NFL

Terrell Suggs não tem planos de se aposentar após a temporada 2018 da NFL

Terrell Suggs, linebacker do Baltimore Ravens

(Crédito: Twitter/reprodução)

Terrell Suggs está na reta final de sua 16ª temporada na National Football League, mas isso não parece ainda ser a reta final de sua carreira no futebol americano profissional.

O outside linebacker do Baltimore Ravens deixou claro que não pretende pendurar as chuteiras nesta próxima offseason.

“Eu não sinto essa coceira. Não há nenhum cabelo arrepiado na parte de trás do meu pescoço, bem ali”, declarou o camisa 55 nesta quarta-feira (26).

Atualmente com 36 anos de idade, Suggs vai atuar em seu 229º jogo neste domingo (30), ultrapassando o lendário Ray Lewis como jogador que mais atuou com a camisa da franquia de Maryland.

Sete vezes selecionado para o Pro Bowl e eleito Jogador Defensivo do Ano da NFL em 2011, Suggs vai se tornar um free agent pela primeira vez ao final de 2018. Como o Baltimore Ravens só depende de uma vitória sobre o Cleveland Browns para faturar o título da AFC North e avançar a pós-temporada, Suggs pode atuar também em janeiro nos playoffs.

E o defensor garante que não pensou sobre a possibilidade de o jogo deste domingo ser o seu último de temporada regular com a camisa dos Ravens.

“Não, há muitas coisas que são sempre uma possibilidade. Você não pode realmente insistir no negativo. Possivelmente poderia, mas isso não passou pela minha cabeça como ‘oh, meu Deus’. Nós temos um trabalho a fazer. Nós vamos atravessar todas as pontes quando for a hora”, observou.

Suggs é o segundo dos Ravens nesta temporada em sacks, com sete aplicados. Seus 132,5 sacks na carreira estão empatados com Lawrence Taylor e Leslie O’Neal como 13ª melhor marca da história da NFL.

Selecionado com a décima escolha geral do draft de 2003 pelos Ravens, Suggs é o líder da história da franquia em sacks e fumbles forçados (35) e está em segundo na história do time em tackles totais (844) e fumbles recuperados (14).

“Ele vai ser um membro do Hall da Fama. Ele tem sido uma pedra fundamental para nosso time desde que estou aqui. Isso fala muito sobre a produtividade dele no campo e como ele encara todos os dias”, afirmou o guard Marshal Yanda.

O Baltimore Ravens tem um histórico de divórcio com alguns de seus melhores jogadores. Ray Lewis e Jonathan Ogden passaram suas carreiras inteiras em Baltimore, mas outros grandes nomes como Ed Reed, Haloti Ngata e Jamal Lewis foram jogar em outros times.

“Eu acho que todos sabemos o que Terrell Suggs significa para a franquia. Eu realmente o aprecio como jogador e como pessoa e líder”, falou o head coach John Harbaugh.

Comments
To Top