NFL

Trent Williams revela câncer e expõe motivo de briga com Redskins; veja mais movimentações

Trent Williams, left tackle do Washington Redskins

O left tackle Trent Williams, do Washington Redskins, revelou aos repórteres nesta quinta-feira (31) que ele teve um crescimento cancerígeno removido de sua cabeça que não foi diagnosticado por cerca de seis anos.

Falando diretamente do vestiário dos Redskins, dois dias depois de encerrar seu boicote (que estava durante toda a temporada) e se reapresentar ao time, Williams falou bastante sobre seus problemas de saúde e foi enfático ao dizer que o tumor foi mal diagnosticado pela equipe médica dos Redskins.

“Sabe, eu acho que alguém dedicou um tempo, realmente percebeu e tentou ver o que realmente estava acontecendo lá. O futebol americano é mais importante. E quero dizer que, para mim, era mais importante. Me disseram que era algo menor, então não os questionei. Então, o caroço continuou a crescer ao longo dos anos. Era preocupante, mas não havia dor envolvida. Sabe, se as pessoas importantes nas quais eu coloco minha carreira nas mãos me dizem que estou bem, então estou bem. Foi assim que olhei para isso”, observou.

Os Redskins emitiram o seguinte comunicado na noite desta quinta, pedindo por uma revisão dos registros médicos e dos cuidados dados a Trent Williams:

“O Washington Redskins solicitou que o Conselho de Administração da NFL convocasse um comitê conjunto com a NFLPA para revisar os registros médicos e os cuidados médicos prestados a Trent Williams. Nós solicitamos essa revisão sob o Acordo Coletivo de Trabalho da NFL, que prevê uma revisão de uma terceira parte independente dos cuidados médicos de qualquer jogador da NFL. Os Redskins continuam a priorizar a saúde e bem-estar de nossos jogadores e funcionários. Devido aos regulamentos de saúde e privacidade, não podemos comentar mais neste momento. Estamos ansiosos pelos resultados do comitê conjunto”.

Foi apenas nesta última offseason, segundo Williams, que ele conseguiu que os Redskins “finalmente olhassem para isso”, acreditando que o problema era um cisto. Depois que o crescimento foi removido, o atleta descobriu que era realmente uma forma rara de câncer nos tecidos moles.

Segundo o jornal ‘The Washington Post’, Williams disse que o crescimento foi removido semanas antes de ele ter chegado ao seu cérebro e se tornar algo que ameaçasse sua vida. O tackle ainda acrescentou que ele terá que checar isso a cada seis meses para assegurar que o tumor não voltará.

Williams, que foi alvo de especulações de troca até o prazo final desta última terça, retornou ao time nesta semana, mas ainda não treinou depois de não passar em um teste físico devido ao desconforto com seu capacete.

Em outras notícias do DM dos Redskins, o quarterback Case Keenum (concussão) treinou de forma limitada novamente, enquanto que os running back Adrian Peterson (tornozelo) e Chris Thompson (dedo do pé) perderam o treinamento pelo segundo dia seguido.

Confira mais notícias de lesões e transações na NFL nesta quinta (31):

– O quarterback Tom Brady, do New England Patriots, não foi listado no relatório de lesionados nesta quinta, depois de treinar de forma limitada na última quarta devido a um problema no ombro direito.

Essa é uma boa notícia para os Patriots antes do Sunday Night Football complicado contra o Baltimore Ravens, fora de casa.

Em oito jogos como titular na temporada 2019, Brady vem tendo números razoáveis para seus padrões, mas ainda assim não tem do que reclamar: são 64,7% dos passes completados para 2.251 jardas, 13 touchdowns e quatro interceptações, além de três TDs corridos.

E essas estatísticas foram somadas mesmo com um corpo de wide receivers bastante limitado nesta metade inicial de temporada, tanto devido às lesões quanto outros problemas.

Em outras notícias do DM dos Patriots, os seguintes jogadores foram listados como participantes limitados no treino desta quinta: o running back Rex Burkhead (pé), o safety Patrick Chung (calcanhar/peito), o wide receiver Julian Edelman (peito/ombro), os tight ends Ryan Izzo (concussão) e Matt LaCosse (joelho), e o guard Shaq Mason (tornozelo).

Josh Gordon é oficialmente dispensado – Como já era esperado, os Patriots dispensaram oficialmente o wide receiver Josh Gordon, como noticiou o jornalista Tom Pelissero, da ‘NFL Network’, na tarde desta quinta.

Gordon agora está sujeito ao sistema de waivers, depois de ter sido cortado diretamente da injured reserve. Assim, o recebedor pode ter os direitos sob seu contrato reivindicados por um time a partir desta sexta-feira.

Atualmente com 28 anos de idade, Gordon vinha lidando com uma lesão no joelho e ele saiu do jogo contra o New York Giants, na semana 6, com a contusão. Gordon foi colocado na IR na quarta-feira da semana passada.

Em seis jogos com a camisa da franquia de Foxborough nesta temporada, Gordon fez 20 recepções para 287 jardas e um touchdown. Agora, ele buscará novos ares.

– O Denver Broncos recebeu notícias nesta quinta relacionadas ao seu quarterback titular. Depois de receber uma segunda opinião médica, a franquia do Colorado acredita que Joe Flacco ficará afastado por seis semanas, pelo menos, devido a uma lesão no pescoço sofrida na semana 8. A informação é de Tom Pelissero, da ‘NFL Network’.

Assim, é bem provável que o signal caller acabe indo para a injured reserve, como acrescenta Pelissero, o que significaria o fim de sua temporada 2019.

