NFL

Travis Frederick afirma que pescoço está OK; veja boletim de lesões

Travis Frederick, center do Dallas Cowboys

(Crédito: Twitter/reprodução)

Depois de sentir algumas fisgadas na região ao longo dos treinos dos últimos dias, Travis Frederick, center do Dallas Cowboys, consultou-se com o Dr. Robert Watkins, especialista em pescoço e coluna, em Los Angeles, para assegurar que não estava lidando com um problema mais severo. E o offensive lineman recebeu boas notícias.

“Especificamente porque as fisgadas lidam com seu pescoço, e isso é algo que eu acho que é uma parte muito importante do seu corpo. Então, eu apenas me certifiquei de que estava a salvo a longo prazo”, declarou Frederick.

O center dos Cowboys confirmou que Watkins deixou claro que não havia outros problemas. E, como o time texano está treinando no sul da Califórnia, não muito longe dos escritórios de Watkins, Frederick frisou que esse era o momento certo para se consultar com o especialista.

Frederick disse não ter certeza de quando vai voltar a treinar. Assim, parece bastante provável que ele não vá atuar no sábado (18) contra o Cincinnati Bengals, em jogo válido pela semana 2 da pré-temporada da NFL.

Os Cowboys fazem o último treino em Oxnard nesta quinta e depois voltam para casa para o jogo contra os Bengals, que será no AT&T Stadium, casa da equipe do Texas. Os Cowboys então folgam no domingo e fazem seu primeiro treino de verão no The Star, seu centro de treinamento em Frisco, no Texas.

Frederick observou que descanso é a melhor terapia para seu problema neste momento.

“É como qualquer outra lesão: quando você tem uma inflamação, você tem que tirar a inflamação de lá, e então tudo bem. Algo que já está inflamado e você bate de novo continua a ficar inflamado”, ressaltou.

Em outras notícias do departamento médico dos Cowboys, o wide receiver Tavon Austin (músculo posterior da coxa) e o linebacker calouro Leighton Vander Esch (virilha) saíram mais cedo do treino desta quarta. Apesar disso, Jerry Jones, proprietário e general manager dos Cowboys, disse aos repórteres que as lesões “não pareceram sérias”.

Confira outras notícias de lesões na NFL nesta quarta (15):

– O defensive end Alex Okafor, do New Orleans Saints, foi diagnosticado com uma entorse no tornozelo e uma contusão óssea no joelho depois de passar por uma ressonância magnética nesta quarta-feira. A informação foi apurada pelo jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

Okafor será avaliado semana a semana e não se sabe quando ele poderá voltar a treinar, como acrescenta Rapoport.

Membros da comissão técnica dos Saints rapidamente cuidaram de Okafor depois que ele foi ao chão durante o treino desta quarta. Ele conseguiu sair do campo andando por conta própria, segundo relatos de membros da imprensa.

Okafor está tentando retornar de uma ruptura no tendão de Aquiles sofrida durante a semana 11 da temporada 2017 da NFL.

Também nos Saints, o defensive end calouro Marcus Davenport, que perdeu os treinos recentes devido a uma lesão não especificada, voltou às atividades nesta quarta, mas não participou dos treinos coletivos, segundo o jornalista Mike Triplett, da ‘ESPN’.

– O New York Jets está adotando uma postura cautelosa com o guard Brian Winters, que está se recuperando de lesão, e ele não deve atuar nesta quinta, em jogo de pré-temporada contra o Washington Redskins, de acordo com Ian Rapoport. Winters, que lidou com uma lesão abdominal na temporada passada, deve estar pronto para a temporada regular de 2018.

– O running back Rashaad Penny, calouro do Seattle Seahawks, passou por uma cirurgia nesta quarta-feira para reparar uma fratura em um dedo da mão. O procedimento cirúrgico deve manter o jogador afastado das atividades por um período entre três e quatro semanas, de acordo com Ian Rapoport, e há uma chance de o atleta não estar pronto para a semana 1 da temporada regular.

– O cornerback Gareon Conley, do Oakland Raiders, disse aos jornalistas que ele espera jogar no sábado contra o Los Angeles Rams. Ele vem se recuperando de um problema no quadril.

– No Denver Broncos, o cornerback Chris Harris sofreu uma distensão em um músculo oblíquo no treino de terça e foi mantido de fora das atividades desta quarta, segundo o jornalista James Palmer, da ‘NFL Network’. O time espera que ele possa voltar no jogo contra o Chicago Bears, no sábado, válido pela semana 2 da pré-temporada.

Comments
To Top