NFL

Tom Brady: confiança em Julian Edelman é o mais difícil de substituir

Julian Edelman, wide receiver do New England Patriots

(Crédito: Instagram/reprodução)

O quarterback Tom Brady, astro do New England Patriots, afirmou em entrevista que a confiança que ele tem no wide receiver Julian Edelman será a coisa mais difícil de ser substituída, já que é uma coisa que só pode ser construída com o tempo.

Edelman sofreu uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho direito em partida de pré-temporada contra o Detroit Lions e ficará fora de toda a temporada 2017 da National Football League.

Os Patriots têm substitutos para ele no elenco, e o camisa 12 iniciou sua entrevista semana nesta segunda-feira (28), na rádio ‘WEEI’, mencionando o nome de Danny Amendola.

“Eu tive essa (confiança) com Danny e Danny tem sido um grande jogador para nós”, falou o signal caller, antes de frisar que o também wide receiver Chris Hogan “teve um ótimo camp” e que Brandin Cooks, que chegou nesta offseason, “fez um ótimo trabalho”.

Tom Brady também não se esqueceu de falar bem do wide receiver Malcolm Mitchell, que está entrando em sua segunda temporada na NFL. Contudo, ele tem sofrido com uma lesão no joelho nesta offseason.

“Quando ele esteve lá, eu tenho muita confiança nele”, frisou Brady.

De acordo com o quarterback, é preciso mais do que um grupo bom de recebedores para suprir a ausência de Edelman.

“Todos os backs e tight ends, nós vamos ter que sacudir a poeira. A produção tem que vir de outro lugar”, falou Brady no programa Kirk and Callahan. “Eu sei que Jules geralmente faz várias coisas, faz muitas recepções para nós. Deve ser distribuído em outro lugar. Lesões são difíceis, elas sempre fazem parte do esporte. Nós apenas temos que tentar superá-las”, observou.

Incluindo jogos de playoffs, Edelman tem 436 recepções com a camisa dos Patriots desde 2013, número que é 187 a mais do que qualquer outro jogador da equipe neste ínterim (o tight end Rob Gronkowski é o próximo, com 249).

Sem Edelman, Brady descreveu o ataque como “meio que um trabalho em andamento”, pontuando que “há muitas coisas que mudaram em uma noite”.

“Quando você teve esse nível de experiência em situações de jogo, treinos, tivemos tantas horas de trabalho juntos falando sobre rotas e situações. Muito da relação entre quarterback e recebedor tem a ver com confiança. Eu vejo as coisas de uma certa maneira e o recebedor precisa ver isso exatamente da mesma maneira para que eu possa antecipar onde vou lançar a bola. Ele e eu temos isso; esse é nosso nono ano juntos no mesmo time, falando sobre o mesmo ataque. Estamos tão em sincronia”, afirmou Brady na entrevista.

Além da confiança em seu relacionamento com ele, Brady também exaltou outra coisa que os Patriots vão perder com a ausência do camisa 11.

“Ele é realmente um líder no time, com seu estilo de jogo e atitude”, falou o QB.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top