks têm uma folga na semana 11, pode ser que o wideout não precise perder nenhum jogo.

Lockett sofreu a lesão no último quarto da vitória na prorrogação sobre o San Francisco 49ers por 27 a 24, no Monday Night Football. O recebedor não atuou no tempo extra e já estava fora do estádio sendo examinado quando a coletiva pós-jogo de Carroll começou.

O comandante dos Seahawks reiterou nesta terça que ele está confiante de que Lockett vai se recuperar da lesão e ficar bem no longo prazo.

Uma fonte disse a Brady Henderson, também da ‘ESPN’, que a permanência de Lockett na Bay Area na última segunda foi, em parte, motivada pela preocupação em relação ao inchaço na perna do atleta e como isso poderia piorar no avião. Os médicos então estavam decidindo se o camisa 16 precisaria passar uma segunda noite no hospital.

Tyler Lockett é o líder dos Seahawks em recepções (62), jardas recebidas (793) e touchdowns recebidos (seis) em 10 jogos na temporada 2019 até agora.

Em seu quinto ano na NFL, o receiver está empatado em quarto na liga em recepções e é o quinto em jardas recebidas.

Confira mais notícias de lesões ao redor da NFL nesta terça (12):

– No New York Giants, o running back Saquon Barkley está lidando com algumas lesões, mas como disse o técnico Pat Shurmur na última segunda, o atleta não será poupado. E foi isso que disse o próprio jogador nesta terça, afastando a ideia de ser desativado pelo restante da temporada para que sua saúde seja preservada no longo prazo.

“A mentalidade de me deixar de fora e me descansar pelo restante da temporada está além de mim. Não concordo com isso. Não vai acontecer. Eu vou continuar até não poder mais. Esse é o jogador que sou e farei isso pelos meus companheiros de equipe”, afirmou o RB.

O New York Giants perdeu neste final de semana para o New York Jets por 34 a 27 e, com uma campanha 2-8 até agora, está virtualmente fora da briga por uma vaga nos playoffs. Contudo, mesmo sem nada mais importante para disputar, Barkley quer ajudar a equipe, seja no desenvolvimento de Daniel Jones, seja em preparar o time para 2020.

– No Cincinnati Bengals, o tight end Drew Sample sofreu uma entorse na parte alta do tornozelo durante a derrota para o Baltimore Ravens, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. O jogador passará por mais exames para saber quanto tempo ele ficará afastado, mas o calouro selecionado na segunda rodada do draft de 2019 é um candidato à injured reserve.

– No Cleveland Browns, o status do defensive end Olivier Vernon (joelho) ainda é incerto, segundo o técnico Freddie Kitchens, que também disse que não acha que o safety Eric Murray (joelho) estará à disposição para o Thursday Night Football contra o Pittsburgh Steelers.

– No Pittsburgh Steelers, o running back James Conner (ombro) conversou com Omar Ruiz, da ‘NFL Network’, um pouco antes do treinamento. O atleta disse que está indo na direção certa para jogar e que ele treinou normalmente nesta terça.

Também nos Steelers, o wide receiver Ryan Switzer (costas), o running back Benny Snell (joelho), o fullback Roosevelt Nix (joelho) e o center Maurkice Pouncey (não relacionado a uma lesão) não treinaram. Os linebackers Anthony Chickillo (costas) e Olasunkanmi Adeniyi (quadril) treinaram de forma limitada. Já o guard Ramon Foster (concussão) treinou sem limitações, assim como Conner.

– No San Francisco 49ers, o running back Matt Breida vai buscar uma segunda opinião médica em relação ao tornozelo torcido que ele agravou durante a derrota para o Seattle Seahawks, no Monday Night Football. A informação é de Tom Pelissero, da ‘NFL Network’, que acrescentou que não parece ser uma lesão grave, mas que Breida pode ficar afastado por algum tempo para deixar o problema ser curado.

Também nos Niners, o técnico Kyle Shanahan anunciou que o left tackle Joe Staley sofreu uma fratura/deslocamento no dedo da mão e que o defensive end Ronald Blair sofreu uma ruptura no ligamento cruzado anterior e vai para a injured reserve. Se Staley decidir passar por cirurgia, ele pode ficar afastado por algumas semanas. Já o wide receiver Emmanuel Sanders (costelas) foi anunciado como uma possível decisão antes do jogo para a semana 11.

– O Baltimore Ravens colocou o defensive lineman Daylon Mack na injured reserve com uma contusão no joelho, segundo Tom Pelissero, da ‘NFL Network’.

– No Oakland Raiders, o defensive back Lamarcus Joyner deve ficar afastado por algumas semanas devido a uma lesão no músculo posterior da coxa, de acordo com Tom Pelissero, da ‘NFL Network’. A contusão não deve encerrar a temporada do defensor precocemente.

– O Los Angeles Rams colocou o center Brian Allen (ligamento colateral medial) e o linebacker Bryce Hager (ombro) na injured reserve.

– O New York Jets colocou o right guard Brian Winters (ombro) e o tight end Chris Herndon (costela) na injured reserve.

– O Detroit Lions anunciou a ida do defensive tackle Kevin Strong para a injured reserve.

Comments
To Top