NFL

Três heróis e três vilões do sábado e domingo de semana 16 da NFL

Ponto final na penúltima semana da temporada regular 2019 da National Football League. E tivemos um final de semana de muitos jogos emocionantes e movimentados. Agora, chegou a hora de escolhermos os três heróis e três vilões do domingo de semana 16.

Isso já é tão tradicional quanto Patrick Mahomes lançando passes para TD.

Bruno Bataglin, nosso editor de NFL e um fofo, é responsável por selecionar os três que deram show na rodada deste domingo. Já Miguel Amado, apresentador do Quinto Quarto Expresso e faz-tudo (inclusive modelo de lingerie), é o cara dos vilões, um verdadeiro detonador de honras.

Eventualmente, também damos espaço para algumas menções honrosas.

PS: sinta-se livre para discordar, concordar e nos xingar (mas com carinho) através do nosso Instagram, Twitter ou via sinal de fumaça. O importante é o seu feedback.

Então, sem ficar com muito mais papinho pois seu tempo é precioso, vamos lá…

HERÓIS DO DOMINGO DE SEMANA #16

Por Bruno Bataglin

  • Lamar Jackson

O quarterback do Baltimore Ravens é realmente o cara. E, na vitória por 31 a 15 sobre o Cleveland Browns, que garantiu a campanha número 1 da Conferência Americana (AFC), o camisa 8 deu show.

Ele conectou 20 passes de 31 para 238 jardas e três touchdowns, fechando a partida com um passer rating de 120.1. Não bastasse isso, o principal candidato ao prêmio de MVP correu 17 vezes para 103 jardas na partida.

Com tais estatísticas no duelo contra os Browns, Lamar se tornou o único jogador na história da NFL com pelo menos 3.000 jardas de passe e 1.000 jardas corridas em uma única temporada.

De quebra, os três passes para TD o deixaram com 36 na temporada, ultrapassando Vinny Testaverde (33 em 1996) na maior quantidade em uma única temporada na história dos Ravens.

  • Michael Thomas

Não fosse um tal de Lamar Jackson, talvez esse aqui seria o principal candidato ao prêmio de MVP nesta altura da temporada. O alvo principal do quarterback Drew Brees é outro que vem cravando seu nome nos livros de história da NFL.

Na vitória por 38 a 28 do New Orleans Saints sobre o Tennessee Titans, o wideout fez 12 recepções para 136 jardas e um touchdown.

De quebra, com sua 11ª recepção contra os Titans, Thomas ultrapassou o recorde de Marvin Harrison de maior número de recepções em uma única temporada na história da NFL, que era de 143.

  • Kenyan Drake

O Arizona Cardinals já não briga mais por vaga nos playoffs, mas o time conseguiu complicar a vida do seu rival de divisão Seattle Seahawks, que está na briga por uma das melhores campanhas da Conferência Nacional (NFC). E Kenyan Drake ajudou bastante na vitória surpreendente por 27 a 13 dos Cards.

O camisa 41 correu 24 vezes para 166 jardas e dois touchdowns, ainda acrescentando três recepções para 18 jardas.

As 166 jardas terrestres foram a maior marca da carreira do ex-running back do Miami Dolphins em uma única partida.

Menção honrosa:

  • Saquon Barkley

Se o New York Giants estivesse brigando por algo relevante ainda na temporada ou tivesse pegado um rival que ainda estivesse jogando por algo, Saquon Barkley estaria entre os três heróis desta semana. Isso porque ele teve uma atuação incrível na vitória por 41 a 35 sobre o Washington Redskins, em duelo entre dois eliminados da disputa por playoffs.

O running back dos Giants correu 22 vezes para 189 jardas e um touchdown, além de fazer quatro recepções para 90 jardas e um TD.

Assim, ele somou 279 jardas de scrimmage na partida, maior quantidade na história do New York Football Giants. Ele quebrou o recorde anterior estabelecido por Tiki Barber de 276 na semana 17 da temporada 2002, em um triunfo sobre o Philadelphia Eagles.

VILÕES DO DOMINGO DE SEMANA #16

Por Miguel Amado

  • Jameis Winston

Ele jogou no sábado, mas vamos abrir uma exceção aqui. Com menos de um minuto de jogo contra o Houston Texans, o nosso grande Jameis já tinha uma pick six. Ele ainda teve mais três interceptações em um jogo que terminou com três pontos de diferença. São 28 interceptações na temporada, um número absurdo que é claro que tem erros de recebedores e bolas que são rebatidas e interceptadas. Mas isso acontece com todos. Só o camisa 3 do Tampa Bay Buccaneers tem quatro jogos na temporada com três ou mais INTs.

  • Jason Garrett + Freddie Kitchens

Este domingo foi talvez o ato final de Garrett e Kitchens. Sim, ainda tem a semana 17, mas Kitchens e seus Browns já não disputam mais nada e o grande jogo para os Cowboys era este contra os Eagles. Falar que um treinador é ruim em um esporte que demanda tanto conhecimento e quem está escrevendo não é um gênio do esporte sempre parece pretensioso.

Mas há sinais que são inegáveis: equipes indisciplinadas (especialmente os Browns), completamente irregulares (Cowboys no ataque) e que perdem partidas nos minutos finais por decisões discutíveis (ambas) tem os sintomas clássicos de falta de comando. É provável que ambos estejam procurando empregos nos próximos meses, o que nunca é legal, mas não dá para dizer que não é merecido.

  • Seattle Seahawks

Que porr$¨( esse time está fazendo? Sim, eu sei que o time teve lesões nesta semana, mas a equipe levou uma sova do Arizona Cardinals, fazendo nossa aposta de +9,5 entrar com facilidade. Os Seahawks não são mal treinados, mas é difícil encontrar razões para a equipe não saber ganhar fácil e entregar alguns jogos sem justificação.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top