NFL

Times da NFL são convidados para treino de Colin Kaepernick; veja mais movimentações

Colin Kaepernick, quarterback da NFL

Os times da National Football League foram informados nesta terça-feira (12) que um treino particular será realizado para o quarterback Colin Kaepernick no próximo sábado (16), em Atlanta.

A informação consta em um memorando cuja cópia foi obtida pelos jornalistas Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, e Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

A sessão vai incluir trabalhos no campo e uma entrevista, sendo que todos os 32 times da NFL foram convidados a participar. O vídeo do treino e da entrevista será disponibilizado para as equipes também.

Várias franquias já perguntaram sobre a atual disponibilidade de Kaepernick para o futebol americano e tanto o QB quanto seus representantes já expressaram em várias ocasiões que o atleta tem um enorme desejo de voltar a jogar na NFL.

O memorando, que foi enviado aos times da NFL, diz:

“Mais cedo neste ano, debatemos algumas etapas possíveis com seus representantes e eles enfatizaram recentemente seu nível de preparação e que ele está pronto para treinar para os times e ser entrevistado por eles. Por isso, organizamos essa oportunidade para ele trabalhar e para todos os times terem a oportunidade de avaliar sua atual disponibilidade e nível de interesse em retomar sua carreira na NFL”.

Kaepernick, que completou 32 anos de idade no dia 3 de novembro, não atua na NFL desde 2016, quando ele começou a protestar contra as injustiças raciais e brutalidade policial ao se ajoelhar durante a execução do hino dos Estados Unidos antes dos jogos. Ele optou por sair do seu contrato com o San Francisco 49ers em março de 2017.

Nos últimos dois anos, Kaepernick e o safety Eric Reid entraram com queixas contra a liga, por meio da NFL Players Association (NFLPA), alegando conluio entre os proprietários de times para que o QB e o defensor não recebessem oportunidades de trabalho na NFL.

Em fevereiro, foi anunciado que os dois jogadores chegaram a um acordo com a NFL, embora os termos tenham permanecido em sigilo.

Reid está em meio à sua segunda temporada vestindo a camisa do Carolina Panthers.

Os representantes de Kaepernick disseram que ele tem “treinado cinco dias por semanas, por três anos, em preparação para jogar novamente”.

Quem sabe, uma próxima oportunidade possa começar neste sábado.

Confira mais transações e movimentações na NFL nesta terça (12):

– Dois dias após ser mandado para o banco de reservas pelo técnico Bruce Arians, que alegou falta de vontade do jogador, o Tampa Bay Buccaneers dispensou o cornerback titular Vernon Hargreaves. O anúncio oficial foi feito nesta terça.

“Após uma análise cuidadosa nas últimas semanas, Bruce e eu chegamos à conclusão de que precisávamos fazer essa mudança. Decisões como essa são sempre difíceis, mas achei que era do melhor interesse do nosso time se separar de Vernon neste momento e permitir que ele explore outras oportunidades. Estamos desapontados por não ter funcionado aqui para Vernon e desejamos a ele sucesso contínuo no futuro”, declarou o general manager Jason Licht, em nota oficial.

Hargreaves, que foi selecionado com a 11ª escolha geral do draft de 2016, era o cornerback mais experiente do elenco dos Bucs.

Ele era o melhor CB do time entrando nesta última offseason e foi por isso que a organização optou pelo quinto ano de seu contrato, referente à temporada 2020 da NFL. A opção tinha valor de US$ 9 milhões, mas esse montante era garantido apenas em caso de lesão.

– O Cincinnati Bengals cortou o linebacker veterano Preston Brown, como anunciou o time nesta terça. Brown foi dispensado dois dias depois de ser substituído pelo calouro Germaine Pratt na defesa titular.

Ele havia sido titular nos primeiros oito jogos dos Bengals antes de vir no banco na derrota de domingo para o Baltimore Ravens.

Os Bengals fecharam um contrato de três anos, com valor de US$ 16,5 milhões, com Brown em março. O acordo incluía US$ 4,8 milhões garantidos e o tornou o linebacker mais bem pago do elenco da franquia de Ohio.

Nesta temporada, Brown somou 54 tackles, um fumble forçado e um fumble recuperado.

Na última segunda, o head coach Zac Taylor afirmou que o time precisava ver uma evolução significativa de seus linebackers.

Com a saída de Brown, os Bengals terão que arcar com cerca de US$ 2,5 milhões em dinheiro ‘morto’ nas próximas duas temporadas.

– O Baltimore Ravens reforçou seu front seven e contratou o defensive tackle veterano Domata Peko nesta terça, como anunciou o agente do jogador.

Segundo Tom Pelissero, da ‘NFL Network’, acordo de Peko vai render US$ 1 milhão ao defensive lineman no restante da temporada. Ele vai receber US$ 700 mil garantidos e pode ganhar outros US$ 300 mil em incentivos por produtividade.

Os Ravens, que lideram a divisão AFC North com 7-2, precisam de opções na linha defensiva porque Michael Pierce está lidando com uma contusão no tornozelo e o calouro Daylon Mack (quadril e joelho) foi colocado na injured reserve.

Atualmente com 34 anos, Peko atuou por 11 temporadas com a camisa do Cincinnati Bengals e as últimas duas temporadas no Denver Broncos. O nose tackle tem sido um dos melhores defensores contra o jogo terrestre na NFL na última década. Em 201 jogo na carreira, ele somou 585 tackles totais, 20 sacks e 14 passes desviados.

Os Ravens também fecharam com o defensive tackle Justin Ellis e ativaram o corneback calouro Iman Marshall da injured reserve. E, para abrir espaço no elenco de 53 jogadores, a franquia de Maryland cortou o cornerback/retornar de punts Cyrus Jones e o defensive end Ufomba Kamalu.

– No Cleveland Browns, o wide receiver Antonio Callaway foi colocado entre os inativos antes da vitória por 19 a 16 sobre o Buffalo Bills, no último domingo, por se apresentar tarde no FirstEnergy Stadium. A informação foi confirmada pela ‘ESPN’.

O ‘Cleveland.com’ noticiou em primeira mão que Callaway chegou atrasado em parte porque ele estacionou em um lugar diferente do habitual.

– O Carolina Panthers está cortando o guard Bryan Witzmann, segundo Tom Pelissero, da ‘NFL Network’.

– O New York Jets promoveu o linebacker B.J. Bello e o cornerback Kyron Brown ao elenco ativo, depois de colocar o right guard Brian Winters (ombro) e o tight end Chris Herndon (costela) na injured reserve.

– O Detroit Lions adquiriu o tackle Dan Skipper, recentemente dispensado pelo Houston Texans, como anunciou a equipe.

– O Tennessee Titans dispensou o running back Rod Smith do elenco ativo e adicionou o offensive lineman Daniel Munyer ao elenco de treinamento (practice squad).

Para conferir as novidades dos lesionados nesta terça, confira o nosso boletim de lesões.

Comments
To Top