NFL

Treinador de wide receivers dos Bears compara Kevin White a dois grandes nomes

(Crédto: Youtube/reprodução)

(Crédto: Youtube/reprodução)

Selecionado na primeira rodada do draft de 2015, Kevin White não teve a chance de estar em campo por uma jogada sequer no ano passado, depois de perder toda sua temporada de calouro devido a uma fratura por estresse na canela. Porém, mesmo assim, o wide receiver parece estar com muita moral dentro da organização.

Curtis Johnson, treinador de wide receivers dos Bears, tem grandes expectativas em relação ao jovem recebedor. Johnson foi treinador de receivers na Universidade de Miami entre 1996 e 2005 e, depois de ter treinados dois caras do porte de Andre Johnson e Reggie Wayne neste período, ele afirma que White tem algo de ambos.

“Kevin White foi um dos melhores recebedores que eu vi chegando. Ele me fez lembrar de alguns dos caras que eu tive em Miami. Ele me fez lembrar de Andre Johnson. Ele (White) é muito similar a ele. Eles ambos são grandes, físicos e rápidos. Essas coisas não vêm juntas algumas vezes. Mas quando você vê um cara grande que é físico, rápido e atlético, você apenas se pergunta quão bom esse cara pode realmente ser”, declarou Curtis Johnson, segundo a ‘ESPN’ norte-americana.

Além de comparar Kevin White a Andre Johnson, que já foi a sete Pro Bowls em sua carreira, o treinador de wide receivers do Chicago Bears também mencionou o nome do aposentado Reggie Wayne ao falar do jovem de 23 anos.

“(White) tem mãos similares a Reggie Wayne. Então ele foi um daqueles caras em quem, quando você olhava no draft e assistia na televisão, você dizia que será um jogador inquestionável”, observou Curtis Johnson.

Em sua carreira de 14 anos na NFL, Wayne fez 1.070 recepções para 14.345 jardas e 82 touchdowns. Já Andre Johnson, que soma 13 temporadas na liga, já fez 1.053 recepções para 14.100 jardas e 68 TDs.

Em termos de produtividade, Kevin White terá que mostrar muito serviço para, futuramente, ser mesmo comparado a dois futuros Hall of Famers como Johnson e Wayne, mas ganhar uma moral dessa de seu treinador pode fazer bem ao segundo anista.

Comments
To Top