NFL

Tom Savage sai de jogo dos Texans com concussão; veja boletim de lesões

Tom Savage, quarterback do Houston Texans

(Crédito: Twitter/reprodução)

O quarterback Tom Savage, do Houston Texans, tomou uma pancada forte durante a derrota por 26 a 16 para o San Francisco 49ers que o deixou no chão tendo espasmos na mão. Porém, ele foi liberado para voltar ao campo logo depois.

Uma série ofensiva mais tarde, Savage foi levado ao vestiário e, posteriormente, foi descartado para o restante da partida devido a uma concussão.

Bill O’Brien, técnico dos Texans, disse após a partida que Savage foi examinado imediatamente após a pancada, mas acabou sendo liberado pelo neurologista independente para voltar ao jogo. Contudo, após a série ofensiva seguinte, o quarterback foi examinado de novo e foi determinado que o camisa 3 tinha que sair do jogo.

“(Eles) fizeram a determinação de que ele estava bem. Não eu, obviamente, os avaliadores fizeram a determinação de colocá-lo de volta no jogo. Ele voltou ao jogo, saiu e eles o avaliaram um pouco mais por causa do que viram”, afirmou o head coach. “O que quer que (os avaliadores) veem e os testes que fazem, eles tentam tomar a melhor decisão com o jogador e eles não ficaram satisfeitos com os resultados do segundo teste, e foi quando ele foi mandado ao vestiário”, completou O’Brien.

Ian Rapoport, jornalista da ‘NFL Network’, noticiou na noite deste domingo que a liga iniciou uma revisão de todos os aspectos relacionados ao protocolo de concussão no que diz respeito a Savage.

Savage tomou uma pancada violenta dada pelo defensive end Elvis Dumervil, dos Niners, durante um passe incompleto em situação de terceira descida. O QB dos Texans pareceu ter problemas para se levantar e parecia atordoado, com suas mãos levemente tremendo (veja o vídeo abaixo).

O signal caller foi examinado na tenda médica por menos de três minutos, então voltou ao jogo para uma série ofensiva na qual lançou dois passes incompletos. Então ele foi mandado ao vestiário com dois minutos remanescentes no segundo quarto e foi substituído por T.J. Yates.

Depois de tomar a pancada, Savage passou um tempo falando com a equipe médica dos Texans. Antes da série ofensiva seguinte de Houston, um funcionário do time segurou o quarterback pela camisa e pelo braço enquanto ele tentava entrar em campo. O QB foi visto discutindo com o funcionário antes de ser levado ao vestiário.

O fato de Savage ter sido liberado para retornar ao campo gerou uma grande raiva em Chris Nowinski, CEO fundador da Concussion Legacy Foundation e codiretor do Centro para Estudo da Encefalopatia Traumática da Universidade de Boston.

“Nojo de o Houston Texans ter permitido que Tom Savage retornasse ao jogo após duas jogadas depois de mostrar esses horríveis sinais de concussão (isso é uma convulsão?) depois de um impacto na cabeça. Eu não deixaria meu pior inimigo passar pelo protocolo de concussão da NFL na lateral do campo em 2017…”, escreveu no Twitter.

Antes de sair por definitivo do jogo, Savage acertou seis passes de 12 para 63 jardas. Já T.J. Yates, que o substituiu, fechou a partida com 14 passes certos de 26 para 175 jardas e dois touchdowns.

Também nos Texans, o offensive tackle Kendall Lamm sofreu uma concussão durante a primeira metade de jogo.

Confira outras notícias de lesões deste domingo (10):

– O quarterback Josh McCown, do New York Jets, foi levado ao vestiário depois de tomar uma pancada na mão no final do terceiro quarto do duelo contra o Denver Broncos. Bryce Petty entrou em campo para substituí-lo.

McCown fraturou a mão esquerda (não é a de lançamento) e o time disse após a derrota por 23 a 0 para os Broncos que mais exames vão determinar se o signal caller ficará fora do restante da temporada.

– O quarterback Nathan Peterman, calouro do Buffalo Bills, foi colocado no protocolo de concussão depois de tomar uma pancada na cabeça durante o terceiro quarto da vitória por 13 a 7 sobre o Indianapolis Colts.

