NFL

Técnico dos Cardinals, Bruce Arians afirma: “este será meu último emprego”

(Crédito: Arizona Cardinals/divulgação)

(Crédito: Arizona Cardinals/divulgação)

Um dos melhores técnicos da National Football League na atualidade, Bruce Arians sabe que o seu Arizona Cardinals chega para a temporada 2016/17 como um dos grandes favoritos para chegar ao Super Bowl 51 e o head coach quer vencer um título enquanto é tempo, já que ele não pretende exercer a profissão por outro time no futuro.

“Oh, sim. Você nunca sabe quanto tempo isso vai durar. Como diz o velho ditado, há dois tipos de técnicos: os que são demitidos e os que vão ser demitidos. Você simplesmente curte cada dia. Neste momento, é o ponto alto. Haverá momentos de baixa, nós sabemos disso. Mas estou curtindo cada dia. Este será meu último emprego”, frisou o comandante.

Atualmente com 63 anos de idade, Arians tem uma longa carreira dentro do futebol americano, tendo começado como assistente em Virginia Tech, nos anos 1970, e ainda tendo passado por Mississippi State (treinador de wide receiver e running backs), Alabama (treinador de running backs) e Temple (técnico principal), antes de ter sua primeira chance na NFL, em 1989, como treinador de running backs do Kansas City Chiefs, cargo que ocupou até 1992.

Posteriormente, Bruce Arians ainda voltou para o futebol americano universitário, de 1993 a 1995, quando foi coordenador ofensivo de Mississippi State, ficou um ano como treinador de tight ends do New Orleans Saints, em 1996, voltou a Alabama para ser coordenador ofensivo, em 1997, e desde 1998 está direto na National Football League, tendo exercido diversas funções no Indianapolis Colts, Cleveland Browns, Pittsburgh Steelers e Arizona Cardinals.

Seu primeiro contato como técnico principal em nível profissional foi nos Colts, em 2012, quando foi head coach interino, e seu primeiro emprego fixo nesta função foi em 2013, nos Cardinals, onde está desde então.

As conversas de último emprego, contudo, já foram ouvidas antes. Em 2011, em entrevista a Gregg Rosenthal, do ‘NFL.com’, Arians, que ainda era coordenador ofensivo dos Steelers, afirmou: “eu vou terminar minha carreira como um Steeler, porque esse será meu último emprego. Eu não tenho que me preocupar com isso. Eu posso me aposentar”.

Porém, em 2012, os Steelers optaram por não renovar o contrato de Bruce Arians e, mais tarde, em 2014, ele falou a Michael Silver, do ‘NFL.com’, que anunciou que estava se aposentando para lidar mais fácil com o fim de sua passagem pelo Pittsburgh Steelers, algo que o deixou chateado. Porém, a carreira na NFL continuou e, atualmente, o treinador é um dos mais respeitados na liga.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


Copyright © 2015 The Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top