NFL

Tom Brady sobre lesão: “minha temporada não podia acabar em um handoff”

Tom Brady, quarterback do New England Patriots

(Crédito: Twitter/reprodução)

Tom Brady mais uma vez fez milagre e comandou o seu New England Patriots em outra classificação ao Super Bowl. O camisa 12 voltou a vencer de virada, desta vez o Jacksonville Jaguars por 24 a 20, e tentará seu sexto título como profissional na National Football League.

E, além da perda do tight end Rob Gronkowski no jogo desta tarde, o signal caller teve que superar uma lesão na mão sofrida durante esta última semana.

No treinamento da última quarta (17), durante um handoff, Brady colidiu acidentalmente com o running back Rex Burkhead e sofreu um corte na mão que exigiu que o QB tomasse vários pontos no local.

Após muita especulação durante a semana e muito segredo por parte dos Patriots, Brady atuou na partida desta noite com uma proteção preta na mão lesionada e não pareceu incomodado. O astro fechou o jogo com 26 passes certos de 38 para 290 jardas e lançou para dois touchdowns decisivos, ambos no último quarto, em conexões com Danny Amendola.

Depois da vitória, Brady finalmente falou sobre a contusão.

“Eu nunca tive nada parecido. Tive algumas lesões loucas, mas essa foi muito louca. Elas surgem e você apenas lida com elas, e eu não tinha certeza de como eu ia fazer”, declarou Brady, em conversa com os jornalistas. “Esta foi uma pequena lesão, no final das contas. É certamente uma grande parte do que um quarterback faz. Eu tive lesões muito piores do que isso. Mas se isso fosse na minha mão esquerda, eu não poderia me importar menos. Mas, baseado em onde ela ocorreu, tivemos que lidar com isso”, observou.

O técnico Bill Belichick, sempre carrancudo e de poucas palavras, foi mais sucinto ao falar sobre a contusão de Brady.

“Vocês sabem, Tom fez um grande trabalho e ele é um cara durão. Nós todos sabemos disso. Não estou falando sobre cirurgia de coração aberto aqui”, frisou o head coach.

A lesão chegou a gerar algum tipo de apreensão em Brady durante a semana, como ele mesmo admitiu.

“Eu não estava certo na quarta (se eu poderia jogar). Eu pensei que, de todas as jogadas, minha temporada não podia acabar em um handoff no treino. Eu não cheguei tão longe para acabar em um handoff. É apenas uma daquelas coisas. Então eu entrei na academia e não tinha certeza do que tinha acontecido. Mas todo mundo fez um grande trabalho de me preparar. A comissão técnica, os médicos e Alex (Guerrero). Foi um grande esforço conjunto. Sem isso, eu definitivamente não estaria jogando”, falou Brady após o jogo.

Tom Brady se recusou a falar quantos pontos ele tomou na mão e também não mostrou a mãos aos repórteres, apesar da insistência dos jornalistas.

“Devemos manter esse segredo um pouco mais”, brincou.

A lenda dos Pats ainda disse que espera que os pontos sejam removidos “muito em breve”.

Comments
To Top