NFL

Tom Brady sobre carreira: “nem em meus sonhos mais malucos”

(Crédito: Instagram/reprodução)

(Crédito: Instagram/reprodução)

Tom Brady está prestes a atingir mais uma marca emblemática na história da National Football League já que, neste domingo (1), ele vai tornar-se o primeiro quarterback na história da liga a ser titular em seis Super Bowls. Além disso, caso consiga liderar o seu New England Patriots ao título sobre o Seattle Seahawks, o camisa 12 entrará para um seleto grupo e será apenas o terceiro quarterback a somar quatro conquistas do jogo mais importante do esporte americano, juntamente com Joe Montana (San Francisco 49ers) e Terry Bradshaw (Pittsburgh Steelers).

Nesta terça-feira (27), durante o Media Day, data especialmente reservada para os veículos de imprensa na semana do Super Bowl, Brady frisou que não imaginava ter uma carreira tão grandiosa no futebol americano em nenhum momento de sua vida.

“Eu nunca imaginei isso nem em meus sonhos mais malucos. Eu adorava praticar esportes quando estava crescendo. Ter uma chance de jogar no Super Bowl, eu nunca imaginei que eu jogaria em um. Então é bastante inacreditável atuar em seis. Eu atuei com tantos grandes companheiros de time ao longo dos anos e caras que realmente fizeram os Patriots tornar-se esse legado como time. Essa equipe tem que estabelecer sua própria identidade e temos uma chance de fazer isso no domingo”, disse Tom Brady, em entrevista concedida a Kurt Warner, do NFL Network.

Ao ser questionado por Warner sobre a oportunidade de tornar-se um dos poucos QBs a ter quatro títulos de Super Bowl no currículo, o líder de ataque dos Patriots confessou que procura não pensar muito nisso.

“É difícil pensar nessas coisas. Eu tive sorte de estar em alguns grandes times. Esses caras são jogadores incríveis. Eles são tão bons para essa liga. Foram grandes times. Eu fui o maior torcedor dos 49ers quando pequeno. Assistir Joe (Montana) e Steve Young, que foram meus dois ídolos, e foram grandes para o jogo e para esse esporte”, frisou.

Tom Brady também rechaçou a ideia de pensar em um fim de carreira, que se aproxima a cada ano.

“Uma coisa que eu aprendi, e sofri uma grave lesão há seis anos, é que mesmo quando a gente perde agora, eu saio de campo e penso: ‘pelo menos eu tive uma chance de ir lá e fazer isso novamente’”, finalizou.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


Copyright © 2015 The Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top