NFL

Terrell Suggs: “eu amaria ser um Raven por toda a vida”

Terrell Suggs, linebacker do Baltimore Ravens

(Crédito: Twitter/reprodução)

Com a eliminação do Baltimore Ravens no último domingo (6), o outside linebacker viu sua 16ª temporada na National Football League chegar ao fim e, com ela, seu contrato. Agora, chegou o momento de encarar a incerteza da offseason.

Suggs, contudo, não quer que a derrota para o Los Angeles Chargers na rodada de wild card dos playoffs representa o término de sua trajetória como jogador no futebol americano profissional.

O defensor pretende continuar jogando e ele prefere que seja nos Ravens.

“Eu amaria ser um Raven por toda a vida. Estou saudável. Eu sinto que ainda tem um pouco de gasolina no tanque. Eu amaria ser um Raven por toda a vida”, disse Suggs aos repórteres, segundo o site oficial da franquia de Maryland.

Suggs completou 36 anos em outubro, mas ele continuou jogando em alto nível na temporada 2018. Ele foi titular em todos os 16 jogos dos Ravens na temporada regular, somando sete sacks (segunda melhor marca do time), um fumble forçado, um fumble recuperado, 34 tackles combinados e seis passes desviados.

Seus 132,5 sacks na carreira o deixam empatado em 13º na história da NFL ao lado de Leslie O’Neal e de Lawrence Taylor, membro do Hall da Fama do Futebol Americano (PFHOF).

O Baltimore Ravens pode até decidir não trazer Suggs de volta, mas isso criaria um grande buraco na forte defesa do time. A equipe comandada pelo técnico John Harbaugh utilizou bastante o camisa 55 na temporada e ele totalizou 744 snaps defensivos, quarta maior marca dos Ravens.

Além disso, ele exerce um papel de líder tanto dentro quanto fora de campo.

Uma volta de Suggs faz todo o sentido, mas o linebacker, sete vezes selecionado para o Pro Bowl em sua carreira, sabe bem que as duas partes precisam querer um acordo.

“Cabe a eles. Quero dizer, nós vamos ter que ver o que acontece. Há muito tempo entre agora e março, então vamos apenas aproveitar, espero que possamos resolver isso. Mas, se não, eu vou estar jogando para alguém no próximo ano”, finalizou.

Comments
To Top