Contudo, ainda que as coisas estejam caminhando para uma ida à IR, Flacco continuará a buscar mais opiniões médicas relacionadas ao seu pescoço, de acordo com Pelissero.

Vic Fangio, head coach dos Broncos, disse aos repórteres que eles terão uma noção melhor até o final da semana em relação a Flacco ir ou não para a IR. O camisa 5 já havia sido descartado para o jogo deste final de semana contra o Cleveland Browns.

Ainda que seu status para a temporada 2019 seja incerto, Flacco não parece estar com a sequência de sua carreira profissional ameaçada, como apurou Ian Rapoport, também da ‘NFL Network’, mais cedo nesta semana.

Também nos Broncos, o linebacker Von Miller (joelho) treinou de forma limitada nesta quinta, depois de não participar dos treinos de quarta.

– No Oakland Raiders, o running back Josh Jacobs (ombro) treinou de maneira limitada pelo segundo dia consecutivo nesta quinta, enquanto que o wide receiver Tyrell Williams (pé) voltou a participar das atividades sem limitações. O defensive tackle P.J. Hall (ombro) foi adicionado ao relatório de lesionados.

– No Arizona Cardinals, os running backs Chase Edmonds e David Johnson, o wide receiver Damiere Byrd, o safety Charles Washington, o tackle Justin Murray e os defensive linemen Michael Dogbe e Zach Allen ficaram entre os inativos para o Thursday Night Football contra o San Francisco 49ers.

– No San Francisco 49ers, o linebacker Kwon Alexander (peito) saiu durante o último quarto da vitória por 28 a 25 sobre o Arizona Cardinals e foi descartado para o restante da partida. Ele passará por uma ressonância magnética nesta sexta. O tight end George Kittle (joelho/tornozelo) e o defensive lineman Arik Armstead (garganta) saíram de campo durante o jogo desta noite.

O wide receiver Marquise Goodwin, o cornerback Ahkello Witherspoon, o fullback Kyle Juszczyk, o defensive tackle Julian Taylor, o quarterback C.J. Beathard e os offensive tackles Joe Staley e Mike McGlinchey ficaram entre os inativos para o TNF contra os Cardinals.

– No Tennessee Titans, o defensive tackle Jurrell Casey não treinou pelo segundo dia consecutivo com uma lesão no ombro. O wide receiver calouro A.J. Brown (virilha) foi adicionado ao relatório de lesionados e treinou de forma limitada.

– No Los Angeles Chargers, o wide receiver Keenan Allen (músculo posterior da coxa) e o left tackle Russell Okung (panturrilha) treinaram normalmente nesta quinta, depois de participarem de forma limitada das atividades de quarta.

– No Kansas City Chiefs, o defensive tackle Chris Jones (virilha) treinou normalmente depois de participar de forma limitada na quarta. O quarterback Patrick Mahomes (joelho) e o cornerback Kendall Fuller (polegar) treinaram de forma limitada novamente. Já o defensive end Frank Clark segue afastado com uma lesão no pescoço.

– No Pittsburgh Steelers, o running back Benny Snell (joelho) recentemente passou por cirurgia para reparar o menisco, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. O jornalista acrescenta que foi um pequeno procedimento que deve manter Snell afastado por um período entre duas e três semanas.

Também nos Steelers, o running back James Conner (ombro) e o guard Ramon Foster (concussão) não treinaram novamente, enquanto que o center Maurkice Pouncey (panturrilha) treinou normalmente, após ser poupado das atividades de quarta.

– No Minnesota Vikings, o wide receiver Adam Thielen (músculo posterior da coxa) treinou de forma limitada pelo segundo dia consecutivo.

– No Philadelphia Eagles, o linebacker Nigel Bradham (tornozelo), o guard Brandon Brooks (doença) e o tackle Jason Peters (joelho) não treinaram nesta quinta, enquanto que o wide receiver DeSean Jackson (abdômen) e o defensive tackle Tim Jernigan (pé) treinaram de forma limitada.

– No New York Jets, o safety Jamal Adams foi adicionado ao relatório de lesionados com um problema no pé e treinou de forma limitada nesta quinta. Vários jogadores não treinaram: o wide receiver Josh Bellamy (pé/ombro), o linebacker Neville Hewitt (pescoço/joelho), o cornerback Trumaine Johnson (tornozelos), o center Ryan Kalil (joelho/cotovelo) e o safety Rontez Miles (pescoço/quadril).

Entre os participantes de forma limitada estavam: o left tackle Kelvin Beachum (tornozelo), o tight end Chris Herndon (músculo posterior da coxa) e o offensive lineman Brian Winters (ombro/joelho).

– No Green Bay Packers, o wide receiver Davante Adams (dedo do pé), o tackle Bryan Bulaga (dedo da mão), o tight end Jimmy Graham (tornozelo), o running back Aaron Jones (ombro) e o wide receiver Marquez Valdes-Scantling (tornozelo/joelho) treinaram de forma limitada nesta quinta.

– No Cleveland Browns, o wide receiver Odell Beckham Jr. (virilha) treinou de forma limitada pelo segundo dia consecutivo.

– No Houston Texans, o wide receiver Will Fuller (músculo posterior da coxa), o safety Tashaun Gipson Sr. (costas/punho), o cornerback Lonnie Johnson Jr. (músculo posterior da coxa), o offensive lineman Greg Mancz (concussão) e o cornerback Bradley Roby (músculo posterior da coxa) não estarão com o time em Londres para o jogo de domingo contra o Jacksonville Jaguars.

– No Jacksonville Jaguars, o guard Andrew Norwell não treinou devido a uma lesão na panturrilha.

Comments
To Top