NFL

Tua Tagovailoa diz que está 100% e poderia jogar hoje; veja boletim

O quarterback Tua Tagovailoa, ex-Universidade de Alabama e um dos principais jogadores para o draft de 2020 da NFL, afirmou nesta quarta-feira (1) que seu quadril operado está completamente saudável e que ele poderia pisar em um campo de futebol americano e competir a todo vapor de maneira imediata.

“Eu me sinto 100%. Sinto que, se houvesse um jogo hoje, seria capaz de sair e me apresentar da mesma maneira que em anos anteriores. Me sinto o mais móvel possível. Me sinto 100%”, disse Tagovailoa, em uma entrevista exclusiva à ‘NFL Network’.

Chris Cabott, agente de Tagovailoa, disse ao ‘Yahoo Sports’ nesta semana que os médicos do QB liberaram clinicamente o atleta, sem restrições.

Devido ao problema gerado pela pandemia do novo coronavírus, os times não podem mandar seus próprios médicos e preparadores para examinar qualquer um dos prospectos do draft e free agents. E isso tem criado um certo receio, tanto entre as equipes quanto entre os jogadores.

Ainda assim, Tagovailoa deve ser um dos primeiros escolhidos no draft e o segundo quarterback selecionado, atrás apenas de Joe Burrow, de LSU, que deve ir para o Cincinnati Bengals com a primeira escolha geral.

Tagovailoa disse que sua agência tem fornecido aos times da NFL todas as informações médicas atualizadas e até mandou gravações de alguns dos treinos do jogador, que têm sido realizados em Nashville, no Tennessee, sob a tutela do ex-quarterback Trent Dilfer.

Confira mais movimentações importantes na NFL nesta quarta (1):

– O preço desejado pelo defensive end Jadeveon Clowney caiu em, pelo menos, US$ 2 milhões dos mais de US$ 20 milhões por temporada que o pass rusher vinha buscando. A informação foi apurada por Dianna Russini, da ‘ESPN’ norte-americana, nesta quarta.

Clowney agora está buscando um contrato de cerca de US$ 17 milhões ou US$ 18 milhões por ano. E o Seattle Seahawks e o Tennessee Titans seguem “interessados” em fechar com o defensor, três vezes selecionado ao Pro Bowl.

Jon Robinson, general manager dos Titans, afirmou nesta quarta que o time tem mantido contato com os agentes de Clowney.

“Há muitos negócios que precisam ser feitos ao longo do ano da liga. Estamos trabalhando com alguns caras no final da free agency. Eu diria que ainda estamos trabalhando nisso e olhando para os caras que ainda estão disponíveis. Não sei se terminamos, mas não sei que haverá uma enxurrada de movimentos aqui. Chegamos à base da representação de Clowney e estamos vendo e navegando para onde ela pode estar”, observou.

Clowney, que foi trocado pelo Houston Texans com o Seattle Seahawks antes da temporada 2019, teve um impacto imediato na defesa dos Seahawks. Apesar de ter somado apenas três sacks em 13 jogos, ele foi constantemente o melhor jogador de linha defensiva de Seattle. Ele marcou dois touchdowns. E somou mais 1,5 sacks nos dois jogos de playoffs dos Seahawks.

– O New England Patriots anunciou a dispensa do quarterback Cody Kessler e isso deixa apenas Brian Hoyer e Jarrett Stidham no grupo de QBs do time de Foxborough. Isso indica que a franquia deve adicionar um signal caller através do draft ou da free agency.

Kessler passou a maior parte da temporada 2019 nos Pats, mas não teve nenhuma estatística de jogo.

– O San Francisco 49ers dispensou o offensive lineman Mike Person, como anunciou a equipe. Person foi titular em 14 jogos na temporada passada com a camisa dos atuais campeões da Conferência Nacional (NFC) e foi titular em 30 partidas em sua passagem de dois anos pela franquia californiana.

– O center David Andrews, do New England Patriots, perdeu toda a temporada 2019 da NFL depois de ser diagnosticado com coágulos de sangue nos pulmões. Mas, agora, o jogador está se preparando para seu retorno.

O offensive lineman de 27 anos de idade disse ao ‘24/7 Sports’ que tentou lutar contra os coágulos sanguíneos no pulmão antes de ser hospitalizado em agosto do ano passado.

“Eu estava lidando com algumas dores no peito e respirando com dificuldade, comecei a tossir sangue no primeiro dia em que nos apresentados ao training camp. Tudo isso foi em parte minha culpa, apenas sendo burro e empurrando isso. Eu pensei que estava doente e realmente não me sentia como eu mesmo. Não era como se eu estivesse tendo um camp ruim. Eu simplesmente não estava tendo um camp consistente”, disse na entrevista.

– O Tennessee Titans fechou um novo contrato de um ano, com valor de até US$ 3,5 milhões, com o outside linebacker Kamalei Correa, segundo Tom Pelissero, da ‘NFL Network’. Correa somou cinco sacks com a camisa dos Titans em 2019.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top