NFL

Torcedor que mirou laser em Tom Brady é banido de jogos da NFL

Tom Brady, quarterback do New England Patriots

(Crédito: Twitter/reprodução)

O torcedor que mirou um laser no quarterback Tom Brady, do New England Patriots, durante a final da Conferência Americana (AFC) foi identificado, preso e banido dos jogos do Kansas City Chiefs no Arrowhead Stadium de forma vitalícia. Ele também vai enfrentar acusações da promotoria de Kansas City.

A informação foi apurada neste domingo (3) pelo jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

Depois que uma estação de televisão de Kansas City mostrou um torcedor lançando um laser sobre Brady, oficiais dos Chiefs rapidamente trabalharam para identificar a pessoa utilizando videotape e testemunhas oculares.

“Há muito orgulho em Kansas City, e nós e nossos torcedores pensaram: ‘você não faz isso aqui’”, falou um funcionário dos Chiefs à ‘ESPN’.

O departamento de polícia de Kansas City inicialmente queria fichar o torcedor por conduta desordeira, mas os funcionários dos Chiefs não acharam que essa acusação era forte o suficiente e, em vez disso, pressionaram pela “penalidade mais dura possível”, segundo uma fonte.

Os Chiefs querem que esse incidente impeça os torcedores de apontarem um laser aos jogadores em jogos futuros, uma violação que tem desdobramentos mais sérios do que muitos imaginam.

Desde a final da AFC, no mês passado, membros das forças armadas entraram em contato com Brady para informá-lo que os lasers que brilharam perto do seu rosto podem causar danos irreversíveis aos olhos, de acordo com outra fonte.

Um dia depois da vitória dos Patriots sobre os Chiefs, na prorrogação, um porta-voz da NFL confirmou que a liga iria investigar o incidente. Um cameraman da estação ‘KMBC’, de Kansas City’, gravou o vídeo em que um ponto de luz verde aparece perto do rosto de Brady.

Lasers são proibidos em jogos da NFL e a equipe de segurança do Super Bowl LIII vai ficar de olho para evitar que eles entrem no Mercedes-Benz Stadium, em Atlanta.

Comments
To Top