NFL

Tom Brady se defende e garante que não comemorou troca de Jimmy Garoppolo

Tom Brady, quarterback do New England Patriots, e Jimmy Garoppolo

(Crédito: Twitter/reprodução)

Tom Brady, astro do New England Patriots, deu sua resposta após uma reportagem especial da ‘ESPN’ dos Estados Unidos, publicada na última sexta-feira, afirmou que ele “parecia libertado” após a decisão do time de trocar o reserva Jimmy Garoppolo com o San Francisco 49ers.

De acordo com a reportagem da ‘ESPN The Magazine’, “alguns jogadores e funcionários perceberam que Brady parecia especialmente animado, gritando e lisonjeado” após a saída de Garoppolo da franquia.

“Eu acho que isso é apenas uma caracterização pobre de alguma coisa. Em 18 anos, eu nunca celebrei quando alguém foi trocado, foi cortado. Eu diria que é decepcionante ouvir que alguém expressaria isso, ou um jornalista expressaria isso, porque está bem longe de quais são minhas crenças em relação aos meus companheiros de equipe”, falou Brady nesta terça-feira (9), em sua entrevista semanal no Kirk and Callahan Show, da rádio esportiva ‘WEEI’.

“Eu acho que tenho muita empatia em relação às experiências de outras pessoas. Eu sei que essas situações não são fáceis. Eu nunca fui trocado ou dispensado, mas posso imaginar qual é a sensação. Eu nunca, jamais me sentiria assim quando Jimmy foi trocado, quando Jacoby (Brissett) foi trocado. Eu mantive contato com todos esses caras. Quando Matt Cassel foi embora. Todos esses caras com quem trabalhei, sinto que tive um grande relacionamento com todos os quarterbacks com quem trabalhei. Mantive contato com basicamente todos. Então, caracterizar isso dessa maneira é completamente, completamente errado”, prosseguiu o camisa 12 dos Pats.

Brady observou que não leu a reportagem da ‘ESPN’ do “início ou fim”, mas sentiu que “pegou a maior parte dela”.

Questionado se a reportagem o chateia, o quarterback deu sua justificativa.

“Eu acho que há muitas coisas que são ditas. Pode ser sobre sua vida, e certamente aqui com este time, e tentar fazer o que sempre fiz há um bom tempo, e ser um bom companheiro de equipe, trabalhar o máximo que posso para ajudar o time a vencer, e então alguém pode escrever algo para contradizer isso. Acho que cabe a todos acreditar no que querem acreditar”, ressaltou. “Eu não penso muito nisso, realmente. Sinto que tenho um ótimo relacionamento com meus companheiros de equipe. Se outros não sentem que têm um ótimo relacionamento comigo, isso é uma coisa, mas eu tento fazer o que sempre fiz e ser o melhor companheiro de equipe que posso ser. Não acho que isso realmente mudou na minha mente”, justificou.

Brady também negou que tenha impedido Garoppolo de trabalhar com Alex Guerrero, ainda defendendo sua relação com seu treinador pessoal e parceiro de negócios.

“Vocês, obviamente, sabem como me sinto em relação a Alex e o trabalho que fizemos juntos. Eu apenas continuo fazendo o meu processo e funciona (para mim) há um bom tempo”, pontuou.

Questionado o que é verdade na reportagem da ‘ESPN’, Brady disse que essa é “uma pergunta difícil”.

“Todo mundo tem verdades diferentes. Quando falamos sobre a maneira como vejo as coisas, a maneira como vocês veem, a maneira como o jornalista pode ver as coisas, a maneira como o Coach Belichick pode ver as coisas, todo mundo tem diferentes verdades baseadas em suas perspectivas. Sinto que encaro meus negócios como faço todos os anos e, novamente, eu gosto de falar por mim mesmo, porque é assim que deve ser – não quero falar em nome de outra pessoa ou quais são suas experiências. Eu tento fazer o melhor que posso fazer, como sempre fiz”, finalizou o astro dos Patriots.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

To Top