NFL

Thomas Davis revela que não seguirá nos Panthers em 2019; LB não quer se aposentar

Thomas Davis, linebacker da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

Thomas Davis revelou na noite desta quarta-feira (9) que não será um membro do Carolina Panthers em 2019.

O linebacker veterano disse em um vídeo publicado em seu Twitter oficial que a franquia da Carolina do Norte está “indo em uma direção diferente com a posição de linebacker”.

“Foi extremamente difícil para mim lidar com isso. É por isso que vocês estão ouvindo da minha boca agora porque eu queria voltar. Eu queria fazer parte do grupo que veio e simplesmente (endireitou) os erros que tivemos nesta temporada. Como um dos líderes desta equipe, eu assumi total responsabilidade por algumas das coisas que nós permitimos que acontecessem e os jogos que perdemos consecutivamente. Eu queria voltar e queria ajudar a consertar isso. Infelizmente, eu não vou ter essa oportunidade”, falou Davis, no vídeo de pouco mais de dois minutos de duração.

Davis será um free agent irrestrito quando o novo ano da liga começar, no dia 13 de março. Seu comunicado demonstra que o Carolina Panthers não pretende acertar um novo contrato com o defensor de 35 anos de idade.

Veterano com experiência de 14 anos na liga, Davis nunca atuou com a camisa de outro time que não fosse os Panthers. Ele é um All-Pro, foi três vezes selecionado para o Pro Bowl e também foi eleito o Walter Payton Man of the Year em 2014.

Davis é o líder da história da franquia em tackles e, ao lado de Luke Kuechly nos últimos sete anos, ele formou a dupla de linebackers mais temida em toda a National Football League. O camisa 58 ajudou o time a chegar ao Super Bowl 50 na temporada 2015.

Em 2018, Davis perdeu os quatro primeiros jogos da temporada devido a uma suspensão por uso de substância proibida pela liga. Mesmo assim, o linebacker foi titular nos 12 jogos restantes, registrando 79 tackles, sendo três para perda de jardas. Ele não registrou um sack pela primeira vez desde 2012.

Davis teve média de 56 snaps defensivos por jogo, ficando atrás de Kuechly neste quesito, mas tendo mais espaço que Shaq Thompson. Os Panthers exerceram a opção pelo quinto ano de contrato de Thompson no ano passado, opção essa com valor de US$ 9,2 milhões, e esse foi mais um sinal de que Davis estava com os dias contados.

Apesar de estar de saída dos Panthers, Davis fez questão de deixar claro que não pretende se aposentar.

“Eu não estou me aposentando. Eu sinto que tenho ainda muito futebol americano em mim para deixar o esporte agora. Então, eu quero continuar jogando. Eu vou continuar jogando. Espero que alguém me dê essa oportunidade. Panther Nation, apenas saibam que de maneira alguma eu me imaginei vestindo outro uniforme. Até hoje não quero, mas eu quero jogar futebol americano. Então, se essa é a maneira com a qual eu serei capaz de continuar minha carreira, então isso é algo que tenho que fazer e espero que vocês entendam. Não é uma decisão que eu queria tomar, mas é uma decisão que tenho que tomar”, afirmou. “Estou ansioso para esta próxima temporada e voltar, mostrar e provar que Thomas Davis ainda pode fazer isso, que eu ainda tenho muito sobrando”, finalizou.

Confira o vídeo publicado por Thomas Davis em seu Twitter:

Comments
To Top