NFL

Suh manda ‘recado’ nada agradável a companheiros dos Dolphins

(Crédito: Instagram/reprodução)

(Crédito: Instagram/reprodução)

Com campanha de quatro vitórias e seis derrotas antes da rodada deste domingo (29), o Miami Dolphins não vive um clima bom dentro da organização. Ian Rapoport, jornalista do ‘NFL.com’, revelou neste domingo, em sua participação no programa GameDay Morning, da ‘NFL Network’, que Ndamukong Suh, defensive tackle da franquia da Flórida, teve uma conversa nada agradável com seus companheiros na última segunda-feira.

“Me contaram que ele disse a eles (companheiros de defesa): ‘eu comando essa defesa. Eu estarei aqui pelos próximos cinco anos e não há nenhuma garantia que qualquer um de vocês também estará. Apenas alguns dos caras aqui são bons o suficiente para jogarem comigo neste momento’”, afirmou Rapoport, reproduzindo o tom do discurso de Suh feito aos seus parceiros de Dolphins. “Ele (Suh) também disse que os esquemas não são bons o suficiente, que as técnicas não são boas o suficiente e que todo mundo precisa ser melhor. Ele disse: ‘me sigam’”, prosseguiu.

Segundo o jornalista do site oficial da National Football League, os companheiros de Miami ficaram divididos em relação a como encarar o discurso do defensive tackle.

“Meu entendimento é que a sala ficou dividida. Alguns viram isso como um tipo de discurso que um líder faria e outros encararam apenas como algo que jamais haviam ouvido antes”, completou Ian Rapoport.

Ndamukong Suh assinou um contrato de seis anos, com valor de US$ 114 milhões na última offseason, depois de sair do Detroit Lions, e não está nada contente com o rendimento do Miami Dolphins em 2015. Assim, seu discurso nada mais é do que uma demonstração disso e mais uma prova de sua personalidade forte. O efeito que isso terá só o tempo irá nos contar.

Comments
To Top