NFL

Steve Smith Sr. revela batalha contra depressão durante sua carreira na NFL

Steve Smith Sr., ex-wide receiver da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

O ex-wide receiver Steve Smith Sr. resolveu abrir o jogo e, em um texto escrito em primeira pessoa e publicado no ‘NFL.com’ nesta terça-feira (7), ele deu detalhes sobre a luta contra a depressão ao longo de sua carreira de 16 anos na National Football League.

Smith se aposentou do futebol americano profissional depois da temporada 2016.

“Apesar de todas as minhas realizações, eu rotineiramente me sentia preso, inferior e sozinho. Isso me sobrecarregou internamente e, muitas vezes, me deixou mentalmente, fisicamente e emocionalmente quebrado”, escreveu.

Atual comentarista da ‘NFL Network’, Smith ressaltou que, apesar de ter sido cinco vezes selecionado para o Pro Bowl e também duas vezes para o time All-Pro, ele várias vezes se perguntava: “o que há de errado comigo?”.

No texto, o ex-recebedor revela que em sua última temporada vestindo a camisa do Carolina Panthers, em 2013, ele se sentia tão sobrecarregado que não sabia como lidar com suas emoções e “era um cínico de tudo e de todos”. Foi então que o então wide receiver começou a procurar ajuda.

Steve Smith disse que tem recebido tratamento para depressão e aconselhou as pessoas a fazer o mesmo.

“Pare de tentar lidar com esses problemas sérios sozinho”, observa.

Atualmente com 39 anos de idade, Smith menciona em seu texto um momento em 2003, depois que os Panthers venceram a final da Conferência Nacional (NFC).

Ele disse que “deveria ter ficado exultante” pelo fato de os Panthers estarem indo para o Super Bowl, mas, em vez disso, ele ficou tão “chateado” com seu desempenho naquela partida que “não conseguiu nem segurar o troféu de conferência”.

“Nós conquistamos a oportunidade de sermos campeões, mas naquela vitória, eu me senti derrotado”, relembra.

Steve Smith Sr. passou 13 temporadas defendendo o Carolina Panthers antes de jogar no Baltimore Ravens nas três temporadas finais de sua trajetória como jogador na NFL.

Ele é o oitavo da história da liga em jardas recebidas, com 14.731 totais na carreira, e 12º em todos os tempos em recepções, com 1.031.

Comments
To Top