NFL

Steve Smith minimiza preocupação com risco de retornar punts

(Crédito: Instagram/reprodução)

(Crédito: Instagram/reprodução)

Nesta última semana, o Baltimore Ravens nomeou o veterano wide receiver Steve Smith como o principal retornador de punts da equipe e assim, aos 36 anos de idade, ele torna-se um dos atletas mais velhos da história da NFL a fazer essa função. Nada que preocupe o jogador.

“Futebol americano tem um nível de lesões e eu não acho realmente que uma jogada tenha um grau maior ou menor. Se você vai se machucar, você vai se machucar neste esporte. Isso é apenas um fato”, declarou o camisa 89, segundo o ‘The Baltimore Sun’.

Steve Smith minimizou bastante a preocupação com retornos de punt e tratou o assunto como uma grande bobagem.

“Retornos de punt são dessas jogadas nas quais você pode na verdade controlar muito mais do que as pessoas pensam. O jogador compreende quando ele está em um retorno de punt, eu posso pedir um fair catch, posso não agarrar a bola ou eu posso retornar. Eu tenho opções. Como recebedor, eu não tenho opções. Ou eu agarro ou não. Ou eu tomo a pancada ou não”, falou. “Não posso pedir fair catch em um passe e não tomar a pancada. Esse é o tipo de diferença clara com a habilidade de controlar as coisas ao retornar punts que você não tem o luxo de fazer em certas posições”, completou.

Na semana passada, o wide receiver Golden Tate, do Detroit Lions, sofreu uma lesão no quadril ao retornar punts e é por isso que o torcedor fica tão receoso quando seu time coloca grandes estrelas para fazer a função. O Baltimore Ravens, contudo, prefere assumir o risco, já que entende que Steve Smith dá a melhor chance de a equipe ganhar jardas preciosas em retornos de punt.

Comments
To Top