Peterman fez um scramble para ganhar duas jardas e caiu para frente enquanto foi atingido pelo linebacker Antonio Morrison, dos Colts. Os companheiros de equipe de Peterman imediatamente chamaram os médicos, que levaram o calouro para a tenda médica na lateral do campo e, posteriormente, ao vestiário. O camisa 2 voltou ao jogo mais tarde.

Nathan Peterman, que foi selecionado na quinta rodada do draft de 2017, fez seu segundo jogo como titular neste domingo no lugar de Tyrod Taylor, que ficou entre os inativos devido a uma lesão no joelho.

Joe Webb, quarterback de emergência dos Bills, substituiu Peterman neste domingo.

– O defensive tackle Gerald McCoy, do Tampa Bay Buccaneers, sofreu uma lesão no ombro/bíceps durante a primeira metade do jogo contra o Detroit Lions e não voltou ao campo.

– O linebacker Bobby Wagner, do Seattle Seahawks, sofreu uma lesão no músculo posterior da coxa na partida contra o Jacksonville Jaguars e não voltou. O linebacker K.J. Wright sofreu uma concussão.

– O wide receiver Amari Cooper, do Oakland Raiders, sofreu uma lesão no tornozelo durante a primeira metade do duelo contra o Kansas City Chiefs e não retornou. O defensive end Mario Edwards Jr. sofreu uma contusão no tornozelo e também não voltou, enquanto que o tight end Clive Walford sofreu uma concussão durante a derrota para os Chiefs.

– O cornerback Kayvon Webster, do Los Angeles Rams, foi retirado do campo no primeiro quarto do jogo contra o Philadelphia Eagles, com uma lesão no tornozelo e não voltou. Segundo o jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, o defensor sofreu uma ruptura no Aquiles e não joga mais na temporada.

Também nos Rams, o cornerback Trumaine Johnson saiu do jogo para ser avaliado com suspeita de concussão.

– O quarterback Carson Wentz, do Philadelphia Eagles, saiu de campo no final do terceiro quarto do jogo contra o Los Angeles Rams com uma lesão no joelho e não voltou. O tight end Zach Ertz, dos Eagles, não entrou em campo para jogar contra os Rams.

– No Washington Redskins, o running back Byron Marshall sofreu uma lesão no músculo posterior da coxa e não voltou para o jogo contra o Los Angeles Chargers. O running back Samaje Perine sentiu um problema estomacal e o offensive tackle Trent Williams lesionou o joelho.

– O tight end Vance McDonald, do Pittsburgh Steelers, saiu do Sunday Night Football contra o Baltimore Ravens com uma lesão no ombro e não retornou.

– O cornerback Davon House, do Green Bay Packers, foi retirado de campo durante a vitória sobre o Cleveland Browns depois de lesionar as costas e não voltou.

– O safety Landon Collins, do New York Giants, não retornou durante a vitória sobre o Dallas Cowboys depois de lesionar o tornozelo.

– O quarterback Marcus Mariota sofreu uma lesão no joelho durante a segunda campanha ofensiva da derrota do Tennessee Titans para o Arizona Cardinals por 12 a 7, mas conseguiu terminar o jogo.

O offensive tackle Taylor Lewan sofreu uma lesão na lombar durante o jogo contra os Cardinals e não voltou. Ele vai passar por uma ressonância magnética nesta segunda.

– O safety Justin Simmons, do Denver Broncos, machucou o tornozelo durante a vitória sobre o New York Jets e não voltou.

– O New England Patriots descartou o defensive lineman Trey Flowers, o defensive back Brandon King e o running back Mike Gillislee para o Monday Night Football contra o Miami Dolphins.

– O Cincinnati Bengals colocou o cornerback Adam Jones na injured reserve, como anunciou a franquia no último sábado. O defensor lesionou a virilha enquanto fazia uma interceptação no jogo contra o Pittsburgh Steelers, no último Monday Night Football.

Jones encerra sua temporada 2017 com nove jogos como titular, uma interceptação e quatro passes desviados. Ele será substituído pelo cornerback William Jackson III, selecionado na primeira rodada do draft de 2016 pelos Bengals.

Também nos Bengals, mas em lesão sofrida no jogo deste domingo contra o Chicago Bears, o defensive end Carlos Dunlap machucou o peito.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top